Tendências

Fibracem lança equipamentos para conexão à redes ópticas

A tecnologia presente na fibra dos cabos que levam a internet até os domicílios é capaz de transmitir um volume de dados muito maior em comparação aos cabos utilizados normalmente, ou seja, os de cobre

fibra ópticaA tecnologia que oferece uma conexão mais rápida de Internet é a fibra óptica e, no início desse ano levantamento realizado junto à Anatel mostrou que este tipo de rede já ganhou quase todo o País. A tecnologia presente no material dos cabos que levam a Internet até os usuários é capaz de transmitir um volume de dados muito maior em comparação aos cabos utilizados normalmente, ou seja, os de cobre. E o que faz esse sistema ser mais veloz, além das características da fibra óptica, são os equipamentos para conexão e distribuição do sinal, os quais estão sempre sendo aprimorados.

Com expertise em toda essa estrutura e um portfólio abrangente no segmento de comunicação óptica, a Fibracem lança, agora em maio, mais dois produtos para as redes ópticas: o DIO Data Center, especificamente desenvolvido para uso em data centers, e a Família F2X.

O lançamento da Fibracem promete otimizar a quantidade de conexões ópticas nos DIOs, bem como no armazenamento dos mesmos em racks de data centers   

“Por ter a dimensão de um fio de cabelo, o manuseio é um dos cuidados que se deve ter com a fibra óptica”, aponta Marco Paulo Giannetti, coordenador técnico da Fibracem. Para aumentar a resistência do produto, tanto na instalação quanto na manutenção, são colocados revestimentos para proteção da fibra, dando origem ao cabo óptico.

Para a Internet óptica chegar até o consumidor é preciso que ela passe por um provedor, o qual muitas vezes vai buscar o conteúdo armazenado nos data centers dos geradores de conteúdo. Estes centros de dados podem ser de pequeno ou grande porte e possuem equipamentos para armazenar e processar dados, além de concentrar os servidores.

Um centro de armazenamento e processamento de dados possui inúmeras conexões entre os vários equipamentos instalados. “Atualmente a maioria destas conexões já são feitas por meio de fibras ópticas para garantir a velocidade”, afirma Giannetti. A necessidade de um data center se dá pelo elevado volume de informações processadas em alta velocidade que são transmitidas simultaneamente por inúmeros servidores de uma mesma instalação ou de outros locais, interligados.

DIO Data Center
As fibras ópticas são agrupadas em um cabo e são terminadas em um Distribuidor Interno Óptico – DIO, o qual faz o mesmo papel do patch panel dos cabos metálicos tipo UTP e dos conectores RJ-45.
O DIO é basicamente uma bandeja para acomodação e proteção das fibras, uma régua com conectores ópticos, onde são inseridos os cordões ópticos para conexão entre equipamentos. O coordenador técnico garante que o lançamento da Fibracem promete otimizar a quantidade de conexões ópticas nos DIOs, bem como no armazenamento dos mesmos em racks de data centers, onde a ocupação de espaços é geralmente feita de forma vertical, estando sempre em situação crítica devido ao grande volume de conexões ópticas utilizadas.

Com desenho moderno, o DIO Data Center permite a alta concentração de terminações ópticas em pouco espaço. Segundo Giannetti, o novo produto da marca tem acesso diferenciado aos adaptadores e conectores dos cordões de manobra. Ele aponta que, “devido à abertura de 180° da tampa de proteção do DIO, as operações podem ser feitas mais facilmente e danos acidentais as conexões se tornam menos prováveis”. Essa facilidade de conexão possibilita que os equipamentos sejam interligados de maneira rápida, facilitando a manutenção, o remanejamento ou a substituição de equipamentos ou mudanças de rota.

“O que caracteriza o Dio Data Center como modelo ideal para um centro de processamento de dados é a sua capacidade de acomodar e terminar até 72 fibras em apenas 1 U de altura em racks com o uso de conectores LC. Mas, também é possível o uso de conectores SC, porém nesta aplicação a capacidade diminui para 36 terminações devido ao tamanho maior destes conectores”, explica.

O o produto permite, ainda, a utilização de cabos internos e externos, do tipo loose, tight ou multicordão. Devido à sua configuração, o DIO Data Center também possibilita o uso de conectores tipo MPO para 24 fibras, com terminação em conectores tipo LC.

Família F2X
A Fabricem também criou a Família F2X para garantir a qualidade da conexão óptica com o uso de materiais de um único fornecedor e facilitar o dia a dia – desde o comprador até o usuário dos produtos.

Ela é composta por um DIO completo, ou seja, com os conectores, os adaptadores e os pigtails, além dos cordões duplex de interligação que acompanham o DIO na Família F2X. Estes cordões possuem o diâmetro externo de dois milímetros cada e são justapostos no formato de um oito. Lembrando que os conectores, os modelos e os tipos de polimento são definidos na hora da compra pelo consumidor.

O coordenador técnico da marca, com mais de 40 anos de experiência no setor de Telecomunicações, esclarece que na compra de algum produto da linha F2X o cliente recebe o DIO e os cordões de conexão escolhidos na mesma embalagem. “A compra conjunta, além de facilitar a instalação do produto, ocasiona uma redução no custo do conjunto DIO e cordões. Isso porque, adquirindo artigos da nova linha ocorre uma redução de tributos sobre os produtos”, indica.

Referência no segmento de comunicação óptica, a Fibracem tem um portfólio que reúne diversas soluções de infraestrutura para redes ópticas. A empresa acompanha as demandas do mercado de tecnologia de transmissão de dados e desenvolve produtos de qualidade que facilitam os sistemas de telecomunicações, reduzindo distâncias por meio de tecnologia e inovação.

Localizada em Pinhais, PR, comercializa produtos para o Brasil e América Latina há quase 30 anos. Com capital 100% nacional, além da sede no Paraná, possui outra planta industrial e centro de distribuição em Linhares, ES, e um centro de distribuição em Jundiaí, SP.

 

                              O lançamento DIO Data Center com o cordão que faz referência à solução F2X

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos