Informe aqui

Futuro, tecnologia, inovação, impacto social, educação, Prêmio de Inovação: ExpoInovação 2019 em Joinville

Reconhecida nacionalmente por sua indústria, Joinville está despontando com um novo movimento empreendedor na cidade, desta vez nas áreas de tecnologia e inovação. É dentro desse desenvolvimento acelerado na cidade que aconteceu a sétima edição da ExpoInovação, que tratou dos temas mais atuais e relevantes do ecossistema de inovação.

O teatro Juarez Machado foi o palco de palestras, painéis, apresentações e debates com grandes nomes do cenário nacional. Na noite de abertura, o secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável da cidade, Danilo Conti, revelou aonde Joinville pretende chegar. “Um evento deste porte serve para plantar a semente de empreendedorismo em todos. Estamos fazendo um novo ciclo na cidade e queremos ir mais longe: tornar a região o maior ecossistema de inovação da América Latina em 10 anos”, disse.

Cerca de duas mil pessoas participaram durante os dois dias, discutindo educação, impacto social, futuro, investimentos, mundo das startups, cidades criativas e inteligentes e outros assuntos. A noite de encerramento também teve um momento ainda mais especial, com a revelação dos ganhadores do Prêmio de Inovação de Joinville 2019.

Confira como foi a ExpoInovação 2019:

Prêmio de Inovação 2019
Os cinco finalistas em cada categoria do prêmio apresentaram seus pitches para uma comissão de jurados na manhã de terça-feira e na noite seguinte foram revelados os vencedores. Os projetos “Oficina de Integração Mexendo a Cuca: Saúde Mental, Gastronomia, Matemática e Cidadania em comunidade”; “Profissionais do século XXI: método ONAMUH de reconhecimento das soft skills dos indivíduos e formação de equipes para a inovação”; e “Curativos que mimetizam a matriz dérmica para regeneração e proteção das lesões provocadas por queimaduras” foram os primeiros colocados respectivamente nas categorias academia, comunidade e empresa. Cada um deles recebeu como premiação uma impressora 3D, além troféus, certificados e uma viagem para a Rota da Inovação em Curitiba.

Impacto Social
Ainda no primeiro dia, o período da tarde foi o momento de debater o papel de negócios sociais de impacto e seus desafios no Fórum de Inovação Social. Inovações na área de saúde em Joinville foram apresentadas, e a representante da Aceleradora Artemísia, organização pioneira no fomento de negócios de impacto social no Brasil, trouxe exemplos de como muitas pessoas de comunidades estão inovando ao resolver problemas antigos com novas soluções.

Startups
O universo das startups também foi tema de um workshop no primeiro dia, ministrado por Vinicius Machado. Na abertura das palestras da noite, Reynaldo Gama, da HSM, responsável pela implantação do centro de excelência da Singularity University no Brasil, falou sobre relacionamento das grandes empresas com as startups, e destacou a importância de existir uma ponte entre estes dois mundos, pois as startups possuem características de inovação e agilidade na resolução de problemas que as grandes empresas ainda não têm. “As startups não são a solução de todos os problemas, mas podem acelerar muito”, explicou.

Também integrando a programação do evento, um workshop sobre tipos investimentos para startups e novos negócios foi promovido na Associação Empresarial de Joinville (Acij).

Tecnologia, futuro e humanidade
Um tema presente entre vários palestrantes foi a relação entre a tecnologia e a humanidade. Flávio Tavares, da Welcome Tomorrow, trouxe dados alarmantes sobre a mobilidade no Brasil para destacar que uma das maiores buscas dos seres humanos é por tempo. Explicou que em meio a todas mudanças promovidas pela Indústria 4.0, é preciso resgatar a criatividade, a comunidade, o sentido de construir algo juntos e finalizou com um questionamento para a plateia: “Não é uma inovação tecnológica, é inovação humana. Que tipos de seres humanos estamos criando para lidar com essas tecnologias?”

Na noite seguinte, Ana Carla Fonseca, da Garimpo Soluções, falou sobre Cidades Criativas em um mundo efervescente. Ana provocou a plateia com reflexões sobre o futuro do trabalho, como estamos nos preparando para estas mudanças e finalizou com uma importante mensagem: “quanto mais a tecnologia avança, mais somos valorizados pelo que nos faz humanos.”

Um momento de descontração para os participantes ocorreu nas experiências de realidade aumentada com óculos 3D, trazidas por Ligia Zotini, da Voicers, que fechou a ExpoInovação com a palestra “Um dia em 2037”, destacando também que ao estudar o futuro não se leva somente em conta o ponto de vista tecnológica, mas também humano.

Educação
Na tarde de quarta-feira, o Education Talks lotou o teatro Juarez Machado. Professores, educadores e comunidade participaram do fórum que debateu o papel do professor na Nova Era da Educação. Diante de tantas transformações, o evento estimulou o debate sobre a educação contemporânea e seus papéis nesse processo. Todos se encantaram com apresentações artísticas e palestras sobre educação emocional e educação em tempo de cultura digital com nomes de destaque da área.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos