Tendências

Pesquisa revela que clientes não têm planos sobre migração para o SAP – S/4Hana

A maioria dos entrevistados planeja executar seus aplicativos SAP atuais pelo menos até o fim da principal janela de manutenção do seu ECC 6, prevista para 2025

A Rimini Street, Inc., provedora global de produtos e serviços de software empresarial, com oferta de suporte independente para softwares Oracle e SAP e parceira Salesforce, acaba de anunciar os resultados de sua recente pesquisa com clientes que possuem licença SAP, conduzida para entender melhor seus planos para o produto da SAP – S/4Hana e o impacto do fim do suporte de manutenção dos principais aplicativos do SAP Business Suite 7 programado para 2025 . Entre os líderes de TI participantes, que estão atualmente executando o SAP Business Suite 7 ou versões anteriores, dois terços afirmam que não têm planos de migrar para o produto da SAP – S/4Hana (35%), ou estão indecisos sobre esta mudança (32%). As principais razões citadas incluem “falta de recursos”, “nenhuma justificativa comercial” e uma preferência por “maximizar o investimento em aplicativos atuais”.

O número de entrevistados que declararam não ter planos de migrar ou estão indecisos aumentou ligeiramente em relação à pesquisa realizada em 2017 – naquela edição, 65% dos líderes de TI declararam que não tinham planos de migrar ou estavam indecisos sobre o produto da SAP – S/4Hana. A pesquisa atual dos clientes licenciados SAP foi realizada em abril de 2019 e inclui executivos C-level, vice-presidentes, diretores e gerentes de TI.

Clientes SAP planejam manter seus aplicativos atuais após 2025
As respostas da pesquisa confirmam que quase 80% das empresas que possuem licença de produtos SAP planejam manter seus sistemas SAP customizados e estáveis pelo menos ou além da data de manutenção planejada de 2025 da SAP para o SAP Business Suite 7. Trata-se de companhias que fizeram investimentos significativos para implementar e customizar seus sistemas SAP altamente funcionais, que atendem às suas necessidades de negócios e podem servir como sua confiável plataforma de missão crítica por muitos anos, sem necessidades de atualizações.

“Estávamos sentindo a pressão que muitos clientes de ECC 6.0 enfrentam com a SAP, tentando levar todos para a plataforma SAP – S/4Hana. Quando alguns dos maiores licenciados dos produtos da SAP também se recusaram a pagar por essa reimplementação em troca de um produto pouco maduro, concluímos que o SAP – S/4Hana não era um caminho que queríamos seguir ”, disse Bob Leek, CIO do Condado de Multnomah. “Ao mudar para o suporte da Rimini Street, não apenas recebemos um nível muito superior de serviço, mas também podemos continuar a executar nosso sistema SAP por no mínimo 15 anos a partir do momento em que mudamos nosso suporte SAP para a Rimini Street, em 2016. Isso tira a pressão de migrar para o SAP S/4Hana até 2025, quando não vemos nenhum retorno deste investimento em relação ao custo e a transformação do negócio. Além disso, como resultado da mudança do nosso suporte, também conseguimos redirecionar nossa equipe para se concentrar em atividades de maior valor agregado”.

Desafios com o suporte da SAP
Quando questionados sobre o valor do suporte da SAP, apenas 5% de todos os entrevistados declararam que obtiveram valor pelo o que receberam em troca. No entanto, os entrevistados também citaram vários desafios com o suporte da SAP, incluindo “falta de suporte para customizações”, “muita demora nas questões a serem resolvidas” e “poucas inovações ou melhorias funcionais suficientes para o que estamos pagando”. “Falta de conhecimento adequado para resolver problemas” também encabeçou a lista.

Licenciados são frequentemente obrigados a fazer seu auto-suporte, ou seja, resolver seus problemas por conta própria designando recursos internos ou trabalhando com consultores externos. As ineficiências reportadas pelo modelo de suporte da SAP podem gerar uma interrupção considerável nos negócios e um uso inadequado dos recursos internos que acabam sendo direcionados apenas para manter o sistema operacional funcionando.

Seth Ravin, CEO da Rimini Street, considera que, com uma migração dispendiosa e demorada para o produto SAP – S/4Hana, os licenciados SAP 4.xe ECC têm duas opções: permanecer no roadmap ditado pelo fabricante e continuar investindo em upgrades indesejados e, algumas vezes, forçados; ou escolher um roadmap orientado a negócio, projetado especificamente em torno dos objetivos da empresa . “Os licenciados da SAP que mudam para o suporte da Rimini Street podem aumentar o tempo de vida e o valor de seus sistemas por pelo menos mais 15 anos, eliminar medos em relação ao fim do suporte no prazo de 2025, maximizar a economia, minimizar o risco de alteração do sistema, enquanto as economias operacionais podem ser investidas para acelerar a inovação. Os clientes da Rimini Street também ganham flexibilidade e tempo para reavaliar a viabilidade de uma futura migração para o SAP S/4Hana, ou ainda escolher um sistema de última geração que melhor se adapte às suas necessidades futuras.”

Serviço
http://www.riministreet.com/

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos