Informe aqui

Kpmg avalia famílias empresárias sob a ótica de seis diferentes pilares

A Kpmg lançou uma ferramenta online gratuita, que avalia as famílias empresárias sob a ótica de seis principais pilares. A plataforma “Dinâmica da Família Empresária” (do inglês, Family Business Dynamics Tool) analisa a relevância e as competências internas da família para lidar com os seis aspectos elencados, gerando um relatório personalizado sobre como cada um desses fatores está sendo trabalhado e quais são as melhores práticas que devem ser priorizadas. O recurso possibilita ainda a comparação dos resultados com outras empresas brasileiras e estrangeiras ou companhias de setores semelhantes, possibilitando um benchmarking rico para entendimento da maturidade da empresa e da família.

A ferramenta “Dinâmica da Família empresária” da Kpmg analisa os seguintes elementos mais relevantes:

– Crescimento: Para crescer, as empresas familiares devem considerar todas as oportunidades de mercado, incluindo a busca de empresas complementares para aquisição, desinvestimento em negócios não essenciais, terceirização de funções para aumentar a eficiência e diminuir custos.
– Risco: Melhorar a comunicação, aplicar modelos de governança, implementar controles internos e sistemas de segurança cibernética, garantir novos financiamentos e otimizar a gestão tributária são questões que podem ter um impacto positivo nos resultados financeiros dos negócios.
– Governança: O estabelecimento de uma estrutura de governança que inclua uma constituição familiar e um código de conduta pode ajudar a lidar com mudanças de forma construtiva.
– Patrimônio: o gerenciamento dos recursos financeiros exige um planejamento cuidadoso para preparar os membros da família para a responsabilidade e o impacto emocional e social da riqueza.
– Sucessão: O planejamento de sucessão pode ajudar as famílias a evitar conflitos e garantir que as necessidades dos negócios sejam atendidas quando a propriedade for transferida para a próxima geração.
– Pessoas: Com o planejamento adequado, é possível implementar as estruturas necessárias de governança e políticas de recursos humanos que podem atender às expectativas de todos os funcionários.

Para o sócio-líder de Private Enterprise da Kpmg no Brasil e na América do Sul, Sebastian Soares, as necessidades das famílias empresárias são diferentes das companhias abertas ou empresas privadas não-familiares.

“A abordagem deve ser completamente personalizada e atender às expectativas da empresa e da família. Para manter a perenidade dos negócios e ultrapassar gerações, é muito importante trabalhar a cultura, envolvendo as novas gerações e, ao mesmo tempo, atraindo talentos do mercado. Além disso, é muito importante estar sempre em contato com as tecnologias emergentes, testar novos modelos de negócios e criar uma estrutura forte de governança. A tarefa de realizar todo o potencial da empresa pode ser desafiadora, mas entender os principais gargalos e ter um plano de ação bem estruturado, pode ser um passo importante para o sucesso destas empresas”, analisa.

A ferramenta “Dinâmica da Família Empresária” está disponível no link: http://dynamicsassessmentqa.kpmg.com/

 

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos