Artigos

Como a infraestrutura de rede pode salvar vidas

O papel das redes LAN corporativas evoluiu tanto que hoje a grande maioria dos sistemas dentro dos edifícios está conectada a elas. Elas deixaram de ser apenas uma infraestrutura de comunicação para dispositivos conectados, tendo agora um impacto direto na segurança pessoal e pública, ajudando na prevenção de crises ou permitindo que em momentos críticos as ações sejam executadas de maneira mais rápida e eficaz.

Idealmente, sua infraestrutura de cabeamento deve ajudar a proteger vidas e propriedades antes que uma emergência se desenvolva. Se ocorrer uma crise, a infraestrutura de cabeamento pode ser uma “linha de vida”, possibilitando que aqueles que estão presos ou seriamente ameaçados peçam ajuda, permitindo que os socorristas localizem rapidamente as vítimas e ajudando a coordenar os esforços de resgate. Desde a rede de cabeamento estruturado até os múltiplos sistemas conectados, como a rede sem fio interna, a segurança predial e a iluminação, praticamente todos os aspectos da infraestrutura da camada física do edifício desempenham um papel importante na proteção de vidas e propriedades.

Uma infraestrutura de rede adequada pode ajudar a evitar desastres ou minimizar os danos causados por alguma falha. Há três aspectos em que uma estrutura de cabeamento correta pode ser um fator vital:

Conectividade, quando os segundos são essenciais para a vida
Durante uma emergência, as soluções de rede sem fio internas do edifício também fornecem conectividade por meio dos celulares para funcionários ou usuários para, se necessário, se comunicarem. Como internamente nos edifícios a rede de telefonia celular pode apresentar dificuldades de acesso, ter uma conexão confiável pode depender das soluções sem fio dentro da estrutura, principalmente em locais como porões ou elevadores, que possuem difícil acesso.

Detecção antecipada de problemas ou situações críticas
Muitos dos sistemas e dispositivos conectados atualmente à construção de redes podem e devem desempenhar um papel fundamental em momentos críticos: os sensores de rede podem detectar perigos como incêndios antes que eles se alastrem, a iluminação de emergência permite que as pessoas saiam com mais segurança e que definam rotas de evacuação, enquanto os equipamentos de vigilância por vídeo podem ajudar as equipes de resgate a encontrar pessoas que estão em situação emergencial.

Com o crescimento da Internet das Coisas (IoT), soluções como alimentação por PoE e sistema de fibra óptica energizada permitem o uso amplo de diversos dispositivos, o que levou a uma melhoria no monitoramento e gerenciamento de sistemas e espaços dentro dos edifícios. Por esse motivo, manter esses sistemas em condições adequadas de funcionamento é essencial, mesmo quando a principal fonte de energia da propriedade é afetada, pois pode ser um fator de proteção à propriedade e à vida.

Infraestrutura com materiais apropriados
Especialmente para evitar riscos como incêndios, é essencial que todo o cabeamento estruturado atenda às classificações mínimas de segurança. Atualmente existem especificações que classificam os cabos de acordo com sua capacidade de resistir a incêndios, das temperaturas que podem suportar, quantidade de fumaça emitida, assim como o tipo de produto químico que liberam quando incendiados. Os administradores de redes das empresas devem conhecer as regulamentações locais e os padrões correspondentes ao setor, garantindo que qualquer cabo utilizado atenda ou exceda os requisitos necessários para garantir a segurança dos edifícios e de seus ocupantes.

Para assegurar que a infraestrutura de rede seja eficiente em situações de emergência, e até para evitar que isso aconteça, é necessário levar em conta diversos elementos, entre eles:

• Implementar uma rede de baixa tensão que suporte sistemas críticos durante emergências, como câmeras de vigilância, iluminação LED, sensores e sistemas de controle de acesso
• Garantir que a rede sem fio ofereça acesso confiável aos ocupantes do edifício
• Instalar um sistema de cabeamento robusto e eficiente que suporte energia PoE.

Embora nossas inovações tenham ajudado a evoluir as construções inteligentes e conectadas que existem atualmente, as contribuições mais valiosas são aquelas que focam nas pessoas. É preciso criar um ambiente de trabalho mais inteligente, mais conectado e, acima de tudo, mais seguro.

Por Luis Domingues, engenheiro de aplicação da CommScope

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos