book_icon

Tecnologia de IA realiza 500 mil monitoramentos em exames à distância para combater fraudes

Desenvolvida pela startup Iaris, a solução EasyProctor já emitiu 5 milhões de alertas de possíveis infrações em provas e exames de diferentes setores

Tecnologia de IA realiza 500 mil monitoramentos em exames à distância para combater fraudes

A ascensão de ferramentas tecnológicas chega, cada vez mais, para potencializar os modelos de ensino educacional, e a inteligência artificial surge como uma grande aliada. No Brasil, a Iaris, startup especializada em aplicações deste tipo de tecnologia, desenvolveu o EasyProctor, uma ferramenta que combina Dados analisados via Inteligência Artificial com análise humana para o monitoramento de provas online com segurança. A tecnologia já acompanhou de perto cerca de 500 mil exames, o que gerou mais de 5 milhões de alertas de possibilidade de fraudes.

Também é possível o acesso a áudio e vídeo captados durante a prova 

“A Inteligência Artificial para a educação corporativa veio para tornar o aprendizado mais assertivo e efetivo. E, por meio do EasyProctor, é possível que um exame possa ser aplicado com a segurança adequada para cada tipo de aplicação, certificando que o aluno realizou o aproveitamento daquele conteúdo que lhe foi entregue”, destaca Fábio Falcão, CEO da Iaris.

A solução vai de encontro com pesquisas publicadas recentemente sobre o uso da IA no âmbito educacional. O Instituto Semesp, entidade que representa mantenedoras de ensino superior, por meio da pesquisa inédita divulgada em maio e intitulada “Perfil e Desafios dos Professores da Educação Básica no Brasil”, indicou que existem benefícios no uso da inteligência artificial como ferramenta de apoio na educação, com três em cada quatro professores concordando com a implementação da tecnologia no ensino. O estudo, realizado com 444 docentes das redes pública e privada, revelou que 74,8% dos entrevistados concordam parcial ou totalmente com o uso da tecnologia e inteligência artificial no ensino.

A tecnologia, que já recebe o respaldo de empresas como a Konviva (Senior) e Calriz, parceiras da startup no setor de educação corporativa, possui recursos de integração com sistemas de geração de exames, como Moodle e Canvas, através de plugins e APIs simples de serem implantadas. Além disso, para garantir a segurança na aplicação remota de provas, a solução emite alertas de verificação biométrica, troca de uma ou mais faces, desvio e giro de cabeça, bem como bloqueio automático de funções do sistema operacional de computadores, como alternar usuários, menu Iniciar, barra de ferramentas, comando Ctrl, Alt e Del, entre outros. Após a finalização do exame, são gerados Dados e relatórios, com interface gráfica para visualização dos alertas emitidos durante a aplicação de cada exame. Também é possível o acesso a áudio e vídeo captados durante a prova.

“As diferentes ferramentas tecnológicas de Inteligência Artificial para o meio educacional chegaram para agregar e entregar conteúdos que podem ser acessados em qualquer lugar que o aluno ou o candidato esteja, seguindo o mundo dinâmico em que vivemos. Com isso, além dos inúmeros benefícios no aprendizado, a tecnologia ainda proporciona mais segurança para todos os tipos de aplicações de provas e exames, o que reflete na qualidade da formação do cidadão”, relata Falcão.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.