book_icon

Aplicativos móveis precisam ser testados corretamente antes de serem lançados

O mundo dos negócios agora é digital e os dispositivos móveis cumpre um papel fundamental para o sucesso dos negócios, principalmente nos pós pandemia onde as pessoas passaram a comprar mais pelo celular do antes. Este movimento do consumidor se justifica pelo fato de que não é mais necessário sair de casa para fazer uma compra, ir à agência bancária, fazer uma consulta médica por telemedicina, estudar pelo ensino à distância, entre outras atividades. Por esta razão, os aplicativos móveis oferecidos pelas empresas devem funcionar corretamente em qualquer aparelho que o usuário mobile possa ter.

Um app que não funciona corretamente pode representar grandes perdas de receitas para as empresas, isso porque um entre quatro usuários abandonam o aplicativo e deixam de acessar serviços de seu interesse devido ao mau funcionamento do aplicativo. Por esta razão, o mobile first deve ser precedido pelo testing first, inevitavelmente.

Apesar da atenção que o lado do desenvolvimento da criação de aplicativos recebe, o teste mobile e o controle de qualidade (QA – Quality Assurance) é o ponto central de qualquer iniciativa mobile de sucesso. Equipes bem-sucedidas dedicarão pessoal e horas a esse aspecto crítico do desenvolvimento, a fim de garantir que seu aplicativo esteja atualizado desde o momento em que chega à Apple ou Google Play Store.

Quando se trata de negócios mobile, os benefícios dos testes automatizados reduzem os erros na validação do software a ajudam as equipes de QA a operarem com um orçamento disponível, nem sempre o desejado para todas as etapas de testes necessárias. Nesta conjuntura, muitas organizações já estão fazendo uso de testes de automação e implementando-os em suas práticas cotidianas.

Mesmo assim, a batalha de testes manuais versus automação tende a se inclinar para plataformas manuais devido às empresas ainda não terem o conhecimento para aproveitar as vantagens dos testes de automação para atender às suas necessidades antes de lançar seu produto no mercado.

Tradicionalmente, o teste manual é realizado usando casos de teste precisos e, em seguida, comparando os resultados com as expectativas pré definidas para determinar a precisão dos recursos do aplicativo. O teste manual é repetido consecutivamente até que os erros propensos sejam contabilizados e corrigidos. Esse processo é fundamental para muitas equipes de teste, mas os benefícios dos testes de automação podem ajudar as equipes a avançar em seus testes. Para entender os benefícios do teste de automação, criamos uma lista de cinco razões pelas quais as empresas devem considerar o teste de automação juntamente com o teste manual e por que o teste de automação é relevante para o futuro dos testes móveis.

1 – Redução de custos

A perspectiva de custos é um dos principais benefícios que podemos observar. O investimento inicial de inicialização para testes de automação pode incorrer em uma pequena taxa, mas a partir daí a automação cuida essencialmente de si mesma. As equipes de desenvolvimento de software podem investir em opções e atualizações de software mais sofisticadas à medida que avançam, mas isso depende inteiramente das equipes de desenvolvimento e de suas necessidades.

A realidade é que os testes automatizados precisam de muita atenção antecipadamente; eles simplesmente não vão se realizar sozinhos e requerem uma equipe dedicada com conhecimento para planejar e implementar um programa que funcionará perfeitamente para seu aplicativo de maneira responsiva. Com isso dito, o custo contínuo para manter seus testes de automação é mínimo. Isso oferece uma enorme flexibilidade para equipes que fazem do teste de automação seu principal método de avaliação de aplicativos.

2 – Precisão incomparável

Ao considerar o teste manual versus o teste de automação, deve-se entender que os métodos de teste manual podem estar propensos a mais erros. Isso se deve em grande parte ao impacto humano no processo, com uma variedade de testes exigindo diferentes sequências de execução. Um dos benefícios do teste de automação é que esses erros humanos são atenuados se o código for cuidadosamente construído para começar. Testes automatizados funcionam da mesma maneira sempre, com o menor tempo possível entre os testes.

3 – Fortalecendo a confiança

Passar por ciclos mais curtos no processo de desenvolvimento é uma necessidade para as equipes de desenvolvimento. A utilização de soluções ágeis, como sprints de 2 a 3 semanas, é a maneira típica de trabalhar em uma sequência de gerenciamento para desenvolvimento e teste de aplicativos. Cada sprint consiste em metas menores e atingíveis para a equipe de desenvolvimento, e os testadores desempenham um papel fundamental nesse processo. O teste de automação funciona de maneira fantástica em uma configuração Agile.

Contar com um procedimento de teste que pode ser replicado repetidamente em sprints curtos é uma excelente maneira de incutir confiança na equipe, usando um sistema altamente eficiente que pode apontar erros em meio a um turnaround reduzido (que é um processo de recuperação do valor e da performance empresarial diante de um cenário de declínio e mau desempenho). Essas vantagens permitirão que os membros da equipe obtenham respostas e integrem o código com muito mais rapidez e eficiência.

4 – Antecipando cargas de usuário

O teste de automação é ideal para medir cargas de usuário inesperadas e imprevistas que, de outra forma, seriam ignoradas durante sistemas manuais. Os testadores manuais normalmente alcançam o gerenciamento de teste de carga no final de um ciclo de produção, mas a automação permite que o teste integre cargas incomuns em vários ciclos. Os tipos de teste de automação que incentivam o desenvolvimento ágil são uma combinação perfeita para ciclos de desenvolvimento curtos, e justificam o teste de carga com frequência, facilitando.

A realidade é que as empresas tendem a esperar até o último minuto possível para testar as cargas dos usuários, às vezes apenas alguns dias antes do lançamento do produto. Neste ponto do desenvolvimento, o menor dos erros pode ser catastrófico e levar a problemas de tempo e equipes confusas. A implementação de um gerenciamento de teste de carga automatizado em todo o processo de desenvolvimento evita dores de cabeça no back-end – sem mencionar que isola sua equipe da perspectiva de um lançamento atrasado.

5 – Reduzir o tempo do ciclo de teste

Por último, mas certamente não menos importante aos olhos de qualquer equipe de desenvolvimento que esteve no jogo por qualquer período de tempo, é o benefício dos testes de automação para reduzir o tempo no processo geral de produção. Embora possa envolver um trabalho significativo inicial para criar certos tipos de testes de automação, a equipe pode reutilizar os testes repetidamente, modificando certas métricas para atender às necessidades de cada projeto. Isso reduz bastante o tempo e as horas de trabalho necessárias para operar um regime de testes além do ciclo inicial, liberando as equipes para ajustar o aplicativo ou trabalhar em outros empreendimentos.

A automação é a chave para a máquina fazer o trabalho pesado e repetitivo. Todas as tarefas manuais, como configurar ambientes e executar etapas repetidas, são feitas para a equipe. Assim, é possível alocar o tempo livre para abordar preventivamente quaisquer problemas que possam surgir durante o ciclo de testes.

Teste de automação: a solução para todos os problemas de teste?

Não exatamente. Os testes de automação devem desempenhar um papel crítico em seus testes, mas o debate sobre testes manuais versus testes de automação não precisa resultar em um único resultado. Ambos os tipos de teste têm seu próprio mérito e lugar, e a adoção de ambos para diferentes situações dentro de sua equipe de teste resulta na resposta mais concisa, eficiente e versátil para testes de produção de aplicativos móveis.

Por Juan Carlos Cerrutti, diretor da Kobiton para América Latina.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento