book_icon

Parceiros de negócios ajudam os profissionais de TI a implantar a observabilidade full-stack

A transição das abordagens atuais de monitoramento de aplicativos para soluções de observabilidade full-stack mais abrangentes nos próximos cinco anos representa uma das maiores oportunidades para os canais hoje

Parceiros de negócios ajudam os profissionais de TI a implantar a observabilidade full-stack

Esse crescimento está sendo impulsionado por um crescente reconhecimento entre os tecnólogos de todos os setores de que as ferramentas tradicionais de monitoramento de aplicativos não atendem totalmente às suas necessidades em um ambiente de Nuvem híbrida e moderna. A maioria das soluções atualmente implantadas não é capaz de fornecer aos departamentos de TI visibilidade de aplicativos e infraestrutura subjacente para grandes ambientes Kubernetes gerenciados em Nuvens públicas. E isso está tornando extremamente difícil para os departamentos de TI gerenciar o desempenho em uma propriedade de TI cada vez mais complexa e dinâmica.

Em vez de implantar várias ferramentas de monitoramento desconectadas, a observabilidade full-stack fornece aos responsáveis de TI uma visão unificada de desempenho em toda a pilha de TI, em ambientes legados e em Nuvem. E quando a observabilidade full-stack está conectada às métricas de negócios, ela permite que as empresas priorizem ações com base no impacto no usuário final e fazendo com que seja mais fácil que as empresas validem o impacto de cada decisão de TI.

Em nossa pesquisa, 96% dos profissionais em todo o mundo relataram pelo menos uma barreira que precisam superar em sua organização para adotar a observabilidade full-stack  

É por isso que, de acordo com estudos recentes da AppDynamics, empresa do grupo Cisco, até 96% dos profissionais de TI pelo mundo acreditam que ter a capacidade de monitorar todas as áreas técnicas em sua pilha de TI e vincular diretamente o desempenho técnico aos negócios resultados tornou-se ainda mais importante para atingir as metas de inovação.

Com isso em mente, os parceiros de canais precisam garantir que estejam equipados e à frente na corrida para ajudar os clientes a fazer a transição do Application Performance Management (APM) para soluções de observabilidade full-stack nos próximos meses. Já estamos vendo parceiros fazendo planos para levar suas práticas de monitoramento de desempenho de aplicativos existentes e estendê-las para práticas de observabilidade full-stack muito maiores e de maior valor que podem fornecer um conjunto muito mais amplo e estratégico de produtos e serviços aos clientes.

Integração e o caso de negócios: Identificando as barreiras para a observabilidade full-stack
Apesar do amplo reconhecimento da necessidade de visibilidade em tempo real em todo o ambiente de TI, a maioria dos tecnólogos está atualmente lutando para implementar o tipo de observabilidade full-stack e vinculá-la ao contexto dos negócios.

Em nossa pesquisa, 96% dos profissionais em todo o mundo relataram pelo menos uma barreira que precisam superar em sua organização para adotar a observabilidade full-stack. Isso inclui preocupações com integração de tecnologia, escalabilidade, falta de habilidades relevantes (especialmente em monitoramento de nuvem e Telemetria Aberta) e dificuldades na construção de um case para provar o valor comercial dessa mudança.

Além disso, devido às pressões ​​que enfrentam para oferecer inovação e otimizar experiências digitais em um ambiente cada vez mais complexo, a maioria dos departamentos de TI simplesmente não tem tempo ou espaço para pensar estrategicamente sobre como superar esses problemas para implementar efetivamente a observabilidade full-stack. Simplesmente não há horas suficientes no dia.

Os parceiros de Canal têm um papel crítico a desempenhar, aliviando a pressão sobre os clientes e ajudando-os a construir planos mais complexos para introduzir uma observabilidade completa que abrange os desafios técnicos e de falta de capacitação.

Apoiando a jornada do monitoramento de aplicativos para a observabilidade full-stack
Qualquer caso de negócios com o objetivo de defender o investimento em observabilidade full-stack deve adotar uma abordagem comercial e focada nos negócios, demonstrando como o desempenho de TI afeta os principais KPIs de negócios. Ao vincular dados de desempenho de TI com métricas de negócios em tempo real, os profissionais de TI poderão validar o impacto de cada ação de TI analisando os KPIs de negócios.
Os parceiros de canal precisam estar prontos para ajudar as partes interessadas do cliente a articular isso com os líderes de negócios, mostrando como a observabilidade full-stack no contexto dos negócios pode preencher a lacuna de medição atual e ajudar a incorporar uma cultura de inovação sustentável em suas operações.

Os parceiros também precisam aconselhar os clientes sobre as mudanças estruturais mais amplas que uma transição bem-sucedida para a observabilidade full-stack exige. Eles precisam criar planos de educação e comunicação para garantir que as equipes estejam integradas à observabilidade de full-stack e reconheçam os benefícios que ela trará. É vital que toda a equipe sinta-se à vontade para confiar e usar apenas uma única fonte para todos os dados de desempenho.

Os parceiros têm uma visão única da infraestrutura de TI de um cliente, nas quatro áreas de operações de TI – AppOps e DevOps, NetOps, InfraOps e SecOps. E isso significa que eles podem ter uma visão total do desempenho e da otimização da tecnologia. Os parceiros podem ajudar os clientes a identificar os principais casos de uso em um estágio inicial, seja no monitoramento de aplicativos híbridos ou monitoramento de aplicativos nativos da nuvem, e trabalhar com eles para descobrir como uma solução de observabilidade full-stack pode ser implementada de maneira simples e eficaz.

É importante que canais parceiros saibam que a implementação da observabilidade full-stack requer uma abordagem mais profunda e estratégica do que as soluções anteriores de monitoramento de aplicativos. E que precisam trabalhar com fornecedores de tecnologia que estejam realmente comprometidos e focados nessa especialidade. Eles devem se apoiar nesses fornecedores para garantir que entendam os principais conceitos sobre a observabilidade full-stack e para obter o treinamento e ferramentas necessárias para vender e implementar soluções da maneira certa. É também útil encontrar fornecedores para coinvestimento, com o objetivo de acelerar a construção de práticas especializadas de observabilidade full-stack.

A mudança deve começar agora. Há uma janela de dois a três anos para os canais parceiros passarem do simples monitoramento de aplicativos para a observabilidade full-stack, caso contrário, correm o risco de serem deixados de lado por seus clientes e ultrapassados por aqueles que investem em inovação. Por outro lado, os parceiros que conseguirem acelerar essa transição e estabelecer uma posição de liderança nesse espaço poderão aproveitar um mercado pouco explorado até agora, mas em rápido crescimento.

AppDynamics

Kubernetes

Nuvem híbrida e moderna

observabilidade full-stack

parceiros de canal

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.