Tecnologia

Equinix expande oferta do Internet Exchange no Rio de Janeiro

O Equinix IX atua como um ponto de troca de tráfego de alcance global e uma redundância do IX.br

A Equinix, companhia mundial de infraestrutura digital, expandiu a oferta do Equinix Internet Exchange em seus dois International Business Exchange (IBX) data centers localizados no Rio de Janeiro. A iniciativa permite que os direcionadores de tráfego de internet, como operadores de serviços de internet, provedores de conteúdo e grandes empresas, possam trocar tráfego e expandir suas operações globais com simplicidade e custos significativamente mais baixos, uma vez que agrega milhares de sessões de peering em uma único plataforma de hardware e reduz a necessidade de tráfego IP.

O Equinix IX atua como um ponto de troca de tráfego – o chamado peering – de alta disponibilidade e redundância do IX.br, o principal ponto de interconexão da internet brasileira. O Rio de Janeiro é o segundo maior ponto de troca de tráfego do Brasil e, a partir de agora, os mais de 300 participantes do IX.br no Rio terão uma opção de redundância. O PIX (ponto de interconexão) central do IX.br no estado está localizado no IBX RJ1 da Equinix.

A plataforma está disponível em mais de 30 regiões metropolitanas em todo o mundo, inclusive em São Paulo  

Com alcance global – a Equinix opera a maior plataforma de troca de tráfego internet do mundo – o IX viabiliza a conexão direta com mais de 1.800 operadoras, 2.900 provedores de serviços de cloud e TI e milhares de empresas de diferentes segmentos com redução de custos e melhor controle da rede, performance, velocidade e confiabilidade. “Como o crescimento do tráfego IP segue em alta, é fundamental que a comunidade de peering conte com uma solução de Internet Exchange escalável, confiável e globalmente consistente em todos os mercados onde desejam fazer a troca de tráfego”, explica Eduardo Carvalho, presidente da Equinix no Brasil.

Segundo estimativa da Cisco, será criado mais tráfego em 2022 do que no conjunto dos 32 primeiros anos da internet. A cloud, a análise de dados, a internet das coisas e o 5G, entre outras tecnologias fundamentais do universo digital, geram uma demanda cada vez maior pela troca de dados. No Brasil, cabe destacar também os provedores de conteúdo, como games e streaming de vídeo, que registraram crescimento intenso durante a pandemia de Covid-19.

De acordo com o Volume 4 do Global Interconnection Index (GXI), um estudo de mercado anual produzido pela Equinix, a velocidade de interconexão do segmento de mídia e conteúdo digital deverá crescer a uma taxa composta de 62% entre 2019 e 2023 na América Latina, configurando o maior crescimento entre todas as indústrias e regiões.

Ao contar com pontos de troca de tráfego localizados na digital edge, ou seja, mais próximos dos usuários e de onde os dados são gerados, os provedores de serviço estão habilitados a operar com mais eficiência, agilidade e confiabilidade, entregando uma melhor experiência aos usuários finais. Seja para realizar projetos de migração da TI para a edge a fim de maximizar a performance ou para dimensionar relacionamentos de peering, a Equinix é o ponto de conexão de seus clientes com pessoas, lugares e oportunidades fundamentais para o futuro digital dos negócios.

O Equinix IX conta com portas de 1, 10 e 100 Gpbs, VLAN privada, multi-lateral peering exchange (MLPE), blackholing remoto, garantia de disponibilidade SLA, infraestrutura totalmente redundante e suporte especializado NOC (network operations center) 24/7, entre outras características. Os clientes têm visibilidade completa de suas operações por meio de um portal onde estão disponibilizadas informações do tráfego de rede, relatórios detalhados e monitoramento da performance entre os locais de peering. A plataforma está disponível em mais de 30 regiões metropolitanas em todo o mundo, inclusive em São Paulo.

Por meio do Equinix IX, do Cross Connects e do Equinix Connect, a Equinix oferece um portfólio completo de serviços para que operadoras e provedores de conteúdo definam as ferramentas mais adequadas para cada situação de troca de tráfego.

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos