Tendências

Aumento do trabalho remoto impulsiona a visibilidade da rede

Viavi divulga 13ª pesquisa anual sobre o Estado da Rede e sugere como principal preocupação para NetOps e SecOp uma melhor visibilidade da infraestrutura de rede s

A Viavi Solutions divulgou hoje os resultados do seu 13º Estudo Anual do Estado da Rede sobre os desafios de redes e segurança corporativas. O estudo mostra que as equipes de TI exigem criticamente uma melhor visibilidade da rede, impulsionada por vários fatores, incluindo uma enorme disrupção da pandemia da Covid-19, avanços tecnológicos incansáveis, trabalho remoto atingindo o nível mais alto de todos os tempos e o cenário de ameaças à segurança em expansão. De fato, 73% dos entrevistados disseram que os profissionais de segurança precisam de visibilidade abrangente da infraestrutura de rede, para aprimorar os esforços de segurança cibernética e acelerar a correção.

Durante a pandemia global, os profissionais da infosec estão relatando um aumento nas ameaças cibernéticas. E à medida que as empresas aumentam a conectividade, as redes ficam ainda mais expostas à vulnerabilidades. Mais da metade dos entrevistados (54%) já implantaram dispositivos IoT. Enquanto outros 24% dos entrevistados planejam fazê-lo nos próximos 12 meses, apenas 57% deles têm um mecanismo para monitorar esses dispositivos.

Pela primeira vez em 13 anos do estudo Estado da Rede, o principal desafio para solucionar problemas de aplicações é a capacidade de entender a experiência do usuário final (quase 47%)  

Em uma era de disrupção dinâmica, a TI é cada vez mais desafiada a manter a entrega ideal de serviços, enquanto implementa o trabalho remoto em uma escala sem precedentes. Não é de surpreender, portanto, que quase 60% dos participantes do estudo citam a necessidade de maior visibilidade das experiências remotas do usuário. Pela primeira vez em 13 anos do estudo Estado da Rede, o principal desafio para solucionar problemas de aplicações é a capacidade de entender a experiência do usuário final (quase 47%).

“À medida que o trabalho remoto se torna a nova norma, as equipes de TI são desafiadas a encontrar e adaptar tecnologias, como relatórios baseados em fluxo para gerenciar o consumo de banda larga, aplicações de excesso de assinatura VPN e solução de problemas. Para garantir o melhor desempenho e reduzir as ameaças à segurança cibernética, o aumento da visibilidade da rede é agora uma obrigação para todas as empresas”, disse Charles Thompson, Diretor Sênior de Enterprise e Cloud da Viavi. “Ao empoderar NetOps, bem como as equipes de aplicações e segurança com visibilidade da rede, a TI pode mitigar o impacto de migrações disruptivas, incidentes e novas tecnologias como SD-WAN para obter excelência operacional consistente. O estudo Estado da Rede deste ano demonstra claramente uma crescente conscientização desse fato entre todos os stakeholders de TI”.

Principais levantamentos
• Um aumento nos usuários remotos está desafiando as equipes de rede e segurança, como evidenciado por quase 60% dos entrevistados buscando mais visibilidade.
• Aproximadamente três em cada quatro entrevistados concordam ou concordam fortemente que as equipes SecOps precisam de melhor visibilidade da infraestrutura de rede para aprimorar os esforços de segurança cibernética, sugerindo que a colaboração eficaz entre o NetOps e o SecOps leva a uma postura de segurança mais forte e uma resposta mais rápida a incidentes.
• O principal desafio de solução de problemas que as equipes de rede de TI enfrentam agora é entender a experiência do usuário final (quase 47%).
• Entre organizações de todos os tamanhos, o KPI mais usado para avaliar a experiência do usuário final são as métricas baseadas em pacotes (45%), seguidas de perto pelas métricas de satisfação do usuário (41%).
• Mais da metade dos entrevistados (54%) já implantaram dispositivos IoT, mas apenas 57% deles possui um mecanismo para monitorar esses dispositivos, deixando suas redes expostas às vulnerabilidades.
• SD-WAN se tornou popular, com as principais motivações para a implantação sendo economia de custos (58%) e continuidade dos negócios (50%).

Metodologia do estudo global O Estado da Rede
A Viavi (e anteriormente a Network Instruments) tem conduzido seu estudo global sobre o Estado da Rede há 13 anos consecutivos, levantando insights sobre as tendências de rede e ilustrando os desafios enfrentados pelas equipes de TI. Os resultados foram compilados a partir de mais de 400 participantes, incluindo engenheiros de rede, diretores de TI, engenheiros de segurança e CIOs de todo o mundo. Além da diversidade geográfica, a população do estudo foi distribuída igualmente entre redes e verticais de negócios de diferentes tamanhos. As perguntas do estudo foram elaboradas com base em uma pesquisa com profissionais da rede.

A Viavi  é uma fornecedora global de soluções de teste, monitoramento e garantia de rede para provedores de serviços de comunicação, empresas, fabricantes de equipamentos de rede, governo e aviônicos. Ajudamos esses clientes a aproveitar o poder dos instrumentos, automação, inteligência e virtualização para comandar a rede.

Serviço
www.viavisolutions.com

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos