book_icon

Especialista destaca riscos da terceirização de colaboradores

Senior Sistemas conclui que a terceirização de profissionais cresceu em 94% nas empresas durante a crise de Covid-19. Entenda como driblar estes desafios

Especialista destaca riscos da terceirização de colaboradores

Segundo a pesquisa Gestão de Pessoas na Crise de Covid-19, desenvolvida pela FIA (Fundação Instituto de Administração), a terceirização de serviços teve alta em 94% das empresas durante a crise de Covid-19. “A disparada dessas contratações reflete as novas dinâmicas de mercado. Se por um lado as empresas buscam processos mais rápidos e acessíveis, por outro, profissionais também querem mais flexibilidade”, pontua Fábio Nikel, líder de Produto da Senior Sistemas, empresa de tecnologia voltada à gestão de empresas, que busca por agregar segurança, reduzindo ou eliminando riscos e vulnerabilidades em uma empresa e apoiando na automatização do o cumprimento de obrigações legais.

Embora tenha se tornado bastante presente, a prática requer atenção e planejamento, por apresentar riscos no que diz respeito à segurança de dados e processos trabalhistas  

Embora a terceirização de colaboradores facilite os processos e com isso ajude as empresas a direcionarem melhor seus esforços, reduzir custos, otimizar o tempo de gestores e profissionais, 70% das organizações têm receio quanto à segurança jurídica e processos trabalhistas na contratação de terceiros. Entenda como driblar os riscos:

Segurança jurídica
Uma das principais queixas dos gestores é em relação ao risco de vazamento de dados. “Ao administrar dados de terceiros as empresas precisam respeitar os princípios da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Isso porque, além de serem informações pessoais, o descumprimento das regras pode gerar consequências graves para a companhia, incluindo multas de até 2% sobre seu faturamento”, alerta o líder de Produto da Senior.

Adotar medidas de gestão automatizada para garantir a segurança destes dados é uma das principais alternativas para blindar o negócio. “Com este recurso, é possível controlar o acesso de terceiros a informações privadas, além de estabelecer um fluxo de aprovações padronizado, de acordo com a necessidade de cada empresa. Desse modo, evitamos que materiais internos ou confidenciais sejam compartilhados fora da companhia”, comenta Nikel.

Processos trabalhistas
Outra questão sensível são os processos em razão do passivo trabalhista por corresponsabilidade – dívidas da empresa contratada – devido à falta de cumprimento de obrigações, como o recolhimento de encargos e pagamento de benefícios. Segundo levantamento do escritório de advocacia LG&P, o volume de novas ações na Justiça do Trabalho, de janeiro a junho de 2021, foi quase 30% maior do que no mesmo período de 2020, cenário que deve se repetir este ano.

A digitalização da relação entre empresa e terceiros também é a principal solução para minimizar o risco de processos trabalhistas. “Por meio de sistemas de gestão de terceiros é possível automatizar o cumprimento das obrigações legais documentadas em cada contrato, como acesso ao trabalho em período de férias, horas extras remanescentes, descumprimento das regras de banco de horas, acúmulo de funções e rescisão contratual.

O que o mercado de tecnologia oferece
Para reduzir as vulnerabilidades envolvidas no processo, a Senior Sistemas desenvolveu o módulo de Gestão de Terceiros, que consiste em uma ferramenta uma ferramenta que automatiza os processos, auxiliando no cumprimento das exigências legais através da gestão de documentos, com base no que está definido em cada contrato, além de ser um portal que possibilita e delegação do cadastramento para a própria empresa contratada, ficando sob a responsabilidade do contratante, além da definição das exigências de cada contrato, apenas a aprovação das informações cadastradas pela contratada. Ou seja, contribui para que as empresas cumpram regras pré-determinadas pela legislação trabalhista e aquelas definidas em com a contratante. Por exemplo, a ferramenta envia alertas sobre o vencimento de documentos e, se necessário, bloqueia o acesso físico do terceiro com alguma irregularidade, para evitar riscos ao negócio do cliente.

O módulo Gestão de Terceiros do Ronda Senior pode ser utilizado sem a necessidade de outros módulos da Senior ou já de forma integrada ao Ronda Senior – Gestão de Acesso e Segurança ou ao HCM – Gestão de Pessoas.

Fábio Nikel

HCM – Gestão de Pessoas.

LGPD

módulo Gestão de Terceiros do Ronda Senior

Ronda Senior – Gestão de Acesso e Segurança

Senior Sistemas

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento