book_icon

Carreira do Futuro em TI: especialização low-code acelera o desenvolvimento de software

De leigo a programador em poucos meses, especialização acelera a entrada de novos desenvolvedores no mercado de trabalho e promete diminuir o déficit de mão de obra

Carreira do Futuro em TI: especialização low-code acelera o desenvolvimento de software

Na era da globalização, a busca por profissionais especializados em tecnologia se encontra cada vez mais desafiadora. Não à toa, segundo um levantamento feito pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) em 2021, o Brasil forma cerca de 46 mil profissionais de tecnologia da informação (TI) por ano. Contudo, o número ainda é muito aquém do necessário para atender o mercado interno, que abre quase 70 mil vagas anualmente.

Diante dessa escassez de novos talentos, tecnologias de programação mais simples, como a low-code, começam a se disseminar nas organizações e passam a oferecer uma oportunidade de mudança de carreira para muitos brasileiros. A especialização oferece uma formação rápida, onde em poucas semanas a pessoa já está apta para ser inserida no mercado de trabalho. Além disso, ela não requer curso superior ou experiência prévia na área.

Além da facilidade de programação, outra grande vantagem da Plataforma OutSystems, é o tempo necessário para a formação de um profissional

Em resumo, a Plataforma OutSystems, uma plataforma low-code, traz mais fluidez, autonomia e rapidez para o desenvolvimento de projetos. Com as plataformas baseadas nessa tecnologia, qualquer empresa pode desenvolver soluções corporativas sob medida, mesmo que seus colaboradores não sejam experts em R, Java ou Python, por exemplo. E para corroborar a relevância dessa plataforma, a Gartner, uma das principais empresas mundiais especializadas em pesquisa e consultoria em tecnologia da informação, estima que até 2024, 65% dos softwares corporativos desenvolvidos no mundo serão baseados nessa tipo de tecnologia. Um cenário favorável para quem já atua na área de programação, com oportunidade de se diferenciar, e para quem deseja ingressar na área de TI, uma das áreas com maiores salários no mundo.

Além da facilidade de programação, outra grande vantagem da Plataforma OutSystems, é o tempo necessário para a formação de um profissional. De acordo com Rafael Pereira, consultor na área de TI e fundador da Academia RafaOutSystems, 1° escola digital especializada na formação de profissionais de TI com a ferramenta no Brasil, a Plataforma OutSystems diminui o tempo de desenvolvimento de softwares em até sete vezes e ainda forma profissionais completos em menos de um ano. “Acredito que essa será a profissão do futuro, porque trata-se de uma tecnologia mais intuitiva e visual do que as tradicionalmente utilizadas no mercado, que exigem do profissional o domínio e atualização em várias tecnologias diferentes. A Plataforma OutSystems, por exemplo, possui componentes que podem ser organizados e conectados, numa espécie de arrasta e solta, permitindo a criação de aplicações em minutos ou horas, ao invés de semanas ou meses. Essa simplicidade faz com que as pessoas aprendam em uma velocidade recorde”, explica o especialista.

Os salários iniciais de um profissional OutSysetms giram na faixa de R$ 3 mil. Mas, Rafael ressalta que esses ganhos podem ser triplicados conforme a experiência. O especialista à frente da Academia RafaOutSystems, conta que já formou mais de 1,3 mil alunos nos últimos quatro anos, que foram absorvidos tanto pela sua consultoria como por empresas parceiras e clientes finais. Ele ainda conta como pessoas com cerca de um mês de estudos já conquistaram uma vaga na área de TI. “Já tive alunos que eram entregadores de pizza e que hoje atuam como programadores em grandes empresas. Há uma demanda gigante a ser preenchida e recrutadores de vários países, especialmente do Brasil e de Portugal, estão sempre atrás desses profissionais. Ou seja, nem bem a pessoa dá início aos treinamentos e já pode estar contratada”, ressalta Rafael Pereira.

Outro ponto positivo para quem se interessa pela profissão é que o aluno não precisa ter um equipamento avançado em casa para começar a programar. “Um computador com 4GB de memória RAM é mais que suficiente para os estudos com a Plataforma OutSystems. É um investimento relativamente pequeno para um mercado que está em pleno aquecimento”, finaliza o especialista.

Academia RafaOutSystems

especialização low-code

Gartner

Plataforma OutSystems

Rafael Pereira

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.