Tecnologia

Nokia lidera pesquisa 6G da Comissão Europeia

Projeto Hexa-X tem como missão definir as bases e a arquitetura tecnológica da nova geração de telefonia móvel, prevista para 2030

A Nokia anunciou que está liderando a próxima geração de redes sem fio dentro do projeto Hexa-X, a principal iniciativa 6G da Comissão Europeia para pesquisa que conduzirá a visão geral da tecnologia. Os objetivos do projeto incluem a criação de cenários e casos de uso 6G exclusivos, o desenvolvimento de tecnologias 6G fundamentais e a definição de uma nova arquitetura para um tecido inteligente que integre os principais fornecedores da tecnologia 6G. Os trabalhos começam em 1º de janeiro de 2021, com uma duração planejada de 2,5 anos.

O projeto Hexa-X recebeu financiamento da Comissão Europeia no âmbito do programa de pesquisa e inovação Horizon 2020 da União Europeia, um passo significativo para reunir os principais interessados da indústria na Europa para assumir a liderança no avanço do 6G. As partes interessadas representam toda a cadeia de valor das futuras soluções de conectividade, desde fornecedores de rede, provedores de serviços de comunicação, verticais e provedores de tecnologia, bem como os mais proeminentes institutos europeus de pesquisa em comunicações.

Na era 6G, veremos aplicativos que não apenas conectarão humanos com máquinas, mas também conectarão humanos com o mundo digital  

Com a Nokia assumindo a liderança, o projeto visa conectar os mundos físico, digital e humano, firmemente ancorado na futura tecnologia sem fio e na pesquisa arquitetônica. As tecnologias sem fio são críticas para a sociedade e a economia hoje e sua importância continuará a aumentar constantemente com a atual implementação do 5G e sua evolução, possibilitando novos ecossistemas e serviços.

Inovações
A Nokia vem participando de todas as gerações de tecnologia sem fio, desde a primeira chamada GSM até as redes 4G e as altas velocidades do 5G. Nokia Bell Labs, o braço de pesquisa industrial mundialmente conhecido da Nokia, foi o responsável de muitas das inovações tecnológicas fundamentais que estão sendo usadas para desenvolver os padrões 5G. Isso inclui MIMO massivo, acesso mmWave, codificação e design de stack de rádio 5G, que permitiu implantações iniciais do 3GPP Versão 15. Nokia Bell Labs também está desenvolvendo provedores para o próximo 3GPP Release 16 e 17 que são essenciais para a transformação digital de verticais industriais, como 5G New Radio (NR) em bandas de espectro não licenciadas, NR-Light para suportar IoT massiva com taxa média sensores e localização.

Com base nessa forte herança, a Nokia está liderando a pesquisa conjunta 6G e o processo de pré-padronização, e o Nokia Bell Labs já está pesquisando as tecnologias fundamentais que compreenderão o 6G. A Nokia espera que os sistemas 6G sejam lançados comercialmente em 2030, seguindo o ciclo típico de 10 anos entre gerações.

“Embora ainda haja muita inovação em 5G com o lançamento de padrões, já estamos explorando o 6G em nosso laboratório de pesquisa. Na era 6G, veremos aplicativos que não apenas conectarão humanos com máquinas, mas também conectarão humanos com o mundo digital. Essa conexão segura e privada pode ser usada para cuidados preventivos de saúde ou mesmo para criar uma rede 6G com um sexto sentido, que entende intuitivamente nossas intenções, tornando nossas interações com o mundo físico mais eficazes e antecipando nossas necessidades, melhorando assim nossa produtividade”, disse Peter Vetter, chefe de Pesquisa de Acesso e Dispositivos da Nokia Bell Labs.

Nokia Bell Labs, junto com o consórcio Hexa-X, identificou alguns desafios de pesquisa que precisam ser enfrentados para estabelecer a base técnica para sistemas sem fio 6G. Segundo a empresa, as tecnologias de IA/Machine Learning (ML) precisam ser uma ferramenta vital e confiável para melhorar significativamente a eficiência e a experiência de serviço, atendendo a humanos; vários tipos de recursos precisam ser agregados para criar um ecossistema digital que se torne cada vez mais capaz, inteligente e heterogêneo, eventualmente criando uma única rede de dados. Também há uma preocupação forte com a sustentabilidade, com o desenvolvimento de infraestruturas que reduzam o consumo de energia.

Além do Hexa-X, a Nokia está ativamente envolvida em outras iniciativas de pesquisa 6G europeias, como 6Genesis, um programa 6G nacional financiado pela Academia da Finlândia e liderado pela Universidade de Oulu, e Horizon Europe Smart Networks and Services, que visa assegurar a liderança europeia para o desenvolvimento e implantação de tecnologias e serviços de rede da próxima geração, ao mesmo tempo que acelera a digitalização da indústria europeia.

Serviço
www.nokia.com

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos