book_icon

Monitora Soluções Tecnológicas planeja internacionalizar seus projetos nos próximos dois anos

A empresa está investindo 80% dos esforços comerciais na expansão internacional. No segundo semestre de 2021, investiu na abertura de um escritório em Londres, focado em desenvolver negócios na Europa

Monitora Soluções Tecnológicas planeja internacionalizar seus projetos nos próximos dois anos

A Monitora Soluções Tecnológicas, empresa de inovação e tecnologia que auxilia players nacionais e internacionais com soluções digitais, está desenvolvendo o seu processo de expansão para o exterior e planeja internacionalizar metade de todos os seus projetos nos próximos dois anos. No Brasil, a empresa possui um portfólio de clientes com nomes de peso, como Serasa Experian, Coopercitrus e a 360 Suítes. Já no exterior, a base de clientes é composta por empresas como Stoory me (Irlanda), Perseus (Alemanha), Icon (Malta), Analytics2Go (EUA) e Informa Markets (Inglaterra). No ano passado, a empresa faturou mais de R$ 40 milhões. Para 2022, a projeção é faturar mais de R$ 62 milhões e aumentar para mais de R$ 135 milhões em 2025.

Já no primeiro semestre de 2022, na abertura de um escritório nos EUA, focado em desenvolver negócios no País e no Canadá 

Atualmente, o portfólio de clientes internacionais representa 20% do faturamento total da Monitora. A projeção de tornar 50% dos seus projetos internacionais nos próximos anos exigirá um tipo de atuação mais agressiva. “Nós passamos a recrutar times não só no Brasil, mas também no exterior, além de incentivar a aprendizagem da língua inglesa por parte dos nossos funcionários. Também temos participado de câmaras de negócios na Europa e nos EUA, visando desenvolver nosso networking e gerar novos negócios”, destaca Marcos Chiodi, CEO da companhia. A Monitora já desenvolve contatos com clientes potenciais de Portugal, Irlanda, Itália e no Leste Europeu, na Lituânia, Estônia e Letônia.

Marcos Chiodi reforça que um aspecto importante para se levar em conta na expansão é a maneira como seus clientes desejam lidar com a visibilidade das parcerias. “É preciso entender a necessidade de cada cliente quando desenvolvemos uma parceria internacional. Imagine que estamos participando do desenvolvimento de tecnologia de algumas das maiores empresas do mundo. Elas não querem que seus concorrentes saibam o que está sendo feito e nem quem está fazendo, trata-se de uma questão de segurança estratégica”, finaliza. Também estão nos planos de expansão da empresa os países vizinhos da América Latina, como Paraguai e Uruguai, e os Emirados Árabes.

A empresa está investindo 80% dos esforços comerciais na expansão internacional. No segundo semestre de 2021, investiu na abertura de um escritório em Londres, focado em desenvolver negócios na Europa. Já no primeiro semestre de 2022, na abertura de um escritório nos EUA, focado em desenvolver negócios no país e no Canadá. Em recrutamento, aposta em sistemas de ATS próprios, que com uso de inteligência artificial, integração com soluções de marketing e automatização de testes técnicos tem permitido ganhar escala global de maneira muito mais rápida. Outro investimento que a Monitora tem feito é na contratação de profissionais bilíngues e no curso de inglês para todos os funcionários, de modo que a meta é que toda a empresa seja bilíngue em alguns anos.

Ainda relacionado à contratação de pessoas, a empresa já passou a contratar colaboradores de modo Global. Em toda Amética Latina está recrutando desenvolvedores para atender os clientes dos EUA. Na Índia, Paquistão, Nepal e Egito estão sendo contratados colaboradores para atender clientes na Europa.

expansão internacional

Marcos Chiodi

Monitora Soluções Tecnológicas

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.