book_icon

O poder dos Dados para a empresa

A cultura de Dados é um conceito na era digital, no qual empresas e organizações procuram tomar decisões informadas e estratégicas com base em análises objetivas

O poder dos Dados para a empresa

No dia 25 de junho ocorreu o evento, com o tema principal “Data Driven: o poder dos Dados para a sua empresa”, transmitido ao vivo através do LinkedIn e Youtube. O “Data Driven” se baseia na utilização de Dados para orientar as decisões organizacionais, fundamentado por intermédio de escolhas em evidências concretas derivadas da análise sistemática de Dados.

“Quando falamos em empresas Data Driven, temos características que são bem importantes. A tomada de decisão é baseada em Dados. Decisões importantes são fundamentadas em análises de Dados, sendo mais assertivas. No auge da maturidade de Dados de uma companhia, as empresas se cobram para que os Dados sejam confiáveis. Infraestrutura tecnológica avançada, governança de Dados com políticas claras. E a capacitação e desenvolvimento contínuo”, explica Cleyton Hort, CEO e Cofundador da Lyncas.

Desafios para tornar uma empresa Data Driven
Esse foi um dos principais pontos abordados no evento. Um estudo da Harvard Business Review, concluiu que 48,4% das empresas sentiram melhoria significativa na redução de custos ao implementar o Data Driven na organização. Porém, as empresas ainda enfrentam resistência a essa mudança, especialmente quando se trata de adotar novas práticas baseadas em Dados.

Isso requer educação e treinamento extensivos para todos os níveis da organização, garantindo que todos saibam realizar a coleta, interpretar e utilizar os Dados de maneira adequada 

A cultura organizacional, em algumas vezes, precisa ser transformada, desde a mentalidade baseada em intuições para uma que seja diretamente orientada por Dados. Isso requer educação e treinamento extensivos para todos os níveis da organização, garantindo que todos saibam realizar a coleta, interpretar e utilizar os Dados de maneira adequada.

Outra complicação é a falta de mão de obra qualificada em análise de Dados. Algumas empresas levam em consideração apenas o meio tradicional da TI, e acabam optando por não contratar profissionais em dados.
Cultura de dados

Segundo a pesquisa da IDC, patrocinada pela Tableau, 83% dos CEOs entrevistados querem que suas organizações sejam mais impulsionadas pelos Dados. A cultura de Dados é um conceito na era digital, no qual empresas e organizações procuram tomar decisões informadas e estratégicas com base em análises objetivas. Contudo, por onde começar?

O primeiro passo é estabelecer objetivos claros. Definir quais decisões serão orientadas com Dados para nortear os esforços, de modo que a organização alcance o propósito estabelecido.

“A cultura orientada a Dados diz respeito aos comportamentos e crenças coletivas que as pessoas valorizam. A prática do incentivo a Dados para tomar a melhor decisão, envolve as pessoas dentro da cultura Data Driven. E isso são componentes que enxergamos como essencial para o sucesso dentro da organização”, afirma Hort.

Além disso, é necessário avaliar a infraestrutura de TI existente para que os sistemas de coleta, armazenamento e processamento de Dados sejam seguros para extrair valor das informações produzidas pela empresa.

Implementar ideias piloto é uma maneira para testar e validar o Data Driven em escala menor, antes de expandi-la. Esses projetos iniciais demonstram o potencial dos dados para gerar valor e ajudam a ganhar apoio e engajamento dentro da organização.

Inteligência Artificial e Dados
Um dos assuntos em alta, como a Inteligência Artificial, também esteve presente na pauta do Lyncas Talks. A integração da Inteligência Artificial e Dados é um aspecto importante para as empresas Data Driven. Isso porque depende da qualidade e confiabilidade dos Dados para fornecer informações úteis, garantindo integridade, consistência e segurança para evitar decisões equivocadas.

A IA pode automatizar e aprimorar o processo de coleta de Dados, permitindo a captura de grandes volumes de informações rapidamente. Por isso, muitas empresas têm utilizado essa tendência para a criação de automação de processos com robôs.

A Inteligência Artificial capacita modelos analíticos avançados que podem prever tendências futuras com base em Dados históricos e em tempo real. Esses modelos não apenas identificam padrões, mas também recomendam ações estratégicas com base nas análises preditivas e prescritivas.

Proporcionando uma experiência única, o evento nasceu porque a Lyncas acredita no aprendizado contínuo, na colaboração e no desenvolvimento de profissionais no campo da tecnologia, impulsionando assim a inovação e a transformação da sociedade.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.