Tendências

Depois da tempestade virá a bonança ou a enchente?

Executivos da SAP Global fazem uma reflexão sobre o ano e indicam quais os principais desafios das corporações para 2021

palavras de tecnologia formando um mapa mundiO fim do ano é sempre uma época de balanço e reflexão, analisando o que se passou e fazendo planos para o próximo ano. O blog da SAP Global pediu a algumas das suas principais lideranças, executivos experientes, para fazerem essa reflexão e indicarem o que será importante em 2021 no mundo corporativo. Veja as suas opiniões.

“No novo ano, as organizações se mostrarão decisivas em sua abordagem de gerenciamento de gastos à medida que dão passos em direção à recuperação dos negócios. Apenas uma abordagem holística baseada em Nuvem com os dados subjacentes a cada decisão de gasto – da aquisição de bens diretos e indiretos a mão de obra, provedores de serviços e gastos de MRO (Manutenção, Reparo e Operação), até o gerenciamento de viagens e despesas – oferece os insights necessários para combater a interrupção e estender vantagem competitiva. Essas percepções ajudam as empresas a atingir suas metas financeiras, bem como seus objetivos operacionais, ambientais e sociais. Nunca antes o comércio conectado e o gerenciamento inteligente de gastos foram tão essenciais para o sucesso dos negócios como serão em 2021”, opinou John Wookey, presidente de Intelligent Spend and Business Network da companhia.

  “Os líderes dos setores de compras, cadeia de suprimentos e logística ocuparão o centro do palco enquanto as nações se mobilizam para conter a pandemia. Quão adaptável é nossa infraestrutura, quão ágil é nossa tecnologia e quão ambicioso é nosso propósito na corrida para fabricar com segurança essas inovações que sustentam a vida e distribuí-las de maneira equitativa? Os olhos dos 7,8 bilhões de pessoas do mundo se voltarão para os líderes em gestão de compras e operações para ajudar a navegar no que pode ser o desafio logístico mais complexo, embora ansiosamente antecipado, de todos os tempos. A oportunidade e a responsabilidade são imensas”, afirmou Sanjay Almeida, diretor de Produtos de Intelligent Spend Management da SAP.

 As empresas continuarão a incorporar mais estratégias digitais e baseadas em rede para se envolver com os parceiros comerciais existentes e encontrar novos

Supply chain

“Este ano foi definido pela interrupção da cadeia de abastecimento. O impacto da pandemia acelerou tendências que não só levarão à diversificação e localização das cadeias de suprimentos, mas também aumentarão a necessidade de digitalização e visibilidade de ponta a ponta. Agora, mais do que nunca, a aquisição está posicionada de maneira única para ser transformadora e altamente impactante para as empresas, à medida que entramos em uma nova era de inteligência baseada em dados. Uma mudança da cadeia de abastecimento tradicional e linear para uma rede de abastecimento mais ampla, juntamente com parcerias dinâmicas que impulsionam a inovação, será a chave para obter uma visão de 360 ​​graus do abastecimento, melhorando o fluxo de caixa, desenvolvendo novos produtos e buscando iniciativas de sustentabilidade. Romper com a reatividade e focar na proatividade será essencial para enfrentar novos desafios de negócios em um mundo pós-Covid-19”, observou Sean Thompson, vice-presidente executivo de Rede e Ecossistema da SAP Procurement Solutions.

“À medida que o ano chega ao fim, os efeitos devastadores da pandemia está começando a aparecer. Além de seu custo humano incalculável, a Covid-19 causou estragos em quase todos os negócios, em todos os setores, em todas as regiões. Ao dar as boas-vindas a um novo ano, acredito que a aquisição – e particularmente a tecnologia de aquisição – tem um papel primordial a desempenhar para restaurar a confiança das organizações enquanto elas buscam recuperar sua vantagem competitiva, reviver sua resiliência operacional e reabastecer suas esperanças para o futuro. Esse nível de confiança requer uma abordagem integrada e contínua aos processos de negócios digitais que amplia a visibilidade, reduz a complexidade e estimula a colaboração. É assim que a aquisição ‘faz acontecer’ e é por isso que estamos colocando um forte foco na execução de nosso SAP Procurement North Star no próximo ano”, disse Salvatore Lombardo, diretor de Produtos da SAP Procurement Solutions.

Inovação

“A evolução das compras nos próximos 5 a 10 anos será impulsionada por fatores macroeconômicos: o crescimento exponencial da economia digital, o declínio da produtividade e a estagnação da globalização. Vivendo com a pandemia do coronavírus e planejando um futuro com incertezas crescentes, muitas organizações estão observando as cadeias de suprimentos globais e avaliando seus próprios riscos no mercado. As cadeias de suprimentos precisam ser estruturadas de forma diferente, avançando para permanecer resilientes e adaptáveis; e as organizações de gerenciamento de despesas desempenharão um papel fundamental e central na liderança dessa mudança. Podemos esperar ver os fornecedores como a força motriz da inovação na maioria das organizações, ajudando a cumprir a promessa da Inteligência Artificial e começar a reverter a queda de produtividade. Assim sendo, as empresas precisarão adotar uma lente muito diferente em relação ao gerenciamento de sua base de fornecedores do que no passado. Antecipo a ascensão dos profissionais de gestão de despesas como consultores de confiança, fornecendo soluções e se preparando para eventos imprevistos; entregando maior valor e movendo a conversa da economia de custos para a estratégia”, afirmou Baber Farooq, vice-presidente sênior de Estratégia de Produto da SAP Procurement Solutions.

“Os humanos são naturalmente resilientes. À medida que grandes e pequenas empresas se esforçam para sobreviver ao período de pandemia e seus efeitos econômicos devastadores, vemos a inteligência humana e de máquina se unindo para desempenhar um papel significativo na tomada de decisões. Isso não apenas ajuda as empresas a sobreviver e estimular os esforços de recuperação, mas também inspira novos modelos de negócios e iniciativas de transformação que estão definindo o caminho para o crescimento de longo prazo. As empresas estão se unindo para compartilhar recursos, descartar de maneira responsável estoques e peças sobressalentes, mudar culturalmente para ser mais inclusivas nas políticas de trabalho em casa e, naturalmente, dar mais ênfase à saúde e segurança dos funcionários. As empresas continuarão a incorporar mais estratégias digitais e baseadas em rede para se envolver com os parceiros comerciais existentes e encontrar novos. Enquanto isso, as operações de aquisição são os principais esforços para acelerar a transformação digital e gerar maior resiliência da cadeia de suprimentos. Para operar no ambiente de negócios atual, as empresas devem se concentrar na digitalização para aumentar a produtividade, alavancar dados e inteligência para impulsionar a visibilidade nas cadeias de abastecimento, mudar as estratégias de sourcing e criar parcerias comerciais responsáveis ​​para resiliência e crescimento de negócios sustentados de longo prazo”, comentou Padmini Ranganathan, vice-presidente global de Estratégia de Produto da SAP Procurement Solutions.

Serviço
www.sap.com

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos