Destaque Internacional

Tecnologia analítica do SAS contribui para tratamentos e vacinas contra a Covid-19

Software de análise de dados tem sido utilizado para o desenvolvimento seguro de produtos farmacêuticos destinados a conter o novo Coronavírus

Com o desafio de promover estudos científicos que auxiliem na busca por medicamentos que ajudem a conter o avanço da Covid-19, instituições farmacêuticas e de saúde têm recorrido à tecnologia de análise de dados para inovar e transformar digitalmente processos de pesquisas clínicas. O SAS, empresa global que atua com soluções em Analytics, tem atuado em conjunto com essas organizações para acelerar e modernizar os projetos de testes com o objetivo de fornecer novos tratamentos, assim como na pesquisa de vacinas contra o novo Coronavírus.

Para apoiar a modernização dos ensaios clínicos, o SAS está oferecendo sua solução Life Science Analytics Framework, que ajuda a transformar dados em percepções para a comunidade científica, a fim de propiciar tratamentos mais eficientes e mais seguros para os pacientes. Tudo garantindo mais rapidez mesmo em um ambiente altamente regulamentado. “O desenvolvimento clínico está em um ponto de inflexão, com o desenvolvimento acelerado de novos tratamentos terapêuticos e vacinas para a Covid-19, somado a um movimento em direção a triagens clínicas híbridas e virtualmente descentralizadas”, ressalta Mark Lambrecht, diretor global de Prática de Saúde e Ciências da Vida do SAS.

Transformar dados em percepções para a comunidade científica, a fim de propiciar tratamentos mais eficientes e mais seguros para os pacientes

O portfólio de soluções do SAS com foco na comunidade científica e para as organizações de saúde continua a receber grandes investimentos, permitindo o acesso a soluções de análise de dados por pequenas entidades de biotecnologia que estão apenas começando no desenvolvimento clínico para grandes empresas farmacêuticas com milhares de usuários. Isso faz parte de um longo histórico da companhia com o setor de saúde. Por décadas, as organizações recorreram à alternativa SAS Life Science Analytics Framework, uma solução analítica única, aberta e baseada em nuvem para pesquisa clínica, com ferramentas analíticas integradas, suporte para padrões de dados e aplicativos analíticos integrados opcionais. O SAS Life Science Analytics Framework 5.3 foi projetado para reduzir os cronogramas de desenvolvimento e impulsionar a modernização dos ensaios clínicos, para garantir a conformidade regulatória.

Exemplo disso tem sido aplicado pela Ferring, grupo biofarmacêutico suíço, que selecionou o SAS como parceiro de análise estratégica de longo prazo para apoiar sua missão. O SAS vem ajudando a Ferring a fornecer soluções de saúde personalizadas e a otimizar os resultados da saúde, integrando produtos farmacêuticos com diagnósticos, dados, dispositivos, educação e serviços de suporte.

Nos Estados Unidos, pesquisadores da área de saúde e agências regulatórias como a agência estadunidense de Administração de Alimentos e Medicamentos, FDA, em inglês, precisam de uma visão mais abrangente dos pacientes para tomar decisões seguras sobre cuidados de saúde, aprovações de medicamentos e políticas relacionadas. Mas os dados de ensaios clínicos, registros eletrônicos de saúde, dados de reclamações e relatórios de eventos adversos são apenas uma fotografia momentânea do estado dos pacientes.

Para fornecer valor real, é necessário um perfil holístico do paciente construído com dados reais — ou observacionais coletados adicionalmente aos ensaios clínicos controlados — de modo a obter maior efeito sobre a saúde e o bem-estar, além de avaliar a segurança e a eficácia de novos medicamentos e equipamentos médicos. Por isso, o SAS está lançando no fim deste mês uma solução conhecida como SAS Health, que permitirá uma visão simplificada do panorama de dados de saúde dos pacientes, integrando dados reais e detectando e visualizando eventos clínicos.

“A pandemia da Covid-19 ressignificou o valor dos dados do mundo real em uma extensão sem precedentes”, afirma o analista de pesquisa sênior da IDC Nino Giguashvili. “No futuro, os dados do mundo real se tornarão uma fonte indispensável de evidências para balizar decisões regulatórias sobre diagnósticos, vacinas e tratamentos, além das emergências de saúde pública.”

O diretor global de Prática de Saúde e Ciências da Vida do SAS ressalta que a companhia é o único fornecedor com essa experiência a oferecer soluções abrangentes para o desenvolvimento clínico e a análise de dados observacionais do mundo real. Isso inclui gerenciamento de dados, rastreabilidade e necessidades regulatórias. “Com essas soluções atualizadas, nos baseamos em décadas de nossa experiência no setor para fornecer recursos ainda mais abrangentes para gerenciar, analisar e visualizar diversos tipos de dados de pacientes em todo o espectro de desenvolvimento de medicamentos”, observa Lambrecht.

Serviço
www.sas.com/br

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos