book_icon

Em processo de crescimento, Celonis busca parceiros no Brasil

Para consolidar sua presença no País e iniciar a jornada de expansão para a América Latina, a empresa contratou no início do ano Guilherme Bujes

Em processo de crescimento, Celonis busca parceiros no Brasil

Especializada em Process Mining, ou Mineração de Processos, a Celonis afirma que aprimorou a tecnologia, que batizou de Execution Management (Gerenciamento de Execução), que mais do que identificar ineficiências no processo de negócio, a ferramenta se utiliza de Inteligência Artificial e Machine Learning para fazer a correção e mostrar qual o ganho para a empresa. Disposta a se consolidar, primeiramente no Brasil e depois na América Latina, a Celonis contratou no início do ano Guilherme Bujes, que assumiu as funções de vice-presidente de Vendas e country manager da Celonis no Brasil, América Latina e Portugal. Estão nos planos do executivo a ampliação do ecossistema de parceiros.

Qual a área de atuação da Celonis?

A Celonis é uma empresa com origem na Alemanha, temos nosso headquarter em Munique e em Nova York (EUA). Foi criada em 2011 por três estudantes, que trouxeram o conceito de Mineração de Processos da universidade para a vida real, para aplicar a tecnologia nas empresas, se tornando líder desse segmento. Hoje, o Process Mining evoluiu para o que chamamos Execution Management, ou Gerenciamento de Execução, que além de identificar as ineficiências nos processos de negócios, também pode tomar ações inteligentes com uso de Machine Learning e IA para automatizar processos de negócios e capturar o valor dessa correção de forma tangível.

Quais os planos da empresa para o Brasil?

No Brasil já atuamos há algum tempo, fui contratado no início do ano justamente para liderar o nosso processo de consolidação e expansão da operação, tenho mais de 30 anos de experiência em tecnologia, nas áreas de softwares e serviços de TI. O nosso plano é solidificar a presença no Brasil, que é o pais mais importante da América Latina, para a partir do segundo semestre e no próximo ano expandir nossas operações para a América Latina. Temos uma presença importante em Portugal, com grandes clientes que usam a nossa tecnologia. O meu plano é muito baseado em canais, pois somente com recursos próprios não conseguiremos crescer o quanto desejamos, Já temos um conjunto de canais e a ideia é recrutar alguns outros que tenham os skills necessários para fazer bons projetos para os clientes. Buscamos parceiros com conhecimento em tecnologia, que façam implementação de ERPs, projetos de BI, Analytics e Big Data, parceiros que tenham domínio de processos específicos de contas a pagar e receber, compras, projetos na área financeira de customer onboarding etc. É importante aliar conhecimentos de tecnologia com processos de negócio. A conversa com os clientes geralmente é com a área de negócio, o CFO, diretor de Operações, e não diretamente com a TI.

Quais as soluções que a Celonis oferece?

O nosso produto Celonis EMS – Execution Management System se conecta aos sistemas transacionais das empresas, sejam quais forem, pode ser um ERP, um workflow, CRM ou sistemas desenvolvidos internamente, qualquer um que a empresa utilize para fazer a gestão do negócio. Conseguimos fazer um raio-x de como os processos estão sendo executados de fato. Identificamos onde estão as ineficiências e conseguimos quantificar essas ineficiências e caso forem feitas as correções por meio de ações inteligentes com IA/ML, calculamos quanto a empresa ganha em valor.

Como o Celonis EMS funciona?

O nosso produto trata dados internos da empresa, um processo de contas a pagar ou gestão de compras que tenham determinadas ineficiências, por exemplo, uma demora para que o processo seja aprovado por um analista e isso acaba resultando que uma compra não seja realizada, impactando o processo produtivo por falta de matéria-prima. Esse tipo de ineficiência que identificamos e fazemos a correção, seguindo uma série de regras, aprendendo de acordo com o tempo com uso de IA/ML para evitar que situações como essas aconteçam. A nossa tecnologia roda 100% na Nuvem, não é preciso que o cliente faça um trabalho de dimensionamento interno de infraestrutura. Nós fazemos o dimensionamento e apresentamos como um serviço ao cliente.

Como é o go-to-market da empresa?

Temos duas formas de ir ao mercado, uma delas é a venda direta, por meio da equipe de vendas da Celonis, que vão ao cliente, seja de grande porte ou menores, temos uma estrutura de inside sales para fazer esse trabalho. Temos também o go-to-market com apoio de parceiros, que fazem a venda e a implementação da nossa solução. No Brasil são mais de 10 parceiros. O cliente tem a opção de comprar diretamente da Celonis ou de um parceiro, da mesma forma ele pode escolher quem fará a implementação, que também pode ser uma equipe mista, da Celonis e do parceiro. Não temos uma equipe grande capaz de cobrir o Brasil todo, por isso temos parceiros, que atuam em várias regiões e Estados.

Quem são os parceiros de canal da Celonis?

Os parceiros são resellers do nosso produto, que fazem a venda e são capazes de fazer a implementação, não trabalhamos com distribuidores. Temos os parceiros globais, que já possuem relacionamento com a Celonis no mundo, como a Accenture, IBM, Deloitte, Capgemini, PwC, KPMG, Ernest & Young, entre outras, e as empresas locais, que demonstram interesse em trabalhar conosco, geralmente empresas especializadas em gestão de processos, Analytics, IA, como a Entelgy, Cienci, Logiks, Qintess e NTT Data.

Em quais verticais a Celonis atua?

Temos uma fortaleza grande em serviços financeiros e manufatura, em gestão de estoques, envio a clientes, compras etc. – cerca de 80% dos automóveis que a BMW produz, de alguma forma tocam nos processos gerenciados pela Celonis. Temos também presença nas áreas de bens de consumo e varejo. Na área de petróleo e gás, a Petrobras é uma grande cliente nossa no Brasil. Ao redor do mundo há outros clientes deste segmento que utilizam a nossa solução, como a Repsol na Espanha, a ExxonMobil nos EUA. Governo é uma vertical interessante, mas ainda não é uma prioridade. Queremos primeiramente solidificar nossa presença no Brasil em verticais que já temos presença global. Governo deve ficar para uma segunda etapa, até pela sua complexidade e processos diferenciados de contratação.

Serviço
www.celonis.com

 

Celonis

Execution Management

Gerenciamento de Excução

Guilherme Bujes

Mineração de Processos

Process Mining

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento