book_icon

Alloha Fibra apresenta NOC de Backbone centralizado na Grande São Paulo

Centro contará com inovador ecossistema automatizado de abertura de chamadas de campo em caso de falha de internet nas regiões atendidas

Alloha Fibra apresenta NOC de Backbone centralizado na Grande São Paulo

A Alloha Fibra, provedora independente de fibra ótica do Brasil e a terceira maior operadora de Telecomunicações em extensão de fibra, dá mais um passo significativo em seu processo de modernização de infraestrutura e, a partir de agora, integra toda sua gestão de sistemas de rede em um novo NOC (Network Operations Center), localizado em Mauá, município da Grande São Paulo.

A iniciativa reforça o compromisso da operadora em fornecer a melhor experiência de conectividade a seus clientes. Dois projetos inovadores serão implementados no NOC. O primeiro vai criar um ecossistema unificado entre o Monitoramento de Rede e os Sistemas Operacionais, permitindo a abertura de chamadas automáticas de campo em caso de falhas de internet na casa do usuário, direcionando imediatamente às áreas responsáveis e reduzindo o tempo médio de reparo (MTTR – Mean Time To Repair). Além disso, todas as informações serão disponibilizadas nos Canais de Atendimento ao Cliente para que o usuário acompanhe com precisão a situação.

A estrutura contará com uma equipe dedicada de mais de 50 funcionários, entre eles engenheiros de telecom, profissionais de segurança da informação e analistas, que irão monitorar o sistema 24 horas nos 7 dias da semana

O segundo consistirá na implementação de um sistema de correlação de todos os eventos de toda a planta, visando otimizar a alocação de recursos da companhia. Para viabilizar essa iniciativa, a Alloha Fibra empregará Inteligência Artificial, conferindo maior capacidade de tomada de decisão em escala.

“A inauguração do NOC de backbone centralizado marca um avanço significativo no processo de integração de todas as nossas operações. Temos como objetivo priorizar a padronização de processos em uma única localidade, atendendo com máxima qualidade todo o País. Isso implica no desenvolvimento de soluções inteligentes e rápidas, garantindo uma operação ainda mais ágil e eficaz”, reforça Lorival Luz, CEO da Alloha Fibra.

O novo NOC atenderá tanto os assinantes B2C da Giga+ Fibra, quanto os clientes B2B da Giga+ Empresas. Aproximadamente 4,5 milhões de itens serão monitorados na localização, que vão desde equipamentos das residências dos usuários até os roteadores de alta performance e de transmissões de longa distância. Com mais de 1,6 milhão de clientes, atualmente, o tráfego total agregado na rede é de aproximadamente 10 Terabits.

A estrutura contará com uma equipe dedicada de mais de 50 funcionários, entre eles engenheiros de telecom, profissionais de segurança da informação e analistas, que irão monitorar o sistema 24 horas nos 7 dias da semana.

Além dessa unidade, a Alloha Fibra possui um NOC na cidade do Carmo, no Rio de Janeiro, em que gerencia a rede FTTH (Fiber to the Home) com mais de 1,6 milhão de assinantes B2C, em mais de 280 cidades. Ambos atuam operacionalmente com formato de Disaster Recovery para garantir a redundância, ou seja, em caso de indisponibilidade de uma das instalações, a outra assume a função da que ficou indisponível.

A Alloha Fibra conta com mais de 1,5 mil Pontos de Presença (PoP) distribuídos por todo o território nacional. Além disso, está presente nos principais datacenters nacionais e pontos de troca de tráfego nacionais e internacionais.

“Nossa estratégia se baseia em três princípios fundamentais: Pessoas, Processos e Sistemas. No que diz respeito às pessoas, contamos com uma equipe altamente profissional, comprometida e talentosa. Além disso, estamos constantemente buscando novos talentos e investindo em treinamentos para aprimorar ainda mais nosso time,” explica Fábio Abreu, VP da Unidade de Negócios B2B e Redes da Alloha Fibra.

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.