Artigos

Big Data, elemento indispensável para uma comunicação assertiva na internet e fora dela

Para alguns estudiosos, o Big Data, a imensa quantidade de dados gerados pelas interações dos usuários no ambiente online, é o petróleo do século XXI. Eu concordo com eles. É uma ferramenta indispensável para criar campanhas mais assertivas, que atinjam o público pretendido.

Sem informações, hoje em dia, fica bastante difícil trabalhar conteúdos de marca ou comprar mídia programática. Afinal, para segmentar bem, precisamos entender quem é a audiência e como se comporta, e o Big Data oferece diversas ferramentas para isso. Mas coletar os dados não basta. Para que façam sentido, é necessário um estudo de BI aprofundado, o que requer disposição e, principalmente, paciência para compreender como os usuários se comportam ao longo de um determinado período de tempo, normalmente de três a quatro meses, sem cair na vala do imediatismo.

Para além de todas as aplicações no marketing digital, o Big Data impacta profundamente nas campanhas de mídia off-line. Uma base de dados consistente tem papel determinante na escolha do melhor lugar para uma campanha que envolva o sampling ou a realização de ações presenciais. Os dados permitem saber por quais locais o target circula, os melhores horários para encontrá-lo, o tipo de produtos que costumam consumir e muito mais.

Um ótimo exemplo do uso de Big Data em ações de marketing off-line vem da mídia out of home. Para estruturar suas ações, as agências se apoiam em ferramentas de dados baseadas em geolocalização. Através dos mapas de calor, as agências conseguem saber onde seu target está e quais veículos de mobiliário urbano, como relógios ou pontos de ônibus, são os mais indicados para posicionar as campanhas de cada anunciante, tanto em termos de circulação de pessoas quanto de perfil do público atingido.

Portanto, o Big Data emerge como um aliado de primeira hora de qualquer estratégia de comunicação. Nem pensar em deixar os dados de lado ao planejar uma peça ou campanha. Para além dos números e resultados, o Big Data facilita a vida de agências, empresas, publishers e anunciantes a atingir uma das metas mais perseguidas às agências hoje em dia: fazer uma comunicação ominichannel, coerente, integrada e assertiva nos mais diversos canais.

Por Rodrigo Cunha, diretor de Mídia da fri.to

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos