book_icon

Como um sistema ERP auxilia na gestão de uma indústria química

A fabricação é, por natureza, um negócio complexo em termos de gestão. E quando se trata de produtos químicos, o processo produtivo pode ser ainda mais desafiador e potencialmente perigoso também. O setor químico incorpora todos os diferentes tipos de indústrias que criam produtos, cuja geração é baseada no uso intenso de produtos químicos. Esse setor engloba na produção uma enorme diversidade de produtos, sendo uma indústria de expressiva importância para a economia mundial. Fertilizantes, pesticidas, petróleo, sabão e tantas outras soluções essenciais para a humanidade são produzidas pela indústria química.

A segurança é imperativa quando se trata de produtos químicos; existem regulamentos rigorosos em vigor que precisam ser respeitados. Integração entre os setores, rastreabilidade dos materiais, emissão de certificados de qualidade, atendimento à normas e outras necessidades do processo de transformação são altamente relevantes para uma indústria química. Nesse sentido, processos manuais e sistemas ultrapassados podem prejudicar a capacidade de controle das operações. Assim, a popularização dos sistemas ERP industriais trouxe diversas vantagens para as empresas do ramo, potencializando a eficiência e interligando diferentes etapas do processo produtivo.

O ERP e a geração de insights estratégicos
O uso de software ERP cresce todos os dias no mundo dos negócios, sobretudo pelo avanço da tecnologia e modelo de aquisição da solução, que mudou bastante na última década. Empresas e indústrias dos mais diferentes setores da economia mundial estão adotando os sistemas de gestão integrada com o objetivo de maximizar resultados e facilitar o processo de gerenciamento das operações. Na perspectiva dos executivos e gestores, a procura por essa ferramenta está muito associada à capacidade de geração de insights estratégicos que devem levar à ação ágil. Afinal, mais do que nunca, uma gestão assertiva dos negócios depende da análise inteligente dos dados disponíveis.

Na indústria química, o ERP ajuda a simplificar processos e lidar com grandes volumes de Dados de forma rápida e eficiente, fornecendo informações em tempo real que apoiam a tomada de decisões com Dados estruturados. Isso confere às organizações do setor uma posição de maior agilidade e proatividade, vantagens especialmente interessantes quando levadas em consideração as particularidades desse setor, como a questão da alta volatilidade, segurança e mercado acirrado. Portanto, com o ERP, as organizações que compõe o setor químico são beneficiadas significativamente pela rápida disponibilidade de dados, o que resulta em maior prevenção de riscos e a geração de insights estratégicos. Ele também apoia no cumprimento de exigências legais e auditorias, comuns numa fábrica desse tipo.

Aprimorando a eficiência e a segurança das operações
A eficiência e segurança operacional são essenciais para uma empresa de fabricação de produtos químicos que deseja se posicionar para o sucesso a longo prazo. Os processos produtivos podem ser perigosos. Embora o setor seja altamente regulamentado, acidentes podem ocorrer, ameaçando a saúde e a segurança dos profissionais, prejudicando o meio ambiente, causando retrocessos na produção e gerando publicidade indesejada. Nesse ponto, os sistemas ERP são soluções de inestimável valor para o bom andamento do processo de fabricação.

Um ERP centrado na composição de produtos químicos apresenta recursos para gerenciamento de estoque, compras, vendas, PCP e outros setores-chave. Ele fornece informações imediatas sobre o status da operação, da geração do pedido à entrega. Se um ingrediente armazenado estiver próximo da data de validade, uma notificação é enviada rapidamente, por exemplo. Além disso, na indústria química, a produtividade depende muito da colaboração entre equipes e departamentos, e a falta dela pode afetar negativamente os resultados. Os sistemas de gestão integrada facilitam a colaboração e a troca de informações entre os departamentos, favorecendo a sincronização dos departamentos.

Para concluir este artigo, reforço que os benefícios da adoção de um software de gestão ERP industrial para o setor químico são inúmeros. Não há dúvidas de que essa indústria tem muito a ganhar com o auxílio de novas tecnologias, promovendo um ambiente mais seguro e inovador para o setor. Uma área de atuação com uma cadeia de suprimentos tão complexa como a indústria química precisa se apoiar em sistemas inteligentes para garantir melhores resultados, e o ERP é uma solução valiosa neste cenário.

Por Thiago Leão, diretor Comercial da Nomus.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.