Tendências

Tecnologia é essencial para promover a diversidade e a inclusão no mundo

Pesquisa de Intel e Lenovo revela como as pessoas em todo o mundo veem a diversidade e a inclusão em suas vidas pessoais e profissionais e suas perspectivas sobre o papel da tecnologia na solução de desigualdades sistemáticas

O relatório de uma nova pesquisa mundial da Intel e da Lenovo revelou que a tecnologia desempenhará um papel fundamental na difusão da diversidade e da inclusão (D&I) no ambiente de trabalho do futuro. Com o poder de reduzir as brechas de acessibilidade, de conectar pessoas que, de outra forma, estariam separadas e de expandir os benefícios dos programas de qualificação progressiva e desenvolvimento de competências, a tecnologia está permitindo trabalhar de maneiras mais dinâmicas e flexíveis.

O estudo explora como as pessoas em todo o mundo veem a diversidade e a inclusão em suas vidas pessoais e profissionais e suas perspectivas sobre o papel da tecnologia na solução de desigualdades sistemáticas, na ampliação do acesso e na promoção do crescimento. Entre as descobertas do estudo, destacam-se os seguintes fatos:

· 89% dos entrevistados na China e 75% nos Estados Unidos afirmam que as políticas de diversidade e inclusão de uma empresa são “extremamente” ou “muito” importantes na decisão de para qual vaga de trabalho se candidatar ou aceitar.

Mais de 80% dos funcionários no Brasil e na China concordam com o fato de que a Inteligência artificial pode ser usada para tornar o local de trabalho mais diversificado e inclusivo, assim como metade dos entrevistados nos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha  

· Nos Estados Unidos, os pais são mais propensos a ver horários flexíveis de trabalho como um importante impacto da tecnologia no local de trabalho do que os que não são pais, por uma margem de 12 pontos.

· Entrevistados com faixas mais altas de renda são mais propensos a concordar com o fato de que a tecnologia desempenha um “papel extremamente importante” nas melhores taxas de da diversidade e da inclusão no local de trabalho.

· Mais de 80% dos funcionários no Brasil e na China concordam com o fato de que a Inteligência artificial pode ser usada para tornar o local de trabalho mais diversificado e inclusivo, assim como metade dos entrevistados nos Estados Unidos, Reino Unido e Alemanha.

“A Intel tem um compromisso duradouro com a diversidade e a inclusão e acredita que a transparência é fundamental. O objetivo é ver nossa representatividade espelhar os mercados e os clientes que atendemos. Assim como aplicamos nossa mentalidade de engenharia para criar as grandes inovações tecnológicas do mundo, fazemos o mesmo com nossas estratégias de D&I, usando dados para embasar nossas decisões e compartilhando-as de forma transparente para gerar uma responsabilidade clara e produzir ótimos resultados em todo o setor”, afirma Barbara Whye, diretora de Diversidade e Inclusão e vice-presidente da área de Impacto Social e Recursos Humanos da Intel. “Sabemos que, para realmente avançar na questão de D&I, é preciso que as empresas trabalhem juntas. E, como uma companhia global, nosso trabalho não pode estar limitado apenas aos Estados Unidos. Por isso, sendo duas empresas com um rico histórico de colaboração, decidimos estender nossa parceria e realizar essa pesquisa mundial. ”

A Intel Neuromorphic Research Community é um ecossistema global de grupos acadêmicos, laboratórios estatais, institutos de pesquisa e empresas que colaboram com a Intel no aprimoramento da computação neuromórfica e no desenvolvimento de aplicações inovadoras de IA. Pesquisadores interessados em participar do INRC e desenvolver projetos para o Loihi podem acessar o site da Intel Neuromorphic Research Community. A lista de membros atuais está disponível no site.

Mais informações: Computação Neuromórfica (Press Kit) | Intel Labs (Press Kit) | Como a computação neuromórfica usa o cérebro humano como modelo (vídeo em inglês) | Sensação de toque inédita para robôs e próteses (Universidade Nacional de Singapura) | Novo avanço dos pesquisadores da NUS oferece aos robôs habilidades sensoriais inteligentes para realização de tarefas complexas (Universidade Nacional de Singapura)

Serviço
newsroom.intel.com.br
intel.com.br

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos