Tendências

Jornada segura para a Transformação Digital

Estudo identifica os fatores de sucesso que ajudam as corporações a trilharem mudanças sustentáveis e a gerarem valor

Internet das coisasUm estudo realizado pelo Boston Consulting Group (BCG), chamado Flipping the Odds of Digital Transformation Success, revelou que apenas 30% dos projetos de Transformação Digital atingiram ou excederam seu valor alvo e resultaram em mudanças sustentáveis. Outros 44% criaram algum valor, mas não atingiram suas metas e resultaram apenas em mudanças limitadas de longo prazo. Outros 26% criaram valor limitado (menos de 50% da meta) e não produziram mudanças sustentáveis. Foram ouvidos 825 executivos sêniores em uma pesquisa detalhada sobre o tema.

Segundo o estudo, as transformações bem-sucedidas criaram, em média, 66% mais valor, melhoraram as capacidades corporativas em 82% e cumpriram 120% mais de suas metas no prazo do que as transformações que criaram apenas um valor limitado. Em comparação com aqueles que criaram algum valor, os bem-sucedidos geraram 29% mais valor, melhoraram as capacidades em 20% e cumpriram 32% mais metas dentro do prazo.

O impacto positivo e material dos seis fatores de sucesso pode ser visto em todos os tipos de transformação, geografias e setores 

A pesquisa do BCG também mostra que mais de 80% das empresas planejam acelerar as Transformações Digitais de suas empresas, principalmente em resposta à pandemia de Covid-19. Os líderes digitais alcançam um crescimento de receita 1,8 vezes maior do que os retardatários digitais, e mais do que o dobro do crescimento no valor total da empresa.

“No curto prazo, as tecnologias digitais e formas de trabalho oferecem melhorias de produtividade e melhores experiências para o cliente”, afirma Patrick Forth, diretor administrativo do BCG e um dos autores do relatório. “No médio prazo, o digital abre novas oportunidades de crescimento e inovação no modelo de negócios. As transformações bem-sucedidas também prepararam as empresas para o sucesso sustentado; eles não terão que se transformar digitalmente novamente enquanto dominam a inovação contínua”, diz.

Caminho das pedras
De acordo com os autores do estudo, existem seis fatores de sucesso. O primeiro é a adoção de uma estratégia integrada, com objetivos de transformação claros. A estratégia descreve a razão, os motivos e como alcançar os resultados de negócios quantificados e específicos.

Outro ponto importante é o compromisso de liderança do CEO por meio da gerência intermediária. A empresa tem alto engajamento e alinhamento de liderança, incluindo responsabilidade e propriedade da gerência intermediária frequentemente negligenciada.

Implantar talentos de alto calibre no projeto também é interessante, com a gerência identificando e liberando os recursos necessários para conduzir o programa de transformação.

Uma mentalidade de governança ágil, que impulsione uma adoção mais ampla é muito importante. Os líderes lidam com os obstáculos rapidamente, adaptam-se a contextos em mudança e conduzem a mudança comportamental multifuncional, orientada para a missão e de aprendizado rápido para falha na organização. Eles lidam com desafios individuais sem perder de vista os objetivos mais amplos.

Um monitoramento eficaz do progresso em direção aos resultados definidos deve ser implementado. A empresa estabelece métricas e metas claras em relação aos processos e resultados, com disponibilidade e qualidade de dados suficientes.

Por fim, uma tecnologia modular conduzida por negócios e plataforma de dados ajuda bastante no processo. A empresa deve implementar uma arquitetura moderna e adequada para a finalidade, impulsionada pelas necessidades de negócios para permitir desempenho seguro e escalonável, implantação de mudanças rápidas e integração contínua do ecossistema.

Ao lidar com esses seis fatores, diz o estudo, as empresas devem atender a duas condições. Primeiro, a administração precisa se certificar de que cada um dos seis seja adequadamente tratado em seu planejamento, preparação e execução. A maioria das empresas se esforça nisso, mas a muitas dessas organizações não abordam cada fator suficientemente. Em segundo lugar, é crucial abordar todos os seis fatores. As empresas que trataram adequadamente apenas três ou quatro falharam. De todas as combinações possíveis examinadas, nenhuma teve o mesmo impacto no sucesso que essas seis.

“O impacto positivo e material dos seis fatores de sucesso pode ser visto em todos os tipos de transformação, geografias e setores”, diz Tom Reichert, presidente de Global Practices do BCG, que também participou do estudo. “Dito isso, não é prático nem desejável atrasar a transformação em busca da perfeição. Em vez disso, os vencedores estarão cientes das deficiências e colocarão um plano de ação em prática para abordar cada uma à medida que avançam”, aconselha.

Serviço
www.bcg.com

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos