Informe aqui

FI Group promove café para fomentar a inovação

Referência no setor de financiamento de PD&I, o FI Group promoveu no último dia 05, em São Paulo, um café da manhã com o intuito de debater e fomentar a inovação nas empresas brasileiras, para que os profissionais do mercado entendam como financiar projetos com este objetivo e obter retorno fiscal

Referência no setor de financiamento de PD&I, o FI Group promoveu no último dia 05, em São Paulo, um café da manhã com o intuito de debater e fomentar a inovação nas empresas brasileiras, para que os profissionais do mercado entendam como financiar projetos com este objetivo e obter retorno fiscal. O evento contou com especialistas como o Diretor de Negócios do FI Group, Anderson Rodrigues, a Analista Sênior de Projetos da Finep, Andrea Leal e o New Business Developer do Instituto de Ciência e Tecnologia (Sidia), Antonio Carlos Melillo.

O evento teve início com a palestra de Antonio Carlos Melillo, do Sidia, que exemplificou projetos e cases aplicados ao setor de indústria e serviços, que incluem realidade mista (VR/AR), visão computacional, automação, internet das coisas e inteligência artificial. O Instituto, localizado em Manaus (AM), é responsável por implementar soluções inovadoras nas empresas por meio de atividades de pesquisa e desenvolvimento. De acordo com Anderson Rodrigues, do FI Group, a escassez de mão de obra qualificada ainda é um gargalo, já que em alguns casos, as empresas não possuem área de tecnologia para desenvolver projetos de inovação. Por isso, essas organizações acabam buscando instituições como o Sidia para viabilizá-los.

Já Andrea Leal, da FINEP, apresentou os principais mecanismos de fomento à inovação como o FINEP Conecta, FINEP IoT e Inovacred 4.0. A FINEP é uma agência pública que financia a inovação, desde a pesquisa básica até a preparação do produto para o mercado. Segundo a especialista, a parceria com o FI Group é extremamente importante, uma vez que a consultoria auxilia o FINEP a instruir as empresas. “O FI Group esclarece para as empresas que a inovação não é um custo e sim um investimento, ajudando as organizações a selecionar o melhor instrumento para conseguir o financiamento”, afirma Andrea.

Para fechar a grade de discussão, Anderson Rodrigues, do FI Group, ministrou uma palestra sobre os principais incentivos públicos VS investimentos em PD&I. Para o executivo, é importante que as empresas entendam que o conceito de inovação pode ser um processo ou serviço que visa o ganho de qualidade, produtividade e competividade para o mercado, para o país ou até mesmo para a própria empresa. “É importante que o ciclo de inovação cresça para gerar competitividade no Brasil. Desta forma, fazer investimentos em tecnologias, em integrações e customizações de sistemas é fundamental, e o FI Group pode auxiliar empresas em todo Brasil a estruturar e pleitear financiamentos via FINEP a qual os dispêndios com os projetos em parceria com o instituto Sidia podem ser revertidos como incentivo fiscal via Lei do Bem”, finaliza.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos