Gestão

IBM lidera classificação de patentes dos Estados Unidos pelo 28º ano consecutivo

Temas envolvem inovações em Inteligência Artificial, Nuvem Híbrida, Computação Quântica e Cibersegurança

Cientistas e pesquisadores da IBM receberam 9.130 patentes dos Estados Unidos em 2020, mais do que qualquer outra empresa, alcançando 28 anos consecutivos de liderança em patentes. A IBM figura entre as líderes de mercado em números de patentes recebidas relacionadas à Inteligência Artificial – IA, Nuvem, Computação Quântica e Cibersegurança.

“O mundo precisa, mais do que nunca, de pensamento científico e ação. O compromisso contínuo da IBM com pesquisa e desenvolvimento, tanto em momentos bons quanto desafiadores, abriu caminho para novos produtos e novas fronteiras da tecnologia da informação que têm beneficiado os nossos clientes e a sociedade”, afirmou Dario Gil, vice-presidente e diretor de IBM Research. “A cultura da inovação na IBM está mais forte do que nunca, graças aos nossos inventores do mundo todo, que se dedicam, todos os dias, a avançar as fronteiras do conhecimento em seus respectivos campos”, acrescentou.

A cultura de pesquisa científica da IBM é parte integrante do legado de inovação da empresa que é importante para nossos clientes e para o mundo

A IBM liderou o mercado em número de patentes dos Estados Unidos em áreas-chave de tecnologia, tornando a IA mais intuitiva. Nesse sentido, a IBM recebeu mais de 2,3 mil patentes em IA para ajudar as empresas a escalar seu uso. As patentes nesta área variam desde tecnologias para tornar os agentes virtuais mais responsivos às emoções ao falar com os clientes até a IA que pode ajudar as pessoas a tomarem decisões difíceis – resumindo os principais pontos de decisão dentre uma variedade de fontes de informação, tanto escritas quanto verbais, e as apresentando em visualizações fáceis de entender.

A empresa está focada em fornecer inovações em processamento de linguagem natural, automação e construção de confiança em IA, e aplica continuamente novos recursos de IBM Research nos produtos de IBM Watson. Um exemplo foi o anúncio feito em 2020 pelo time de IBM Watson, sobre a primeira comercialização de recursos do Project Debater – uma tecnologia que digere massivas quantidades de texto e constrói um discurso bem estruturado em determinado assunto, com clareza e propósito.

Também simplificando implementações de Nuvem híbrida na borda Edge. A IBM recebeu mais de 3 mil patentes relacionadas a tecnologias de Nuvem e Nuvem híbrida. Uma das decisões cruciais que os CIOs enfrentam hoje é determinar quais dados serão processados no local, ou on premises, e quais serão processados na nuvem. Os inventores da IBM desenvolveram uma tecnologia para distribuir de forma inteligente os componentes de processamento de dados entre a Nuvem, a Borda e os dispositivos de computação intermediários. Ele oferece o potencial para otimizar bastante a nuvem híbrida para cargas de trabalho de IoT – como instruções de direção geradas por GPS que são sensíveis à latência. As ofertas de Edge e Nuvem híbrida são elementos importantes do plano de produtos da IBM.

Em maio de 2020, foi realizado o lançamento do IBM Edge Application Manager, uma solução de gerenciamento autônomo para permitir que cargas de trabalho corporativas de IA, Analytics e IoT sejam implementadas e gerenciadas remotamente, fornecendo análises em tempo real e insights em escala. Além disso, em novembro de 2020, a IBM anunciou o IBM Cloud for Telecommunications para ajudar as empresas a aproveitarem todo poder do Edge e da quinta geração de telefonia móvel, a tecnologia 5G. As ofertas holísticas de nuvem híbrida utilizam os recursos inovadores de criptografia da IBM, projetados para permitir que cargas de trabalho de missão crítica sejam gerenciadas de forma consistente do núcleo da rede à borda, para ajudar os provedores de telecomunicações a extrair mais valor de seus dados e oferecer inovação para seus clientes.

Outro item é voltado para reparar a base para aplicações quânticas poderosas; Computação quântica é um grande foco para a IBM e isso se reflete na liderança da companhia em patentes obtidas nessa área. Uma das patentes, por exemplo, simplifica o mapeamento da simulação molecular quântica em um computador quântico. Como resultado, os pesquisadores serão capazes de explorar a simulação de reações químicas em computadores quânticos para entender como e quando o processo de descoberta em torno de novos materiais e novos produtos farmacêuticos será revolucionado. A IBM também recebeu uma patente que estabelece a base para a investigação de cálculos de análise de risco mais precisa e eficiente em um computador quântico. Essas ideias já estão sendo ampliadas por pesquisas feitas em colaboração com as principais instituições financeiras.

E, ainda, maximizando a segurança para os dados mais confidenciais do mundo, sendo que a partir de soluções para que as empresas possam proteger seus dados, especialmente em setores altamente regulamentados, os inventores da IBM receberam mais de 1,4 mil patentes relacionadas à segurança. Uma das patentes é usada para criptografia totalmente homomórfica, FHE, um método pioneiro para realizar cálculos em dados que permanecem criptografados enquanto são processados para maximizar a segurança dos dados em uso.

Anteriormente, o processamento de dados criptografados exigia a ‘descriptografia’ antes de processar e criptografar novamente os resultados, tornando os dados mais vulneráveis enquanto não criptografados. Os inventores da IBM patentearam uma técnica que permite que dados criptografados sejam organizados de forma que as operações de comparação de vetores FHE possam ser executadas com eficiência e maximiza a segurança dos dados. A IBM Security lançou um serviço que permite às empresas experimentar a criptografia totalmente ‘homomórfica’ em dezembro de 2020.

As patentes foram concedidas a mais de 9 mil inventores localizados em 46 estados dos Estados Unidos e de outros 54 países. Desde 1920, a IBM já recebeu mais de 150 mil patentes do maior país norte-americano, e desempenha um papel crucial em inovações que vão desde armazenamento magnético até cirurgia ocular a laser. A cultura de pesquisa científica da IBM é parte integrante do legado de inovação da empresa que é importante para nossos clientes e para o mundo. Como parte desses esforços, em abril de 2020, a companhia anunciou ser sócia fundadora do Open Covid Pledge, que concede acesso gratuito às patentes e submissões de patentes de seu portfólio de mais de 80.000 patentes em todo o mundo para quem está desenvolvendo tecnologias para ajudar a diagnosticar, prevenir, conter ou tratar o coronavírus.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos