book_icon

Digisystem ganha licitações no Ministério da Educação e Caixa

Com duração de até 5 anos, os contratos somados representarão uma receita bruta aproximada de R$ 50 milhões anuais

Digisystem ganha licitações no Ministério da Educação e Caixa

A Digisystem, companhia brasileira fornecedora de soluções de negócios de tecnologias avançadas, anunciou a conquista de uma nova licitação pública para prestação de serviços de Tecnologia da Informação para o Ministério da Educação (MEC) e para a Caixa Econômica Federal. Para o MEC, a Digisystem atuará nos serviços técnicos de desenvolvimento e sustentação de aplicação de software, utilizando metodologias ágeis, disponibilizando cerca de 115 profissionais. Já para o projeto da Caixa, cerca de 200 colaboradores ficarão responsáveis por implementar e operar o serviço de Service Desk com o objetivo de atender às demandas de TI dos usuários e parceiros da instituição, incluindo os atendimentos tecnológicos de 1º e 2º níveis, durante 24 meses.

A Digisystem iniciou o ano de 2022 com sua área de Governo estruturada e em constante crescimento, consolidando-se como uma das principais fornecedoras de serviços de TI do País

De acordo com o diretor da unidade de Governo da Digisystem, Marcus Vale, a companhia conta com mais de 31 anos de experiência na prestação de serviços no âmbito tecnológico e promete exercer um papel fundamental aos usuários internos dos contratos, bem como aos cidadãos que utilizam os serviços dos respectivos órgãos. “O mais interessante é que para os contratos em questão, o maior beneficiário é o cidadão. Iremos atuar desde o suporte remoto ao canal lotérico para o contrato da Caixa, onde o cidadão é o principal beneficiado pelo rápido atendimento, até soluções que envolvem os serviços de desenvolvimento, como no MEC, onde a Digisystem suportará todas as soluções e processos que integram o ecossistema dos programas de incentivo ao estudo e educação, fornecidos pelo Ministério da Educação, como FIES, SISU e ProUni”, reforça.

O projeto já foi iniciado no Ministério da Educação enquanto, na Caixa, o serviço está em fase de transição, com previsão de atuação integral a partir de outubro. Com duração de até 5 anos, os contratos somados representarão uma receita bruta aproximada de R$ 50 milhões anuais.

A Digisystem iniciou o ano de 2022 com sua área de Governo estruturada e em constante crescimento, consolidando-se como uma das principais fornecedoras de serviços de TI do País. Vale destaca que, com os novos contratos firmados, a empresa reforça seu compromisso em atuar junto aos principais órgãos da esfera pública. “Instituições da magnitude e grandezas como o MEC e Caixa, assim como outros órgãos que já atuamos como PJERJ, STF, INPI, ANP, Metro, TCDF, Senac, TRF1, GDF e FNDE, posicionam ainda mais a Digisystem entre os principais prestadores de serviços ao governo do Brasil”, afirma o executivo.

A empresa reforça ainda que, com as licitações, surgirão novas oportunidades de empregos. “Ao todo, serão mais de 300 novas contratações previstas apenas para os novos contratos firmados (MEC e Caixa), que além de elevar o resultado da Digisystem, abrirão novas oportunidades internas e externas para profissionalização”, finaliza o executivo.

Caixa

Digisystem

Governo

Licitação

MEC

Service Desk

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.