Gestão

Planeta Lexmark: programa de reciclagem já recolheu 7,5 milhões de cartuchos usados

Desde 2002, Iniciativa transforma cartuchos usados em matéria prima reciclada

O programa de coleta de cartuchos “Planeta Lexmark”, desenvolvido pela empresa, empresa global em soluções de imagem, com o objetivo de conscientizar os usuários dos impactos ambientais que um cartucho pode causar no planeta, já recolheu, desde 2002, cerca de 7,5 milhões de cartuchos usados no País, gerando o equivalente a 13.500T de subprodutos que são reintroduzidos na cadeia produtiva.

O processo de reutilização do cartucho começa pelo cadastro dos usuários Lexmark no site da empresa – http://planeta.lexmark.com.br. Uma vez que as informações são enviadas e confirmadas, a coleta será feita no endereço cadastrado, em qualquer parte do país. Visando a otimização da economia circular, a Lexmark trabalha com um operador especialista neste processo, chamado Sinctronics, que ao receber os produtos, inspeciona 100% dos cartuchos avaliando sua integridade e originalidade. Em seguida, o cartucho é desmontado e suas partes segregadas por tipo, tais como: plásticos, ferro, alumínio e pó de toner, tendo como destino final empresas que farão o processamento ambientalmente adequado destes compostos, sendo reinseridos no processo fabril como matéria prima reciclada para a fabricação de novos produtos.

Além dos cartuchos, mais de 60% das impressoras Lexmark contem plástico reciclado ou PCR (post consumer recycled) que dá uma segunda vida ao material, evitando a destinação incorreta e prevenindo o uso de material virgem na manufatura

“Com o programa de coleta de cartuchos a Lexmark reafirma um de seus pilares mais importantes e a sua política de zero incineração e envio de resíduos para os aterros sanitários. Todo material é segregado e enviado para empresas homologadas. Hoje, mais de 90% dos materiais nas impressoras Lexmark são recicláveis”, afirma Claiton Camargo, Channel Sales & Managing Director da Lexmark Brasil.

Entre os 60 países que já adotaram o Planeta Lexmark, o Brasil é líder em volume de reciclagem dentro da companhia. Além dos cartuchos, mais de 60% das impressoras Lexmark contem plástico reciclado ou PCR (post consumer recycled) que dá uma segunda vida ao material, evitando a destinação incorreta e prevenindo o uso de material virgem na manufatura.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos