book_icon

Com mercado consumidor fraco, vendas de monitores ficam estáveis, diz IDC

Embora o resultado tenha sido superior ao esperado, a tendência ainda é de desaceleração do mercado, iniciada no segundo semestre de 2021

Com mercado consumidor fraco, vendas de monitores ficam estáveis, diz IDC

Novos resultados do estudo Worldwide Quarterly PC Monitor Tracker da IDC mostrou que o mercado global de monitores de PC apresentou resultados estáveis ​​no primeiro trimestre de 2022 (1T22), registrando um aumento de 0,3% no volume de embarques em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Embora o resultado tenha sido superior ao esperado, a tendência ainda é de desaceleração do mercado, iniciada no segundo semestre de 2021.

Com 36,5 milhões de unidades vendidas globalmente, o primeiro trimestre superou todos os trimestres de 2021, exceto o 4T21. Quase todas as regiões tiveram uma boa aceitação comercial, bem como maior disponibilidade de produtos para atender a mercados que antes eram negligenciados devido a desafios logísticos e de produtos. Ao mesmo tempo, os estoques do consumidor também começaram a se acumular diante das preocupações inflacionárias e dos gastos mais diversificados.

Em meio a um mercado difícil, a Dell expandiu sua posição de liderança por meio de sua competência na cadeia de suprimentos e vendas comerciais

Olhando para o futuro, a IDC espera que as remessas de monitores diminuam à medida que o mercado digere os tremendos volumes registrados em 2020 e 2021. As perspectivas para o restante de 2022 foram reduzidas em comparação com a previsão anterior, com remessas globais esperadas encolhendo 2,5% ano a ano em 2022 A IDC espera que as remessas de 2023 caiam mais 1,5% ano a ano antes de se estabilizar em 2024. A China, o segundo maior mercado do mundo, reduziu notavelmente sua previsão devido a perspectivas muito mais sombrias. A demanda do consumidor foi reduzida enquanto a demanda comercial aumentou.

“Estamos vendo grande parte da demanda do consumidor diminuindo em meio a desafios econômicos e desvios orçamentários à medida que os países continuam a reabrir”, disse Jay Chou, gerente de Pesquisa do Client Devices Tracker da IDC. “Algumas demandas de consumidores de mercados emergentes permanecerão no curto prazo, já que os fornecedores agora podem atender aos pedidos em atraso, enquanto as devoluções de jogos e escritórios também impulsionarão a demanda. substituições, muitas das quais requerem configurações de PC com vários monitores”, comentou.

Ranking

Em meio a um mercado difícil, a Dell expandiu sua posição de liderança por meio de sua competência na cadeia de suprimentos e vendas comerciais. A empresa conquistou 22,4% do mercado, um recorde para a empresa desde que a IDC começou a rastrear monitores em 2008. A concorrência por outros permaneceu acirrada, com o restante dos cinco principais fornecedores de monitores, cada um com market share entre 10,1% e 10,8%. No geral, o mercado se comportou como uma gangorra – o mercado comercial cresceu mais de 5%, enquanto o lado do consumidor caiu 5%.

A TPV, proprietária da AOC e da Philips, foi prejudicada por um mercado chinês em dificuldades e eventos geopolíticos na Europa Oriental. Mesmo assim, ocupou o segundo lugar no ranking, com 3,9 milhões de unidades vendidas, mas com queda de 23% em comparação ao mesmo período do ano passado. A Samsung, terceira no ranking com 3,8 milhões de monitores vendidos, teve um crescimento ano a ano de 3,3%, impulsionada em parte por seu status de líder no espaço de monitores de consumo

Outras empresas comerciais de peso, como HP e Lenovo foram impulsionadas por mais reaberturas de escritórios. A HP comercializou 3,8 milhões de unidades, um crescimento de apenas 0,2%. Já a Lenovo vendeu 3,7 milhões de monitores no período, uma queda de 3,2%.

Serviço
www.idc.com

Dell

HP

IDC

Lenovo

Monitor

Samdung

TPV

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.