book_icon

Siemens adquire a Brightly Software

A aquisição complementa perfeitamente as ofertas digitais da Siemens para edifícios, com ênfase no gerenciamento de ativos e de energia e coloca a empresa na liderança do mercado para abordar o mercado de software para edifícios e infraestrutura predial, em rápido crescimento

Siemens adquire a Brightly Software

A Siemens Smart Infrastructure (SI), pioneira em edifícios digitais, assinou um contrato para adquirir a Brightly Software, empresa que atua no fornecimento de Software-como-Serviço (SaaS) para soluções de gerenciamento de ativos e manutenção, com sede nos EUA. A aquisição eleva a SI a uma posição de vanguarda no mercado de software para edifícios e infraestrutura predial. O preço da compra foi de USD 1,575 bilhão, mais um pagamento futuro por metas alcançadas (earn-out). A aquisição adicionará os bem estabelecidos recursos baseados na Nuvem da Brightly, em setores-chave como educação, infraestrutura pública, saúde e manufatura — ao know-how digital e de software da Siemens em edifícios. A aquisição também acelera o desenvolvimento dos negócios de SaaS da Siemens e permite que ambas as empresas ofereçam desempenho e sustentabilidade superiores para infraestrutura predial.

É esperado que a Brightly se beneficie da presença global da Siemens, e a Siemens aproveite a participação da fornecedora de software no mercado norte-americano. A Siemens obterá sinergias significativas entre os recursos da Brightly e seu próprio portfólio, com valor presente líquido esperado em torno de quinhentos milhões. A transação está sujeita a aprovações regulatórias, com conclusão prevista no ano calendário de 2022. A aquisição será com pré-alocação do preço de compra e acrescido do ganho por ação no segundo ano após o fechamento da transação.

Proprietários e operadores de infraestrutura estão procurando cada vez mais softwares que ofereçam suporte a operações mais eficientes e sustentáveis  

“Este é mais um passo importante em nossa estratégia como uma empresa focada em tecnologia. Ao combinar os mundos real e digital, fornecemos aos nossos clientes a tecnologia necessária para impulsionar sua transformação digital e criar edifícios mais sustentáveis e centrados no ser humano. Esta aquisição reforça nossas metas de crescimento, especialmente em receita digital e software como serviço. Estamos orgulhosos e empolgados em dar as boas-vindas à Brightly e sua entrada na família Siemens”, disse Roland Busch, presidente e CEO da Siemens AG.

Proprietários e operadores de infraestrutura estão procurando cada vez mais softwares que ofereçam suporte a operações mais eficientes e sustentáveis. O negócio de SaaS e a base de clientes bem estabelecida de clientes da Brightly, combinada com a base existente de produtos prediais e do portfólio digital da Siemens, facilitará a integração de dados por meio da convergência da TI e TO, apoiando a inovação, oferecendo experiências exclusivas aos usuários e desempenho otimizado para edifícios e infraestrutura predial.

“A Brightly nos permitirá avançar para o próximo patamar no desempenho de edifícios. Com o intercâmbio de dados perfeito entre nossas ofertas, nossos clientes podem esperar maior eficiência, menos paradas e custos de manutenção menores, ciclos de vida mais curtos, melhor tomada de decisões baseada em dados e locatários mais satisfeitos”, disse Matthias Rebellius, membro da Diretoria Executiva da Siemens AG e CEO da Smart Infrastructure. “A aquisição vai acelerar nosso objetivo de nos tornarmos uma empresa de software líder também em infraestrutura e apoiará nossa visão de criar edifícios totalmente autônomos que aprendem continuamente e se adaptam às necessidades dos seus ocupantes.”

Estima-se que cerca de 7 bilhões de pessoas viverão em áreas urbanas por volta de 2050. Essa tendência, associada a urgência de combater a mudança climática, destaca a necessidade de comunidades e infraestruturas inteligentes e sustentáveis. A Siemens se esforça para criar comunidades inteligentes, habilitadas por sistemas inteligentes e pela digitalização. As soluções, serviços e softwares da empresa conectam os mundos real e digital, bem como a TI e a TO, injetando inteligência nas operações da infraestrutura predial.

Para 2022, a Brightly espera obter receitas da ordem de USD 180 milhões. A receita recorrente anual (RRA) esperada para 2022 é de USD 160 milhões, operando em um mercado que está crescendo a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 13%. A empresa está sediada na cidade de Cary, na Carolina do Norte, e tem cerca de 800 colaboradores atendendo mais de 12.000 clientes, principalmente nos EUA, Canadá, Reino Unido e Austrália. A empresa era de propriedade da empresa de private equity Clearlake Capital, desde 2019.

“Com a Transformação Digital e a sustentabilidade em alta nas agendas das empresas, associado a um ambiente regulatório desafiador, a necessidade de ativos conectados e dados de ativos em tempo real está levando a uma maior demanda por soluções inteligentes para o gerenciamento de ativos em todo o mundo”, disse Kevin Kemmerer, CEO da Brightly. “Vemos uma oportunidade incrível para combinar nossos conhecimentos e software com a Siemens para acelerar a digitalização e otimização do ambiente predial. Ajudando os clientes a avaliar e gerenciar seus ativos coletivos, desenvolver planos de capital a curto e longo prazo e gerenciar metas de energia e de ASG. Juntos, temos a experiência para ajudar clientes em todo o mundo a transformar o desempenho dos seus ativos e criar comunidades seguras, sustentáveis e prósperas.”

Brightly Software

Kevin Kemmerer

Matthias Rebellius

Roland Busch

Siemens Smart Infrastructure (SI)

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.