Canal de Distribuição

Poucas empresas tiram proveito da análise de dados

Para Leandro Rodriguez, VP para a América Latina da Alteryx, companhias que usam analitics adequadamente são 19 vezes mais rentáveis

Uma pesquisa realizada no final de 2019 pela Exec, em parceria com a Panorama Research, com 600 executivos da América Latina, incluindo CEOs e diretores do setor financeiro, de consumo, farmacêutico, serviços, tecnologia e indústria, indicou que a questão cultural é a maior dificuldade para a Transformação Digital, citada por 33% dos entrevistados. Em seguida, aparece como empecilho para 29% dos executivos, a falta de um plano de negócios estruturado e de uma estratégia definida – problemas que no Brasil estão ainda mais acentuados, tendo sido mencionados por 38% e 44% dos entrevistados, respectivamente.

Para Leandro Rodriguez, vice-presidente para a América Latina da Alteryx, oito, em cada dez corporações, afirmam que já iniciaram sua jornada de Transformação Digital, mas apenas três conseguem gerar valor com isso. “Essa Transformação Digital está baseada em três pilares: dados, processos e pessoas. Os dados precisam ser coletados, armazenados e tratados; os processos devem ser modernizados; e as informações precisam chegar às pessoas certas para que elas agreguem valor e gerem insights”, explica o executivo. “Companhias que utilizam a análise de dados de forma correta são 19 vezes mais rentáveis e geram 17 vezes mais negócios”, afirma.

Se por um lado a pandemia da Covid-19 paralisou muitas empresas, por outro aqueceu outros segmentos, como comércio eletrônico e delivery, gerando ainda mais dados, que darão subsídios para as empresas direcionarem seus negócios. “A chegada da telefonia 5G também será um combustível a mais neste segmento de analitics, pois irá aumentar muito o volume de dados capturados. Na América Latina, o número de celulares já é maior do que o de telefones fixos”, diz Rodriguez, lembrando que os dados só tem valor quando transformados em informação.

Para profissionais que perderam o emprego durante esta pandemia e querem se especializar no segmento de análise de dados, o executivo recomenda participar do programa Alteryx for Good, uma iniciativa de responsabilidade social que oferece cursos e licença de seu software, ambos gratuitos.

Dobramos o nosso canal de distribuição na América Latina, e no Brasil também estamos quase dobrando o número de parceiros, atendendo todo o território brasileiro 

América Latina
Claro que os impactos da pandemia foram sentidos pela Alteryx na região, já que o PIB (Produto Interno Bruto) de alguns países poderá cair em até 11%, segundo estimativas, e houve desvalorização cambial das moedas frente ao dólar. Mesmo assim, Rodriguez comemora algumas conquistas. “Nos seis primeiros meses do ano, dobramos o nosso canal de distribuição na América Latina, e no Brasil também estamos quase dobrando o número de parceiros, atendendo todo o território brasileiro”, diz.

Segundo o executivo, duas implantações recentes de soluções da Alteryx envolvendo grandes redes do varejo devem dar mais visibilidade aos produtos da empresa. “O Boticário é uma rede de franquias de cosméticos com cerca de 4 mil lojas. O principal relatório gerencial da rede se chama Gestão de Resultados do Dia a Dia (GRDD), mas que apesar do nome, era feito duas vezes na semana e a atualização demorava oito horas, já que cada unidade enviava seus dados em planilhas”, conta. “Hoje, com nossas soluções, o GRDD leva apenas 40 minutos para ser atualizado e o número de indicadores (KPI) saltou de 15 para 70, propiciando informações mais apuradas para a tomada de decisão”, afirma.

A segunda implementação realizada recentemente foi na rede de farmácias Pague Menos. Para o varejo, o índice de ruptura é o pior vilão, quando o cliente vai à loja e não encontra o produto. Se isso ocorrer, ele se dirige ao concorrente. “São milhares de produtos cadastrados na base de dados da rede Pague Menos. Com a pandemia, o aumento na demanda cresceu bastante”, afirma Rodriguez. “O relatório de índice de ruptura demorava 2 horas para ser concluído e hoje as atualizações são feitas em 40 minutos, quase em tempo real”, diz.

Serviço
www.alteryx.com

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos