book_icon

NetApp levanta questões sobre Dados auxiliando a sustentabilidade nas corporações

Pesquisa encomendada como parte da Visão 2030 do Fórum Econômico Mundial descobriu que 70% das 169 metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU podem ser diretamente apoiadas por tecnologias avançadas

NetApp levanta questões sobre Dados auxiliando a sustentabilidade nas corporações

NetApp, empresa de software internacional centrada em dados e focada em Nuvem aborda Sustentabilidade de Dados. Como parte da Visão 2030 do Fórum Econômico Mundial descobriu que 70% das 169 metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU podem ser diretamente apoiadas por tecnologias avançadas.

Ao mesmo tempo, à medida que a quantidade de dados gerados em todo o mundo continua a crescer – a Statista  prevê uma esfera de dados global de 180ZB (1 zettabyte (ZB) = 1.024 exabytes) até 2025 -, o mesmo acontece com seu impacto em termos de consumo de energia e emissões de carbono.

As empresas de tecnologia em geral, incluindo a NetApp, estão, portanto, colocando grande ênfase no que podem fazer para ajudar a construir um futuro mais sustentável. É crucial que esses esforços estejam baseados em dados e fatos, e não em marketing e retórica.

Há uma linha tênue entre iniciativas impactantes e mensuráveis que contribuem para corrigir a crise climática e o greenwashing (termo em inglês que pode ser traduzido como “lavagem verde” e é praticado por empresas, indústrias públicas ou privadas, organizações não governamentais e até governos) sem conteúdo, que não serve para nada além de criar uma moeda de marca positiva. Essa é a diferença entre parecer sustentável e ser sustentável.

É crucial que esses esforços estejam baseados em dados e fatos, e não em marketing e retórica 

Sustentabilidade na NetApp
No relatório NetApp 2021 ESG, foram definidos três objetivos claros. Esses objetivos demonstram um esforço intencional para se tornar mais sustentável como organização, para atender os clientes com soluções mais ecológicas e para medir a produção ambiental em todo o ciclo de vida dos produtos.

Estabelecer metas baseadas na ciência para redução das emissões de gases do efeito estufa
A iniciativa Science Based Target (SBTi) oferece às organizações um caminho realista para reduzir as emissões dos Escopos 1, 2 e 3 (Fontes de Escopo 1 são aquelas sobre as quais a organização possui responsabilidade direta. Já o Escopo 2 e o Escopo 3 são classificações para fontes sobre as quais a empresa possui responsabilidade indireta). A maioria das iniciativas de sustentabilidade corporativa se concentra nas emissões de Escopo 1 e 2, referindo-se à emissão direta de carbono de uma organização e às emissões indiretas da organização associadas à compra e uso de eletricidade.

Menos organizações pensam nas emissões do Escopo 3, que se concentram no impacto mais amplo associado à cadeia de valor upstream e downstream de uma empresa (Upstream são as etapas do fluxo de trabalho que tem o objetivo de amadurecer e validar ideias antes de aplicá-las no mundo real. Já o downstream se refere a todas as etapas seguintes do fluxo de trabalho a partir do backlog de itens gerados no upstream). Essas emissões são mais difíceis de medir e afetar, mas são fundamentais para qualquer esforço intencional e impactante para ser mais sustentável.

A NetApp se comprometeu com o SBTI e atualmente está trabalhando para definir metas de redução de carbono significativas com base científica para as emissões de Escopo 1 e 2. Assim que a empresa enviar a meta receberá a validação do SBTi.

Quantificar a pegada de carbono dos equipamentos da NetApp instalados nas instalações do cliente para relatar as emissões do Escopo 3
A empresa tem a meta de aumentar, cada vez mais, os esforços para medir, monitorar e relatar sobre as emissões de gases de efeito estufa (GEE), com foco específico na medição mais abrangente da pegada de carbono das soluções NetApp de seus clientes.

“Nossos clientes têm um apetite genuíno por informações sobre a pegada de carbono do ciclo de vida de nossos produtos, e já oferecemos uma variedade de recursos que lhes permitem coletar dados ambientais sobre seus produtos NetApp. Por meio do NetApp Cloud Insights, permitimos que as organizações identifiquem recursos subutilizados e desperdiçados, reduzindo o desperdício de energia dos data centers. Desde 2015, a NetApp reduziu seu uso de energia em 20% e agora economiza energia suficiente para abastecer 44.000 residências todos os anos”, afirma Marcos Gaspar, District Manager da NetApp Brasil.

“Estamos trabalhando para aprimorar o acesso e compartilhamento desses dados aos clientes, para que possamos medi-los e, consequentemente, utilizá-los para tornar nossos produtos mais verdes do início ao fim. Como parte desses esforços, a NetApp se juntou ao consórcio MIT Product Attribute to Impact Algorithm (PAIA). O PAIA nos ajuda a rastrear a produção ambiental dos produtos em todo o seu ciclo de vida, desde os componentes até a fabricação, o transporte e o uso em campo e a reciclagem ou descarte no final da vida útil”, completa Watts.

Melhorar a pontuação de mudança climática do CDP da NetApp
O CDP é uma organização sem fins lucrativos que administra um sistema global de divulgação para investidores, empresas e governos para gerenciar seus impactos ambientais. Na NetApp, é realizada a divulgação voluntária do impacto climático e hídrico anual ao CDP.

“Além do compromisso com avaliações independentes para medir o progresso, estamos analisando atentamente como conservamos, otimizamos e fornecemos energia de forma responsável para nossos edifícios, laboratórios e data centers. Esses esforços incluem o projeto com eficiência energética de novas instalações e o aprimoramento das existentes”, completa o executivo.

Durante 2021 e, também em 2022, a NetApp diminuiu o uso de energia ao reduzir a pegada de construção e aumentar o uso de energias renováveis. A nova instalação de última geração da companhia no Campus de Inovação da Wichita State University, no Kansas, é alimentada quase exclusivamente por energia eólica.

Rumo a um futuro sustentável
Como uma empresa global de software centrada em dados a NetApp acredita que tem o dever de ajudar as organizações a usar os dados como parte da solução para se tornarem mais sustentáveis. Parte desse dever é reconhecer que os fatos são importantes. Não deve haver uma diferença entre como as organizações sustentáveis pensam que são e dizem que são versus quão sustentáveis elas realmente são.

Alcançar a sustentabilidade não é um processo da noite para o dia, nem há uma maneira de ser uma organização objetivamente sustentável. Um ótimo ponto de partida é definindo e medindo objetivos usando métodos científicos e fazendo parcerias com especialistas em sustentabilidade corporativa que farão perguntas difíceis, às vezes desconfortáveis.

Serviço
www.statista.com
www.netapp.com
 www.netapp.com/TM

Marcos Gaspar

NetApp

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU

pegada de carbono

relatório NetApp 2021 ESG

Visão 2030 do Fórum Econômico Mundial

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.