book_icon

SoftwareOne aspira se tornar uma empresa de inteligência de negócios

Antes uma revenda que comercializava licenças de terceiros, nos últimos dez anos a empresa se especializou em implementar tecnologias inovadoras e ser uma consultoria de serviços

SoftwareOne aspira se tornar uma empresa de inteligência de negócios

Com sede na Suíça, a SoftwareOne é uma provedora global especialista em soluções de softwares e tecnologia de Nuvem, oferecendo serviços de modernização de aplicativos, migração de workloads críticos em Nuvens públicas, gestão de software, inovação, segurança, governança e computação em Nuvem. Suas ofertas são conectadas pelo PyraCloud, a plataforma digital exclusiva da SoftwareOne, que fornece aos clientes inteligência acionável por data-driven. Nesta entrevista, Eronides Júnior, COO da SoftwareOne Brasil, conta os planos da empresa e a parceria próxima que mantém com a SAP.

Qual momento vive hoje a SoftwareOne?

A SoftwareOne vem passando por uma transformação: até 2015 éramos uma empresa de licenciamento, basicamente uma revenda de tecnologia. Nós revendíamos tecnologias de terceiros, da Microsoft, VMware, Veeam, depois AWS etc. Nos últimos dez anos avançamos, não somente para revender, mas para implementar tecnologias inovadoras, nos transformando em uma consultoria de serviços. Continuamos com nosso legado de revenda, mas agora com implementação e consultoria. Temos uma estrutura grande no Brasil, no mundo fizemos diversas fusões e aquisições de grandes empresas de serviços para acelerar esse processo. Parte do plano foi mirar a especialização em SAP. Por ser um ERP, é ali que está o coração da empresa, a inteligência do negócio, os processos corporativos, e é aí que estão as oportunidades de proporcionar a eficiência e a melhoria. Além do SAP em si, é importante o que está em seu entorno, que são aplicações de RH, financeiras, logística e outros sistemas que orbitam ao redor do ERP.

Quais os planos da empresa?

Queremos ser uma empresa referência em inteligência de negócios, trabalhando no cerne dos clientes, não somente como uma empresa de tecnologia, que tem várias, mas uma empresa que entende o negócio do cliente, acoplando as diversas soluções tecnológicas. Esse é o nosso diferencial e é o que estamos buscando, ser uma empresa que realmente impacta os negócios dos nossos clientes. Internamente definimos um prazo, que é 2026, de sermos uma consultoria de estratégia, ser especializada em estratégia de negócios. É uma meta desafiadora, pois além de ser uma referência em SAP, somos especialistas em Cloud, segurança, modernização de aplicações, de infraestrutura, monitoramento de gestão etc. Nos posicionamos como um GSI – Global Systems Integrator, mas não somente implementamos as tecnologias, mas também transacionamos essas tecnologias, temos uma relação muito próxima com os grandes fabricantes e provedores de tecnologia.

Em 2027 a SAP deixará de dar suporte ao SAP ECC. A SoftwareOne tem trabalhado em projetos de migração do ECC para o Rise with SAP ou S/4Hana?

Temos trabalhado em muitos projetos de migração do SAP ECC para a Nuvem. O nosso conhecimento de SAP e infraestrutura permite fazer todo o trabalho de assessment da TI, analisar o ambiente, avaliar o impacto nos negócios, analisar riscos e identificar oportunidades. Se fala muito hoje do SAP Rise, a Nuvem da SAP, e temos feito muito investimento para ajudar as empresas a acelerar esse processo de ida das empresas para esse universo SAP Rise, que acreditamos que seja o futuro.

Recentemente, a SAP anunciou o programa Rise with SAP Migration and Modernization, uma espécie de selo que identifica parceiros especialistas nesse trabalho de migração.  A SoftwareOne fará parte desse programa?

Hoje, toda a nossa prática SAP é homologada pela própria SAP, utilizamos as melhores práticas do mercado, não somente a parte de migração, mas também implementação de projetos, além de outras soluções proprietárias que temos, como o PyraCloud e conectores, são todos homologados pela SAP. Esse selo do programa Rise with SAP Migration and Modernization tem uma fila e em breve também teremos. Nossa práticas são todas homologadas e também somos uma revenda SAP, o que exige especialização.

Como estão as oportunidades dentro desse processo de migração do SAP ECC?

Muitas empresas que temos visto que estão se preparando ou indo para o Rise estão, inicialmente, começando pela parte de infraestrutura, que engloba sistemas legados e a qualidade dos dados. Assim, é comum ouvir que estão fazendo uma migração Greenfield, que é começar do zero para levar ao Rise ou ao S/4Hana apenas o que interessa, sem dados que não são usados, os vícios, adaptações e customizações que fazem o SAP ECC funcionar hoje, mas que não serão usados no futuro. Isso significa colocar a casa em ordem, levar apenas o que interessa para o novo sistema. Para nós, isso é uma excelente oportunidade. Muitas empresas colocam o que é importante no Rise e o que não é estratégico ela deixa de fora em outro sistema on-premises, criando esse ambiente híbrido.

Há empresas que acham que 2027 ainda está longe. Realmente está?

Se estivéssemos falando de migração de Data Center, de infraestrutura ou de um sistema legado local, ainda assim seria desafiador o prazo de três anos até 2027. Seria preciso muito planejamento e orquestração. Falando de ERP, onde está o coração do negócio, tudo é mais complicado, pois se irá mexer com dados sensíveis, vai impactar muita gente. Quem ainda não começou está muito atrasado. Quanto menos prazo se tem, menos tempo para ver custos, investimentos, contratar uma consultoria para ajudar, fazer o assessment etc.

Como a SoftwareOne tem se posicionado no mercado nessas oportunidades de migração?

Quando se fala em migração no universo SAP, é de uma complexidade tão grande que a maioria dos nossos clientes hoje nos procuraram por redução de risco, pois não querem colocar todos os ovos em uma mesma cesta. Essa migração envolve análise da infraestrutura, migração dos dados, preparação de dados, parametrização de sistemas, segurança, integração com outros sistemas etc. É tanto trabalho que há espaço para todos. Às vezes, nos posicionamos como uma empresa que pode ser um auxiliar nesse projeto. A nossa inteligência e experiência em tecnologia e em Cloud está sendo um grande diferencial. Estamos trabalhando em parceria inclusive com concorrentes em projetos de migração SAP – por exemplo, eles entram com a parte de parametrização e nós com a infraestrutura, pois somos especialista em infraestrutura de Cloud. Podemos ser uma grande consultoria complementar em grandes projetos SAP.

 

 

 

 

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.