book_icon

Scala Data Centers usa reconhecimento facial para aumentar a segurança

A solução atua de forma combinada com outras tecnologias inovadoras de IA, como detecção de objetos, além de se integrar com sistemas de acesso físico, como portas automáticas

Scala Data Centers usa reconhecimento facial para aumentar a segurança

A Scala Data Centers, plataforma latino-americana de Data Centers sustentáveis, tem utilizado um aplicativo de desenvolvimento próprio que usa reconhecimento facial para tornar sua operação ainda mais segura. A solução atua de forma combinada com outras tecnologias inovadoras de Inteligência Artificial (IA), como detecção de objetos, além de se integrar com sistemas de acesso físico, como portas automáticas, que fazem a leitura de crachás.

Os benefícios são múltiplos para reforçar a segurança de nossos sites, garantindo a nossa obsessão por soluções que beneficiem nossos clientes

Esses recursos são utilizados para cruzar e checar informações sobre a presença de pessoas em áreas controladas de sites da Scala, como salas de máquinas, por exemplo. Assim, é possível verificar se há uma autorização para um profissional estar em um ponto específico de um Data Center, em um período determinado, com base em chamados de manutenção ou ronda cadastrados nos sistemas da companhia, que atuam integrados com os sistemas de leitoras e portas. A solução, que também é capaz de interpretar capturas de imagens, permite identificar se o profissional está no local correto, utilizando as ferramentas autorizadas para a execução do seu trabalho e as ações realizadas.

Hoje, a aplicação já está em uso no site SGRUTB03, que fica no Campus Tamboré, localizado em Barueri (SP), o maior campus de Data Centers da América Latina, segundo afirma a empresa, e um dos cinco no mundo com 600MW de potência projetada. A previsão é implementá-la em todos os data centers em operação da Scala até o final de 2023.

“A inovação é fundamental e transversal para a Scala, com apoio incondicional dos líderes e compartilhada como um valor por todos na companhia. Isso é decisivo para a busca contínua de disrupções, como a utilização da visão computacional nas operações de nossos Data Centers. Os benefícios são múltiplos para reforçar a segurança de nossos sites, garantindo a nossa obsessão por soluções que beneficiem nossos clientes”, explica, Agostinho Villela, CTO e VP de Engenharia da Scala Data Centers.

Serviço
www.scaladatacenters.com

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento