Gestão

Unisys se destaca na participação de mulheres em cargos de gerência e diretoria

No Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, a Unisys, empresa global de tecnologia, compartilha suas melhores práticas de promoção e retenção de talentos femininos, com uma política institucional estratégica de incentivo ao crescimento da carreira de mulheres dentro da companhia

Em mais de 145 anos de história no mundo e quase 100 no Brasil, é inegável que a participação das mulheres tem sido fundamental para o sucesso da Unisys. A inclusão é um item presente e permanente em sua história, e a paridade entre homens e mulheres na liderança é um objetivo em construção na companhia. “É preciso que cada vez mais mulheres tenham as mesmas oportunidades que eu tive como profissional e executivo”, afirma Mauricio Cataneo, presidente da Unisys Brasil.

Ao longo dos dois últimos anos, a Unisys criou programas como o Empower-U, Mulheres na Tecnologia, Acelerador de Diversidade e módulos de mentoria para que mulheres alcancem postos mais altos. Não à toa, a Unisys América Latina alcançou 33% de presença feminina na alta liderança regional, índice de destaque reconhecido na categoria “Tecnologia” do prêmio ” Mulheres na Liderança”, outorgado pelo Valor Econômico e Women in Leadership in LatinAmerica, em 2020. São mulheres em cargos como diretoria e vice-presidência.

A meta é continuar aumentando esses percentuais, de modo que a ocupação dos cargos, tanto de maneira geral, quanto por nível hierárquico, esteja mais bem distribuída entre homens e mulheres

A meta é continuar aumentando esses percentuais, de modo que a ocupação dos cargos, tanto de maneira geral, quanto por nível hierárquico, esteja mais bem distribuída entre homens e mulheres.

Confira depoimentos de líderes da Unisys:
Claudia Gomes, Vice-presidente e Conselheira Jurídica da Unisys na América Latina: “Quando olho para trás e penso em minha própria experiência, reconheço claramente que cresci em um ambiente predominantemente masculino. Tenho o prazer de dizer que na Unisys isso está mudando graças aos nossos esforços contínuos em direção à equidade de gênero. Atualmente, 33% dos executivos da Unisys são mulheres. São mulheres em cargos como diretoria e vice-presidente. Também temos orgulho de dizer que nossa liderança intermediária tem uma taxa de mais de 70% de mulheres na equipe. Em cargos técnicos, 30% dos profissionais são mulheres, o que é bastante relevante, já que estamos falando de profissões como engenheiros de campo e programadores. Como mulher, meu desafio continua a ser construir um ambiente cada vez mais justo e inclusivo”.

Perla do Amaral, Diretora de Serviços de Campo da Unisys na América Latina, comenta: “Desde adolescente, eu gostava de explorar novas tecnologias e ciências. Nunca me passou pela cabeça se algo que eu queria fazer era para homens ou mulheres. Eu só fiz o que eu queria fazer. Adoro pensar que quanto mais aprendemos, mais infinitas são as possibilidades em nosso universo. Acho extremamente importante que incentivemos mais mulheres a abraçar as áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática porque a diversidade traz o melhor para uma empresa. Isto é exatamente o que estamos tentando alcançar na Unisys através de nossa iniciativa Mulheres na Tecnologia. A Unisys oferece uma cultura diversa e é um lugar onde temos muitos modelos e mentores femininos que oferecem apoio e orientação. Tudo isso para que possamos continuar a influenciar positivamente o mercado, os clientes e a sociedade, assim como inspirar nossas profissionais mulheres a alcançar posições mais altas, contribuindo para seu desenvolvimento profissional”.

Diana Velasquez, Diretora de Recursos Humanos da Unisys na América Latina conta: “Sou muito apaixonada por capacitar mulheres para terem progresso em suas carreiras e criar um ambiente onde elas não se sintam intimidadas e possam se expressar livremente. Todos nós devemos ser valorizados por nossas habilidades e realizações, e o gênero nunca deve ser uma barreira para seguir uma carreira. Uma pesquisa global realizada pela MacKinsey mostra que as empresas com maior diversidade de gênero têm 27% mais chances de superar as outras em termos de criação de valor a longo prazo. Além disso, é crucial fortalecer uma cultura corporativa onde todos entendem a importância de ter um aumento de mulheres na liderança com alto poder de decisão e execução.”

Depoimento de Mauricio Cataneo, presidente da Unisys Brasil e CFO para a América Latina: “Basicamente, a Unisys é uma empresa de pessoas. Cada colaborador é único e duas diferenças são nossa maior força. Ao longo dos anos, aprendi que o fato de uma causa ser liderada por mulheres não impede que homens possam entender seu valor para o avanço dos negócios e da sociedade. É possível aprender, contribuir, influenciar e gerar resultados com o aumento da equidade no ambiente corporativo. Para isso, é necessário que nos unamos e fomentemos uma cultura inclusiva.”

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos