Destaque Tendências

Estudo dá dicas de como implementar projetos de automação inteligente

Pesquisa encomendada pela Pegasystems lista alguns pontos principais para que esses projetos sejam bem-sucedidos

As empresas precisam de maior aceitação dos executivos, implementação em toda a organização e governança mais robusta para que suas implantações de automação inteligente tenham sucesso, de acordo com uma nova pesquisa da Pegasystems. O estudo global, conduzido pela empresa de pesquisa iResearch, entrevistou 1 mil executivos em cargos de nível C, vice-presidentes e diretores de 12 países e de vários setores da indústria sobre a maturidade dos projetos de automação inteligente hoje.

O estudo descobriu que a tecnologia está se desenvolvendo em um ritmo alucinante e identificou três áreas cruciais que qualquer organização deve considerar para se tornar um líder em automação inteligente.

As empresas que usam soluções de automação inteligente apenas alguns anos atrás seriam consideradas líderes no espaço, mas seriam retardatárias pelos padrões de hoje

Assegure a adesão dos executivos: a grande maioria (81%) das implementações de automação inteligente hoje são lideradas por apenas um indivíduo no nível C, e esses projetos podem não estar atingindo seu potencial total. Os 18% dos entrevistados que relatam aceitação geral de C-suite de tais projetos demonstram maior colaboração entre os lados de negócios e técnicos de sua empresa, governança mais forte, mais estratégias entre departamentos e mais plataformas para construir novos aplicativos.

As empresas que executam projetos com o suporte total do C-suite também tendem a ver o desenvolvimento de software Low-code e a automação inteligente como um meio de transformação digital, com 72% dessas organizações executando projetos Low-code que são considerados inteligentes ou maduros. Isso se compara a apenas 51% das empresas cujos projetos são apenas orientados por CTO e 48% das empresas com projetos apenas liderados por CEOs e cujos projetos são, no mínimo, considerados integrados.

Desenvolva o maior número possível de campeões: garantir o suporte do topo não é suficiente. A pesquisa mostra a importância de envolver as unidades de negócios multidisciplinares e de TI para uma verdadeira transformação. Assim, 53% dos entrevistados que tiveram o suporte de toda a suíte executiva e a participação ativa de todos os principais tomadores de decisão em TI e operações de negócios em seus projetos de automação inteligente relataram colaboração total na construção de aplicativos em todas as funções de negócios, resultando em aplicativos que trabalhe com todos em mente – não apenas um departamento isolado. Em contraste, apenas um quarto dos entrevistados com um único campeão de automação inteligente C-suite relatou o mesmo nível de colaboração em toda a empresa na criação de aplicativos Low-code.

Implementar uma estrutura de governança forte: quando implementado corretamente, o Low-code pode trazer os usuários de negócios para o processo de desenvolvimento de automação inteligente. No entanto, apenas 30% dos entrevistados têm uma estrutura de governança formal em vigor para todos os seus projetos de automação inteligente para ajudar a minimizar o risco de inconsistências e maximizar os resultados de negócios. Isso novamente enfatiza a importância da adesão dos executivos; quase metade (49%) dos projetos que são conduzidos por todo o C-suite relataram como mais propensos a ter estruturas formais de governança para garantir a saúde e o sucesso de todos os projetos, em comparação com 26% com projetos conduzidos por CEO, e apenas 24% com projetos liderados por CTO.

“O mundo da automação inteligente está crescendo e evoluindo rapidamente”, disse Eric Musser, gerente geral de Automação Inteligente da Pegasystems. “As empresas que usam soluções de automação inteligente apenas alguns anos atrás seriam consideradas líderes no espaço, mas seriam retardatárias pelos padrões de hoje. Os desafios e oportunidades criados por novos fluxos de dados, tecnologias Low-code e oportunidades de envolvimento do cliente em constante expansão torna imperativo que as organizações se envolvam em todos os níveis da empresa, como parte de um centro de abordagem que estrutura a tecnologia em torno de resultados específicos que você deseja alcançar para os negócios e para seus clientes. Só então se poderá colher os benefícios de implementações de automação inteligente eficazes agora e no futuro”, concluiu.

Serviço
www.pega.com

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos