Carreira

Carlos Pingarilho é o novo diretor-presidente da Promon S.A.

Vindo do mundo da tecnologia, ele enxerga oportunidades de transformação da forma de fazer engenharia e de agregar novos negócios para a organização

Desde 1º de agosto, Carlos Pingarilho é o novo diretor-presidente da Promon S.A., sucedendo a Eduardo Cardoso. Engenheiro eletrônico com doutorado em Eletrônica e Comunicações, Pingarilho tem 24 anos de companhia – os mais recentes em posições de liderança na Logicalis, entre elas a vice-presidência executiva para a América Hispânica.

“Queremos, mais uma vez, reinventar a Promon, explorando novas oportunidades nos setores em que já atuamos e trazendo novas áreas de negócios para a companhia”, Carlos Pingarilho

Vindo do universo da tecnologia e com ampla experiência em projetos, consultoria e gestão, o executivo aporta uma bagagem importante para o atual contexto da Organização. Concluído processo de ajuste sob o comando executivo de Cardoso, a companhia registra melhora expressiva dos resultados e está preparada para uma nova etapa de desenvolvimento. Na sequência do processo de sucessão planejado e conduzido nos últimos cinco meses, Pingarilho assume a posição de principal executivo com a missão de conduzir a Promon a novos horizontes.

Segundo ele, trata-se de exercitar algo que faz parte do DNA da Promon: a capacidade de se reinventar. “Seja em função das novas tecnologias, das reconfigurações de mercados ou dos altos e baixos da economia, vivemos um mundo de rápidas e intensas transformações. Elas podem fechar algumas portas, mas abrem inúmeras outras para quem souber navegar nesse cenário mutante”, afirma Pingarilho.

“Estamos consolidando a nossa visão de futuro junto ao Conselho de Administração e trabalhando na definição dos caminhos de evolução da Organização para os próximos anos. Queremos, mais uma vez, reinventar a Promon, explorando novas oportunidades nos setores em que já atuamos e trazendo novas áreas de negócios para a companhia”, completa o executivo.

Particularmente em relação à Promon Engenharia, Pingarilho observa: “Nesse caso, ganham destaque as tecnologias digitais, seja com novas ofertas no portfólio associadas à chamada Indústria 4.0, envolvendo recursos como internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) e inteligência artificial; seja incorporando soluções digitais que revolucionam a forma de fazer engenharia e o gerenciamento de projetos, aportando uma importante diferenciação, uma ruptura no mercado”. E completa: “Em seus 58 anos de história, a Promon se transformou inúmeras vezes para estar sempre em sintonia com os contextos e exigências de cada época. Mais uma vez é isso que estamos fazendo, movidos pela capacidade de nos reinventar e de fazer de nossa bagagem de conhecimentos e realizações a base para inovar e pavimentar os caminhos de futuro para os nossos negócios e os clientes”.

Tags

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos