Tendências

Eset participa de operação global para interromper botnet

A Eset participou da análise técnica, fornecendo informações estatísticas e IPs conhecidos e nomes de domínio dos servidores de comando e controle

A operação, coordenada entre a Eset, empresa que atua em detecção proativa de ameaças, a Microsoft, o centro de pesquisa Black Lotus Labs da Lumen e a NTT, entre outros, conseguiu desabilitar os servidores de comando e controle do Trickbot. A Eset participou da análise técnica, fornecendo informações estatísticas e IPs conhecidos e nomes de domínio dos servidores de comando e controle. O Trickbot é um botnet conhecido por roubar credenciais em computadores comprometidos, mas, nos últimos tempos, também realizou ataques mais prejudiciais, como os realizados por ransomware.

A Eset tem rastreado as atividades do botnet desde sua detecção, no final de 2016. Só em 2020, a plataforma de monitoramento da Eset analisou mais de 125.000 amostras maliciosas e baixou e descriptografou mais de 40.000 arquivos de configuração usados ​​pelos diferentes módulos do Trickbot. Isso permitiu à empresa ter uma excelente visão geral dos servidores de comando e controle usados ​​por este botnet.

Como a Eset mencionou em seu relatório de ameaças do primeiro trimestre de 2020, o Trickbot é uma das famílias de malware bancário mais prevalentes  

“Durante todo esse tempo, observou-se que o Trickbot compromete dispositivos de forma estável, tornando-o um dos botnets de vida mais longa. Ele é uma das famílias de malware bancário mais importantes e representa uma ameaça aos usuários da Internet em todo o mundo”, explica Jean-Ian Boutin, chefe de pesquisa de ameaças da Eset.

Em seus anos de operação, a ameaça foi distribuída de diferentes maneiras. Por exemplo, o Trickbot foi recentemente visto sendo baixado para sistemas comprometidos pelo Emotet, outro botnet muito importante. No passado, ele era usado principalmente como Trojan bancário que roubava contas com o objetivo de fazer transferências fraudulentas. Como a Eset mencionou em seu relatório de ameaças do primeiro trimestre de 2020, o Trickbot é uma das famílias de malware bancário mais prevalentes.

Um dos plug-ins mais antigos desenvolvidos para a plataforma permitia que o Trickbot usasse ataques de injeção na web, uma técnica que permite que o malware faça alterações dinamicamente em páginas específicas que a vítima visita.

“Graças à nossa análise, coletamos dezenas de milhares de arquivos de configuração diferentes, portanto sabemos bem quais páginas da web a ameaça estava direcionando, principalmente sites de instituições financeiras”, acrescenta Boutin.

O que torna o Trickbot tão versátil é que suas funcionalidades podem ser amplamente expandidas com plug-ins. Ao longo do acompanhamento, a Eset coletou e analisou 28 plug-ins diferentes. Alguns pretendiam coletar senhas de navegadores, clientes de e-mail e uma variedade de aplicativos, enquanto outros eram capazes de modificar o tráfego de rede ou se autopropagar.

“Tentar eliminar esta ameaça é um verdadeiro desafio, uma vez que dispõe de diversos mecanismos de recuperação, e a sua ligação com outros atores muito ativos no mundo do crime torna a operação extremamente complexa”, conclui o investigador da Eset.

Para obter mais informações, a Eset disponibiliza o guia de ransomware, um documento que explica tudo sobre esse tipo de código malicioso. Além disso, também compartilhamos o kit Anti-Ransomware com informações sobre ameaças e medidas de prevenção: https://www.eset.com/br/antivirus-corporativo/kit-antiransomware/

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos