book_icon

Gastos com serviços de Nuvem pública somaram US$ 408 bi em 2021, diz IDC

A Microsoft conquistou a primeira posição no mercado geral de serviços de Nuvem pública com 14,4% de participação em 2021, seguida de perto pela AWS com 13,7% de participação

Gastos com serviços de Nuvem pública somaram US$ 408 bi em 2021, diz IDC

O mercado mundial de serviços de Nuvem pública, incluindo Infraestrutura como Serviço (IaaS), Plataforma como Serviço (PaaS), Software como Serviço – Software de Infraestrutura de Sistemas (SaaS – SIS) e Software as a Service – Applications, cresceu 29% ano a ano em 2021, com receitas totalizando US$ 408,6 bilhões, de acordo com o estudo Worldwide Semiannual Public Cloud Services Tracker da IDC.

Os gastos continuaram a se consolidar em 2021 com a receita combinada dos cinco principais provedores de serviços de Nuvem pública (Microsoft, Amazon Web Services, Salesforce, Google e SAP) capturando quase 40% do total mundial e crescendo 36,6% ano a ano. Com ofertas em todas as quatro categorias de implementação, a Microsoft conquistou a primeira posição no mercado geral de serviços de Nuvem pública com 14,4% de participação em 2021, seguida de perto pela AWS com 13,7% de participação.

A cauda longa é mais pronunciada no mercado de SaaS – Aplicativos, onde o foco crescente dos clientes em resultados específicos garante que mais de dois terços dos gastos sejam capturados fora do top 5

De acordo com a pesquisa, IaaS obteve um faturamento de US$ 91,3 bilhões, um crescimento de 35,6%. PaaS somou US$ 68,2 bilhões (39,1%), seguido de SaaS – Applications (US$ 177,8 bilhões) e SaaS – SIS (US$ 71,2 bilhões).

“As organizações continuaram sua forte adoção de serviços compartilhados de Nuvem pública em 2021 para alinhar os investimentos em TI mais de perto com os resultados dos negócios e garantir acesso rápido às inovações necessárias para ser um negócio digital-first”, disse Rick Villars, vice-presidente do grupo de Pesquisa Mundial da IDC. “Nos próximos anos, os principais provedores de Nuvem desempenharão um papel crítico em ajudar as empresas a navegar pelas atuais tempestades de disrupção (inflação, cadeia de suprimentos e tensões geopolíticas), mas as equipes de TI também se concentrarão mais em trazer maior responsabilidade financeira para a variável modelos de gastos de serviços de Nuvem pública”, comentou.

Embora o mercado geral de serviços de nuvem pública tenha crescido 29% em 2021, a receita de serviços de Nuvem fundamentais (Foundational Cloud Services) que suportam estratégias digitais em primeiro lugar teve um crescimento de receita de 38,5%. Isso destaca a crescente dependência das empresas de uma plataforma de inovação em Nuvem construída em torno de serviços de computação amplamente implementados, serviços de dados/IA e serviços de estrutura de aplicativos para impulsionar a inovação. A IDC espera que os gastos com serviços de Nuvem fundamentais (especialmente elementos IaaS e PaaS) continuem crescendo a uma taxa maior do que o mercado geral de Nuvem, à medida que as empresas aproveitam a Nuvem para superar as interrupções atuais e acelerar sua mudança para negócios digitais.

Análise

“Os últimos anos demonstraram que, em tempos desafiadores, as empresas dependem cada vez mais dos serviços em Nuvem para modernizar suas operações e oferecer mais valor aos clientes”, disse Dave McCarthy, vice-presidente de Pesquisa de Serviços de Infraestrutura de Nuvem e Borda. “Espera-se que essa tendência continue à medida que os provedores de Nuvem pública oferecem mais maneiras de estender os serviços de Nuvem para Data Centers locais e locais de presença. Essas opções de implantação expandidas reduzem muitas barreiras à migração e facilitarão a próxima onda de adoção da Nuvem”, completou.

“Os aplicativos SaaS continuam sendo o maior e mais maduro segmento de Nuvem pública, com receitas em 2021 que já atingiram US$ 177,8 bilhões. Os ventos favoráveis ​​da pandemia continuaram a impulsionar atualizações e substituições aceleradas de sistemas mais antigos em 2021, embora as metas da empresa não tenham mudado. As empresas buscam aplicativos que ajudem a aumentar a inteligência empresarial, melhorar a eficiência operacional e impulsionar a tomada de decisões. embora a verticalização também tenha aumentado constantemente como uma prioridade chave”, disse Eric Newmark, vice-presidente do grupo e gerente-geral da divisão SaaS, Enterprise Software e Worldwide Services da IDC.

Embora tanto o mercado de serviços em Nuvem fundamentais quanto o mercado de SaaS – Aplicativos sejam liderados por um pequeno número de empresas, continua a haver uma longa cauda saudável de empresas que fornecem serviços de Nuvem em todo o mundo. No mercado de serviços em Nuvem fundamentais, essas empresas líderes respondem por quase três quartos das receitas do mercado com serviços PaaS específicos de casos de uso direcionados ou serviços de computação, dados ou governança de rede entre Nuvens. A cauda longa é mais pronunciada no mercado de SaaS – Aplicativos, onde o foco crescente dos clientes em resultados específicos garante que mais de dois terços dos gastos sejam capturados fora do top 5.

Serviço
www.idc.com

AWS

Google

IaaS

IDC

Microsoft

PaaS

SaaS

Salesforce

SAP

serviços de Nuvem pública

Worldwide Semiannual Public Cloud Services Tracker

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento