book_icon

Tivit une aplicações de IA com Video Analytics e IoT para acelerar Transformação Digital

Do agro ao setor energético: projetos de integração de IA com outras tecnologias, que incluem Machine Learning e análise de Dados, entre outras, já surtem efeito direto no desempenho de empresas

Tivit une aplicações de IA com Video Analytics e IoT para acelerar Transformação Digital

A adoção de IA já influencia o mercado brasileiro, principalmente, tecnologias voltadas à segurança cibernética e detecção de ameaças, automação e eficiência, além de personalização e experiência do cliente, indica um levantamento do IDC. A pesquisa aponta ainda que 46% das lideranças brasileiras de TI ouvidas já investem para impulsionar soluções de IA em suas empresas, enquanto 49% afirmam que esses investimentos devem começar em breve, totalizando um grupo de 95%.

Atuando no desenvolvimento de soluções a companhias que buscam a implementação de IA em seus serviços, a Tivit, multinacional brasileira que acelera negócios por meio da tecnologia, vem obtendo sucesso na aplicação de Inteligência Artificial em diversos setores da economia. Aliando a IA a outras inovações como a análise computacional de vídeo, análise de Dados, aprendizado de máquina, Internet das Coisas e automatização, a companhia entrega soluções de acordo com a necessidade de negócios dos clientes. Essas soluções já representam um grande diferencial competitivo para áreas como Indústria 4.0, Agro, Petróleo e Gás, entre outras.

“Com a combinação da organização dos Dados e o emprego da AI, uma empresa passa, por exemplo, a ter muito mais insights para planejar e operar seu negócio, automatizando operações, racionalizando custos e direcionando melhor os esforços dos colaboradores, aprimorando a performance diária e as relações com funcionários e clientes finais”, afirma Daniel Galante, COO e CPO da Tivit.

Um dos exemplos de uso da AI nas empresas é por meio do suporte à utilização da análise de vídeo (Video Analytics), que tem sido fundamental para melhorar a produção e a segurança de colaboradores em ambientes industriais, especialmente em fábricas que operam sistemas de produção contínua. Essa tecnologia, aplicada pela Tivit, combina a captura e a análise de imagens em tempo real para comparar com os Dados existentes de eficiência ou mesmo segurança, gerando um processo contínuo de aprendizado e melhorias de padrão. “Até então, esse tipo de serviço era feito de forma visual e humana, que muitas vezes não era capaz de capturar alguns desvios”, explica.

A Tivit também prestou um serviço para uma empresa do setor de alimentos. A solução possibilita a detecção de pequenas variações em maquinário industrial, promovendo a manutenção preventiva e programada, evitando paradas inesperadas na linha de produção e, consequentemente, grandes prejuízos. Além disso, há análises de imagens em tempo real para detectar se os funcionários estão utilizando equipamentos de segurança obrigatórios (EPIs) ou estão circulando por áreas de risco. De forma autônoma, a IA faz a leitura dos vídeos e dispara alerta aos gestores caso algo esteja fora do padrão. Para a mesma companhia, a Tivit desenvolveu uma solução que utiliza a IA em um setor onde são armazenadas grandes quantidades de cereais em silos. “Quando são abertos, os grãos escorrem por uma grande área e, para mitigar o risco de acidentes, empregamos tecnologia de Vídeo Analytics para monitorar o perímetro”, pontua Galante.

Outro exemplo de aplicação de IA combinada com IoT é em uma empresa de alimentos que armazena proteína animal em câmaras frias. Nela, os funcionários não podem passar muito tempo dentro desse ambiente por questões de saúde e exigências regulatórias. Por meio de monitoramento de vídeo e sensores de IoT nos uniformes, é possível identificar quais colaboradores estão, e por quanto tempo, na câmara, quantas vezes acessaram o equipamento e também alertar em tempo real os casos que estão perto de ultrapassar os limites permitidos. O aprimoramento das detecções de desvio facilita a análise de causa dos desvios, facilitando os planos de correção e melhoria contínua de operações.

A solução possibilita a detecção de pequenas variações em maquinário industrial, promovendo a manutenção preventiva e programada, evitando paradas inesperadas na linha de produção e, consequentemente, grandes prejuízos  

Existem, de acordo com Daniel Galante, aplicações até mesmo “dentro de casa”. “Na Tivit empregamos o conceito de ‘customer 0’ e utilizamos a nossa solução de IA Generativa, a Tivit Athena, em diversos setores. Um desses exemplos é a assistente de vendas, a Athena for Sales. Como nosso portfólio é muito amplo e, por vezes, complexo, criamos uma solução que consegue sugerir soluções com base em desafios de negócio ou técnicos do cliente. Temos também a Athena for Legal que apoia o nosso departamento jurídico com validação de contratos e análise de históricos de processos que já vivenciamos, cruzando Dados e gerando insights para os nossos advogados”, exemplifica.

“A Inteligência Artificial transcende a mera análise de Dados para nos oferecer insights preditivos e adaptativos. Isso permite que as empresas não apenas reajam ao que já aconteceu, mas antecipem e moldem futuros desafios e oportunidades. Por isso, a aplicação da IA se estende por todas as indústrias, adaptando-se conforme a necessidade e a complexidade de cada setor”, explica.

Galante finaliza explicando que muitas das soluções são oferecidas ao mercado pela Tivit como produtos de prateleira, como os sistemas de análise de vídeo ou a Tivit Athena, que requerem poucos ajustes para operar. “Em outros casos, desenhamos soluções personalizadas depois de entender as necessidades específicas dos clientes. Mesmo nestes casos, o tempo de implementação e adaptação é razoavelmente curto”, conclui.

Serviço
tivit.com 

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.