book_icon

Os vários benefícios da IA em testes e detecção de falhas de softwares

Com a IA, já é possível gerar scripts de teste de forma automática, oferecer insights e mapas de riscos, prevendo falhas antes que ocorram

Os vários benefícios da IA em testes e detecção de falhas de softwares

Nos últimos anos, a Inteligência Artificial (IA) tem se consolidado como uma ferramenta essencial na engenharia de software. Segundo pesquisa da Gartner, até 2028, 75% dos engenheiros de software usarão assistentes de código de inteligência artificial, contra menos de 10% no início de 2023. Ainda, duas em cada três organizações estão atualmente testando, implementando ou já implementaram assistentes de código IA.

Tais ferramentas prometem melhorar a eficiência dos desenvolvedores e a qualidade do código, mostram estudos. Uma pesquisa realizada pelo GitHub, em parceria com a Keystone.AI, aponta que os benefícios de produtividade do desenvolvedor de IA podem impulsionar o PIB global em mais de US$ 1,5 trilhão. Ferramentas de IA generativa poderiam adicionar ganhos de produtividade de novos 15 milhões de “desenvolvedores eficazes” à capacidade mundial em 2030.

À medida que as tecnologias evoluem, espera-se que o papel da IA se torne ainda mais central, redefinindo os limites do que é possível no desenvolvimento de software

Um dos setores que mais se beneficiam do uso de IA é o de testes e qualidade de software. Tradicionalmente, os testes de software são processos demorados e propensos a erros humanos. Com a IA, já é possível gerar scripts de teste de forma automática, oferecer insights e mapas de riscos, prevendo falhas antes que ocorram.

A keeggo, consultoria brasileira de tecnologia, desenvolveu a knooly.IA, plataforma de monitoramento contínuo para a gestão de qualidade e risco, que integra visão de sistema e visão de negócios para otimização de tempo e recursos nos testes de software. A solução, baseada em inteligência artificial, pode reduzir em 75% o tempo usado para a criação de cenários e quadruplicar o volume de cenários criados.

“A ferramenta é impulsionada por IA para auxiliar no desafio de ser ágil, mantendo a governança sobre qualidade e riscos. Na prática, permite uma análise mais detalhada e precisa, reduzindo significativamente o tempo de desenvolvimento e melhorando a qualidade final do produto de nossos clientes”, afirma Stênio Viveiros, consultor de Qualidade da keeggo.

O especialista destaca benefícios da inteligência artificial na engenharia de software:

Automação de tarefas repetitivas: a IA pode automatizar tarefas como geração de código, testes e depuração, liberando os desenvolvedores para focarem em tarefas mais criativas e estratégicas.

Detecção proativa de falhas: ferramentas de IA podem identificar padrões de comportamento que indicam possíveis falhas, permitindo correções antes que problemas maiores ocorram.

Análise de dados em tempo real: a capacidade de processar grandes volumes de dados em tempo real permite uma tomada de decisão mais rápida e informada.

Melhoria na gestão de projetos: algoritmos de IA podem prever atrasos e problemas em projetos, ajudando a manter os prazos e a qualidade.

“A Inteligência Artificial está revolucionando a engenharia de software, trazendo eficiência, precisão e inovação. À medida que as tecnologias evoluem, espera-se que o papel da IA se torne ainda mais central, redefinindo os limites do que é possível no desenvolvimento de software”, destaca Viveiros.

 

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.