Gestão

BRQ: Ações para adotar o trabalho remoto

Na edição impressa de Infor Channel, que circula em maio, apresentou a experiência de transferir 2,5 mil profissionais para o trabalho remoto em menos de uma semana

Nem sempre na casa do ferreiro o espeto é de pau. Com o anúncio da pandemia do novo Coronavírus pela Organização Mundial de Saúde – OMS, a equipe da BRQ Digital Solutions, empresa que apoia a digitalização de clientes dos mais diversos mercados, definiu e implementou em 24 horas, um plano de contingência para a continuidade dos negócios. Foi quase uma ‘operação de guerra’ que teve como resultado a transferência de 2,5 mil profissionais para o trabalho remoto em menos de uma semana, conta Ligia Marcondes, gerente de endomarketing da BRQ.

Um dos fatores que contribuiu para essa agilidade é que a empresa já oferecia a modalidade de escritório digital há dois anos para ajudar os funcionários a encontrar um melhor equilíbrio entre vida pessoal e laboral, com reflexos no seu bem-estar e na produtividade.

Para se comunicar remotamente com os funcionários em casa a equipe usou o Workplace by Facebook, mídia e rede social virtual corporativa da famosa marca, fazendo apresentações ao vivo, com anúncios relevantes e enquetes, obtendo mais de 90% de engajamento. Foram usadas também as ferramentas de comunicação e produtividade Workplace, Zoom e Microsoft Teams.

Em menos de uma semana 2,5 mil profissionais ganharam ferramentas para trabalhar em casa

“Se antes do Coronavírus uma comunicação aberta e transparente já era importante, agora se tornou imprescindível para manter as equipes engajadas e fortalecer a relação de confiança entre empresa e os profissionais”, afirma Lígia. A BRQ aposentou de vez ferramentas como e-mails e intranets, tendo como resultado o alcance ampliado da comunicação e o aumento da colaboração.

As equipes de endomarketing (conjunto de estratégias e ações de marketing institucional voltadas para o público interno) e de saúde trabalharam para manter os profissionais informados e produtivos nesse período. “Negociamos com clientes para que a equipe os atendesse apenas por trabalho remoto”, diz a gerente. Os grupos de risco começaram a trabalhar remotamente a partir de 16 de março e os demais profissionais, uma semana depois. Para orientar os funcionários, houve campanha interna com cartilhas sobre as melhores práticas durante a quarentena, e a criação de um grupo no Workplace (rede social interna). Este canal é exclusivo para centralizar todos os comunicados e materiais gerados na campanha, com dicas de tecnologias, acesso, suporte e ergonomia, além de apresentações ao vivo, por vídeo, para todos os profissionais, que podem tirar dúvidas em tempo real.

Outra preocupação foi a comunicação constante sobre prevenção e higiene para reduzir a curva de contaminação. Houve o lançamento da campanha #juntosdigitalmente, ‘lives’ com líderes e ‘coffee-time’, onde os gerentes convidam suas equipes para uma conferência virtual de aproximação, além de ‘happy hour’ digital.

O RH também mudou sua metodologia, com processos de recrutamento totalmente on-line. “Os novos profissionais já iniciam suas jornadas de trabalho remotamente, com boas-vindas e acesso a todas as plataformas de comunicação e produtividade da BRQ”, afirma Lígia.

Os representantes comerciais estão em contato com suas principais contas de forma remota, com planos de comunicação nas redes sociais e ‘e-mail marketing’. “Usamos as redes como aliadas para diálogar com clientes, fornecedores e a sociedade, mostrando nosso compromisso com a continuidade dos negócios”, completa Lígia.

Outra estratégia é o monitoramento dos negócios por meio de painéis de controle em tempo real, a manutenção do ambiente livre de cyberataques e a atualização das regras e parâmetros do ‘firewall’, seguindo recomendações internacionais.

A empresa também reforçou a infraestrutura interna, motor para o trabalho 100% remoto, com a alocação de novos servidores com memória e discos otimizados, aumento da capacidade de servidores VPN para acesso remoto, e acompanhamento do estoque de equipamentos básicos para o novo modelo, como laptops, cabos, mouses, fones de ouvido e softwares.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos