Informe aqui

Tecnologia: veículos elétricos movidos por célula-combustível a hidrogênio

Equipe de Centro Universitário Facens desenvolve projeto para novo modelo de carros elétricos

Os veículos híbridos têm conquistado cada vez mais espaço no mercado mundial. Porém, como todo produto, a indústria está sempre em busca de aprimoramento e inovação. Hoje em dia, um dos pontos mais considerados para estes avanços é a sustentabilidade. Os carros híbridos comercializados hoje em dia funcionam com uso de bateria e combustão a álcool ou gasolina, o que gera emissão de CO2 na atmosfera.

Atualmente, há inúmeras montadoras, instituições de ensino e de pesquisa realizando testes e buscando novas fontes de energias renováveis para substituir o uso da combustão nos veículos automotivos. Uma destas novas tecnologias é a célula de hidrogênio, o elemento químico mais abundante em nosso planeta.

Das 14 equipes das mais renomadas instituições ensino Brasileiras inscritas no desafio BALLARD Student H2 Challenge SAE 2020, a B’Energy, do Centro Universitário Facens, ficou entre as 8 classificadas para participar da segunda fase (competição presencial) desta nova modalidade do Fórmula SAE Brasil  

De acordo com Paulo Sergio, Prof. Orientador da Equipe B’energy Racing Facens, antes as tecnologias ligadas ao hidrogênio tinham custo elevado e eram usadas somente em foguetes ou em usinas geradoras de eletricidade. Contudo, devido ao avanço tecnológico, o custo destas tecnologias tem reduzido, tornando o hidrogênio uma fonte de energia mais competitiva, o que tem despertado interesse no setor automotivo.

A Fórmula SAE, competição universitária criada nos EUA com o intuito de estimular o desenvolvimento de novas tecnologias automotivas, criou um novo desafio para as equipes e uma nova categoria, a de veículos totalmente elétricos, com células de hidrogênio. Ou seja, as equipes devem desenvolver um veículo elétrico movido por célula-combustível a hidrogênio e competir em uma prova de eficiência. Este evento acontecerá em março de 2021, junto às demais competições de Fórmula SAE.

Das 14 equipes das mais renomadas instituições ensino Brasileiras inscritas no desafio BALLARD Student H2 Challenge SAE 2020, a B’Energy, do Centro Universitário Facens, ficou entre as 8 classificadas para participar da segunda fase (competição presencial) desta nova modalidade do Fórmula SAE Brasil.

“Estamos muito animados em poder participar desta nova competição. É uma oportunidade valiosa podermos fazer parte deste grupo que pode contribuir de forma robusta para o desenvolvimento desta nova tecnologia”, afirma Vitor Bertoni, capitão de B’Energy Racing Team Facens.

Centro Universitário nota máxima (5) do MEC, sendo uma das melhores instituições de ensino superior no Brasil. Tem foco na formação de profissionais cidadãos e 90% de empregabilidade nos últimos anos, oferece 14 cursos de graduação, sendo nove de Engenharia (Mecânica, Computação, Química, Elétrica, Mecatrônica, Civil, Alimentos, Produção e Agronômica), três de Tecnologia (Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Jogos Digitais, Banco de Dados e Gestão de TI) e um de Arquitetura e Urbanismo, além de opções de cursos de Pós-Graduação, MBAs e Especializações. Referência também em inovação, a Facens conta com mais de 50 laboratórios especializados, mais de 10 centros de inovação e diversas parcerias com empresas renomadas nacional e internacionalmente.

Serviço
www.facens.br

2 Comentários

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos