Destaque Tecnologia

Inteligência artificial e analytics vão reinventar o setor de energia, afirma Minsait

Chamadas de tecnologias avançadas, ferramentas permitem conhecer melhor o perfil de clientes para adaptar a oferta de produtos e serviços

O potencial positivo de ferramentas como inteligência artificial e advanced analytics é cada vez mais evidente em diferentes setores. De acordo com a Minsait, empresa da Indra com foco em transformação digital, o setor elétrico deve ser o próximo a aderir a essa “onda”, obtendo benefícios significativos a partir do uso delas.

“O setor de energia está exposto hoje a uma maior concorrência, que inclui novas empresas, muitas delas do mundo digital, bem como aumento das pressões ambientais e riscos em áreas como a segurança cibernética, fraude ou segurança física dos ativos “, afirma Leonardo Benitez, diretor de Energia e Utilities de Minsait.

Hoje, a Minsait já desenvolve projetos nesse sentido a partir da Onesait Platform, plataforma digital com IoT, Big Data e análise avançada

Para sanar esse problema, é necessário agir. De acordo com o especialista, as novas tecnologias têm capacidade de melhorar a prevenção de falhas a partir da coleta de informações de sensores. Agrupados com visão artificial e tecnologia Digital Twin, as ferramentas auxiliam a compreender melhor o perfil dos clientes – o que pode ajudar a melhorar as margens e otimizar o desenvolvimento produtos e serviços.

Hoje, a Minsait já desenvolve projetos nesse sentido a partir da Onesait Platform, plataforma digital com IoT, Big Data e análise avançada. “Em suma, eles incorporam e analisam informações de vários sensores, sistemas e serviços, a fim de tomar melhores decisões e proporcionar respostas a incidentes detectados em tempo real, além de simular possíveis cenários de crise. O uso de machine learning melhora a eficiência na operação de geração renovável e detecção automática de vazamento em gasodutos, utilizando dados das redes de transporte de gás”, afirma a companhia.

Um projeto referência nesse sentido é o HEADS (Hydrocarbon Early Automatic Detection System), aplicado para a detecção precoce de vazamentos de petróleo no mar, aumentando a segurança das instalações, tanto para plataformas offshore como terminais marítimos. Este sistema já é utilizado na Espanha e América Latina.

Além dos benefícios a serem obtidos na operação, as novas tecnologias também ajudam nos escritórios das companhias. “Ao otimizar o processamento e análise de grande quantidade de informações, é possível melhorar os processos de negócios e a tomada de decisões, além de contribuir na redução dos riscos de fraude”, finaliza a companhia.

Serviço
www.minsait.com

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos