Mercado

Cloud Computing, softwares e games impulsionam faturamentos no setor de tecnologia

Receita trimestral de U$ 38 bilhões anunciada pela Microsoft supera expectativas, em época de lucros menores, e mostra que empresas e pessoas estão aderindo a tecnologias para enfrentar o atual período

A Microsoft anunciou, na última semana, receita de U$ 38 bilhões e lucro líquido de U$ 11,2 bilhões em seu quarto trimestre fiscal de 2020 (abril-maio-junho), superando as expectativas que eram de U$ 36,5 bilhões. O preço, por ação, também registrou alta: U$ 1,46 contra a estimativa de U$ 1,36. Apesar dos números positivos, houve uma queda de 15%, por conta da pandemia e também o fechamento das lojas físicas, em comparação com o mesmo período do ano passado, que registrou U$ 13,2 bilhões de lucro e valor de ação de U$ 1,71.

Dentre os serviços que contribuíram para o faturamento estão a tecnologia em nuvem (cloud computing), os softwares e os games. A área de computação pessoal apresentou alta de 14%. Já o sistema operacional Windows registrou aumento de 9% de receita comercial, enquanto em computação em nuvem, a receita subiu 17%. Com o advento do isolamento por conta do coronavírus, empresas tiveram de recorrer a soluções para trabalho remoto para manter as operações ativas.

Apesar dos números positivos, houve uma queda de 15%, por conta da pandemia e também o fechamento das lojas físicas, em comparação com o mesmo período do ano passado, que registrou U$ 13,2 bilhões de lucro e valor de ação de U$ 1,71  

No Brasil, a situação não foi diferente. A L5 Networks, primeira empresa nacional a fazer integração de telefonia IP com o Microsoft Teams, registrou crescimento de 25% apenas no primeiro mês de quarentena, implementando soluções para gestão e operação à distância.

A razão da alta, segundo o CEO da L5 Networks, Paulo Chabbouh, está relacionada ao fato de que “muitas empresas não estavam preparadas para funcionar em home office, a chegada do vírus acelerou um processo de estruturação tecnológica, que nós acreditávamos que iria acontecer em cinco anos. Houve uma quebra da resistência que alguns empresários tinham com a tecnologia e o trabalho remoto se tornou uma realidade concreta”.

Com a contratação dos serviços, muitos empresários veem a possibilidade de funcionar de forma remota com outros olhos. Em maio deste ano, a pesquisa Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade Redefinida e Novos Negócios, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apontou que o home office deve crescer 30% no pós-pandemia. O estudo contou com a participação de 100 empresas.

“Hoje, o empresário reconhece a importância de ter outras formas de operação, ou seja, não ficar refém apenas do espaço físico e do trabalho presencial. Com a contratação de ferramentas para trabalho online também enxerga a economia que pode ter com custos que vão desde aluguel a vale transporte, materiais de escritório, entre outros”, analisa Chabbouh.

Games
No período, a Microsoft registrou alta de 64% na área de games, o que mostra que os jogos eletrônicos também estão contribuindo para os números positivos do setor de tecnologia e as perspectivas são promissoras para os próximos meses.

O levantamento Global Games Market Report 2020 realizado pela Newzoo – consultoria especializada na análise da indústria de jogos eletrônicos – apontou que o mercado global de games deve gerar receita de U$ 159,3 bilhões no ano de 2020, um crescimento anual de 9,3%, incluindo as três segmentações do setor: console, PC e mobile. Os motivos? Segundo especialistas do setor, dentre eles estão o isolamento social e a redução da jornada de trabalho que tem levado muitas pessoas a buscarem alternativas de lazer e entretenimento.

A L5 Networks é uma empresa brasileira que investe no desenvolvimento de tecnologia. Em atividade desde 2005, entrega ao mercado soluções inovadoras que aliam alta tecnologia e redução de custos, a exemplo de soluções em telefonia IP, PABX em nuvem, CRM, terceirização de TI, Omnichannel e Private Cloud, dando suporte a empresas de qualquer segmento e porte. Atende marcas como Dr. Consulta, Cerveja Proibida e Copagaz.

Serviço
www.l5.com.br

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos