book_icon

IDC revisa números e prevê queda de 3,5% nas remessas de smarphones

Projeção anterior era de crescimento de 1,6%; principais causas são restrições na cadeia de suprimenos, inflação, tensões geopolíticas e queda na demanda

IDC revisa números e prevê queda de 3,5% nas remessas de smarphones

De acordo com um nov esudo da IDC chamado Worldwide Quarterly Mobile Phone Tracker, as remessas de smartphones cairão 3,5% para 1,31 bilhão de unidades em 2022. Após três trimestres consecutivos de declínio e desafios crescentes, tanto na oferta quanto na demanda, a IDC reduziu significativamente sua previsão para 2022 em relação à projeção anterior de crescimento de 1,6%. No entanto, a IDC espera que este seja um retrocesso de curto prazo, pois o mercado se recupera para atingir uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de cinco anos de 1,9% até 2026.

Espera-se que os dispositivos 5G cresçam 25,5% ano a ano em 2022 e representem 53% das novas remessas com quase 700 milhões de dispositivos e um preço médio de venda de US$ 608

“A indústria de smartphones está enfrentando ventos contrários crescentes de muitas frentes – enfraquecimento da demanda, inflação, tensões geopolíticas e restrições contínuas da cadeia de suprimentos” disse Nabila Popal, diretora de Pesquisa da Worldwide Mobility and Consumer Device Trackers da IDC. “Os bloqueios atingiram a demanda e a oferta globais simultaneamente, reduzindo a demanda no maior mercado do mundo e apertando o gargalo para uma cadeia de suprimentos já desafiadora. Como resultado, muitos OEMs reduziram pedidos para este ano, incluindo Apple e Samsung. No entanto, a Apple parece ser o fornecedor menos impactado devido ao maior controle sobre sua cadeia de suprimentos e porque a maioria de seus clientes no segmento de alto preço são menos influenciados por questões macroeconômicas, como a inflação crescene. O mercado deve se recuperar em 2023 com 5% de crescimento”, afirmou.

“Os problemas contínuos de fornecimento de semicondutores diminuirão no segundo semestre de 2022. No lado do SoC, o fornecimento de SoC 4G foi apertado, mas o mercado continua a mudar para SoCs 5G”, disse Phil Solis, diretor de Pesquisa da Enabling Technologies. “O maior problema tem sido o fornecimento apertado de componentes, como PMICs, drivers de exibição e chips Wi-Fi discretos. A capacidade está sendo aumentada para esses semicondutores que são feitos em nós de processo mais altos e versões mais recentes de chips Wi-Fi estão sendo feitas com nós de processo mais novos. Ao mesmo tempo, a demanda está caindo. Combinadas, essas mudanças de oferta e demanda colocarão o mercado mais em equilíbrio”, observou.

Do ponto de vista regional, o maior declínio em 2022 é esperado na Europa Central e Oriental (CEE), com os embarques caindo 22%. A China deverá diminuir 11,5% ou cerca de 38 milhões de unidades, o que representa cerca de 80% da redução global no volume de remessas este ano. A Europa Ocidental deverá cair 1%, enquanto a maioria das outras regiões verá um crescimento positivo este ano, incluindo Ásia/Pacífico (excluindo Japão e China) com crescimento de 3%, a segunda maior região depois da China.

Espera-se que os dispositivos 5G cresçam 25,5% ano a ano em 2022 e representem 53% das novas remessas com quase 700 milhões de dispositivos e um preço médio de venda (ASP) de US$ 608. As expectativas de volume para este ano foram reduzidas significativamente devido ao aumento do estoque do canal de produtos 5G na China e à redução geral na previsão do mercado. A longo prazo, espera-se que o 5G alcance uma participação de volume de 78% em 2026 com um ASP de US$ 440. Em contraste, espera-se que o ASP 4G seja de US$ 170 em 2022, caindo para US$ 113 até o final do período de previsão. Houve um pequeno aumento nos ASPs no curto prazo em todos os dispositivos devido à escassez e ao aumento dos custos de componentes e logística. No entanto, a tendência permanecerá descendente a longo prazo. O ASP para smartphones cairá de US$ 402 em 2022 para atingir US$ 366 em 2026.

Serviço
www.idc.com

4G

5G

cadeia de suprimentos

IDC

Inflação

smartphone

Worldwide Quarterly Mobile Phone Tracker

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.