Tendências

Crise causou maior dependência de tecnologia por parte das empresas

Outro ponto em destaque no setor, foi o fato de as empresas precisarem se adequar rapidamente para oferecer seus produtos e serviços online, alcançando melhores ganhos nesse período

Por mais que temas como home office, tecnologia em nuvem, reuniões virtuais já fosse do vocabulário das empresas, tudo mudou nos últimos meses. Sendo que, se existe uma área que realmente ganhou destaque no decorrer dessa crise, foi a tecnológica. Pessoas e empresas nunca se viram tão dependentes das tecnologias, que são o grande diferencial para a continuidade dos negócios.

Com grande ênfase para a adoção do home office, reuniões virtuais, aumentou o acesso aos arquivos em nuvem, bem como a realização de Lives e Webinars.

Outro ponto em destaque no setor, foi o fato de as empresas precisarem se adequar rapidamente para oferecer seus produtos e serviços online, alcançando melhores ganhos nesse período.

Não há dúvidas de que a tecnologia da informação promoveu um grande impacto nas organizações, principalmente para as funções que envolvem planejamento, liderança e controle  

Tais tecnologias continuarão sendo adotadas ainda com a reabertura gradual das empresas, pois se mostraram muito benéficas. “As empresas perderam o medo do trabalho remoto, observando inclusive um aumento da produtividade, vez que as reuniões online, além de efetivas, reduziram o tempo de deslocamento e os gastos com viagens. Esses são apenas alguns dos frutos positivos dessa crise para as empresas.”, explica a co-founder da Witec IT Solutions, Carol Lagoa.

A opinião é compartilhada por seu sócio, Marco Lagoa: “Não há dúvidas de que a tecnologia da informação promoveu um grande impacto nas organizações, principalmente para as funções que envolvem planejamento, liderança e controle. Afinal, o propósito básico da T.I. é permitir com que as empresas alcancem seus objetivos, com a tomada de decisões pautadas em informações integradas, de fácil acesso e localização”.

Veja alguns benefícios que foram potencializados para as empresas com a crise:
• Melhora na comunicação;

• Aumento da produtividade;

• Ganho de mobilidade para a equipe;

• Redução de custos operacionais;

• Agilidade de acesso com a adoção em massa de tecnologias em cloud (nuvem).

Cada vez mais a área de TI estará inserida na realidade das organizações, interferindo diretamente nos resultados que elas alcançam. Contudo, haverá necessidade de inteligência por parte das empresas na hora de investir nessa área, pois o mercado estará ainda em uma situação crítica, e investimentos errados nessa área, que tem um custo alto, pode refletir diretamente na sobrevivência ou não do negócio.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos