book_icon

Blockbit incorpora novos recursos em sua plataforma de segurança

A Blockbit Platform passa a contar com recursos avançados de Data Loss Prevention e suporte a múltiplos módulos de conexão a partir de um único equipamento

Blockbit incorpora novos recursos em sua plataforma de segurança

A Blockbit, empresa especializada em cibersegurança, anunciou uma nova versão de sua plataforma, que passa a contar com recursos avançados de Data Loss Prevention e suporte a múltiplos módulos de conexão a partir de um único equipamento. Atualizações no controle de aplicação (Application Control) também estão sendo anunciadas, assim como na integração de Safe Search como camada adicional de proteção no DNS Content Filtering da plataforma. Com o lançamento da nova versão da Blockbit Platform, a empresa traz ao mercado corporativo recursos ainda mais robustos e automatizados, que agregam praticidade na segurança cibernética de companhias de todos os setores e tamanhos para que tenham mais confiabilidade na proteção dos dados e sistemas de seus negócios, tanto em redes locais quanto em Nuvem.

“Em um mundo onde as ameaças cibernéticas se tornam cada vez mais sofisticadas, a evolução é imperativa. Estamos anunciando novas funcionalidades em nossa plataforma de segurança cibernética para fortalecer ainda mais nossa capacidade de proteger os ativos mais críticos de nossos clientes, para que eles possam focar em suas operações de forma segura”, disse Lucas Pereira, Chief Technology Officer (CTO) da Blockbit.

O Blockbit Agent SSO é uma solução de autenticação que permite que um usuário faça login uma única vez para se conectar a múltiplos sistemas ou serviços, em vez de precisar fazer login separadamente em cada um deles

Um dos destaques da plataforma é o novo recurso de Data Loss Prevention, que busca impedir a exposição indevida de informações confidenciais de colaboradores e de dados críticos do negócio, inclusive apoiando as organizações no atendimento a regulamentações, como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). O Data Loss Prevention permite às organizações manterem a conformidade de suas políticas de dados sem impedir a produtividade dos funcionários.

A partir dessa funcionalidade, uma análise automática é realizada das informações que os colaboradores buscam compartilhar por e-mail ou de outras maneiras, bloqueando o envio quando algum dado que não possa ser transmitido é identificado, como CPF, número de cartão de crédito ou RG, entre outros. Dessa forma, a plataforma evita que informações indevidas sejam enviadas para fora da empresa.

Outra novidade da nova plataforma está na possibilidade de, em uma única implementação, diversas redes de Internet serem monitoradas ao mesmo tempo com apenas um equipamento de Next-Generation Firewall. A partir dessa atualização, todos os recursos do já conhecido Secure SD-WAN da Blockbit passam funcionar com suporte a dois modems com conexões 4G LTE. Dessa forma, a segurança avançada e o gerenciamento centralizado das conexões são ampliados nas empresas.

Mais segurança

A Blockbit Platform também traz uma nova camada de segurança para o seu DNS Content Filtering, usado para filtrar acesso a sites na Internet, com a integração do Safe Search. Com essa iniciativa, não é mais necessário configurar individualmente cada dispositivo dos usuários para garantir a defesa cibernética durante as buscas por informações na Internet.

“O Safe Search da Blockbit realiza, em tempo real, a verificação das buscas feitas a partir dos dispositivos, alinhando-as com as configurações pré-determinadas pelo cliente. Isso permite um bloqueio imediato de sites inadequados que possam surgir como resultados nos mecanismos de busca”, afirma o executivo. Segundo ele, a solução da Blockbit consegue impedir o acesso a resultados explícitos ou maliciosos, mitigando riscos cibernéticos e conexões impróprias a partir da rede corporativa. “Esse recurso é especialmente importante para órgãos públicos e escolas, por exemplo, que possuem uma grande preocupação em filtrar conteúdo indevidos. Ainda, é relevante para redes públicas de grande desempenho, como Wi-Fi em aeroportos, que são utilizadas por milhares de pessoas, sem controle de quem exatamente está conectado a elas”, comentou.

Para agilizar a configuração e a aplicação de filtros de prevenção de intrusão em organizações, a Blockbit incorporou o recurso de IPS Inteligente em sua plataforma. A Blockbit já classificava as ameaças em três níveis de risco – alto, médio e baixo – em seu banco de dados para que as empresas selecionassem quais deles deveriam ser monitorados em suas operações. Com a novidade, sempre que um novo risco for identificado e categorizado pela Blockbit, as companhias que optaram pelo monitoramento do respectivo nível de risco receberão proteção imediata contra essa ameaça, sem necessidade de nenhum ajuste manual na plataforma.

Com o crescente uso de aplicações específicas pelas empresas, a Blockbit também anuncia uma nova facilidade implementada em seu recurso de Controle de Aplicações (Application Control). Agora, em vez de depender exclusivamente da intervenção direta da equipe da Blockbit para configurar a liberação ou bloqueio a aplicações, o setor de TI das companhias terá autonomia para realizar essa tarefa. Essa atualização visa agilizar e dinamizar o processo, permitindo uma supervisão mais eficaz e um controle mais preciso sobre os usuários e as aplicações que cada um necessita utilizar.

A Blockbit também realizou atualizações na verificação multifator para acessar as redes das empresas e está disponibilizando o recurso de Single Sign-On (SSO) também para Linux OS. O Blockbit Agent SSO é uma solução de autenticação que permite que um usuário faça login uma única vez para se conectar a múltiplos sistemas ou serviços, em vez de precisar fazer login separadamente em cada um deles.

 

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.