book_icon

Nozomi Networks e Siemens ampliam parceria em segurança industrial

Pelo acordo, o software Guardian Remote Collector da Nozomi passa a integrar o mecanismo de processamento local do Siemens Scalance LPE, hardware para aplicações de Borda e Nuvem

Nozomi Networks e Siemens ampliam parceria em segurança industrial

A Nozomi Networks, fornecedora de cibersegurança industrial e visibilidade operacional, e a Siemens, empresa de automação e digitalização, ampliaram sua parceria incorporando o software Guardian Remote Collector da Nozomi Networks no mecanismo de processamento local do Siemens Scalance LPE, uma plataforma de hardware voltada ao processamento de dados para aplicações de Borda e Nuvem em ambientes de manufatura. A parceria facilita a implementação da solução de monitoramento contínuo de OT e IoT em redes industriais alavancando a potência e a simplicidade do hardware Scalance LPE da Siemens. A integração da Nozomi Networks com o hardware da Siemens já está disponível.

Esta integração oferece aos nossos clientes uma solução não intrusiva e poderosa para detectar ameaças em tempo real e obter uma visibilidade mais profunda de sua rede OT

O Scalance LPE hospeda a recém-lançada versão do Coletor Remoto Guardian conteinerizado na plataforma open source Docker e permite a coleta local de dados, o pré-processamento e a análise para implementações de tecnologia operacional. Ele oferece uma maneira eficaz de distribuir o poder de processamento sobre grandes operações de manufatura e permite uma análise mais eficiente e agregação de dados por qualquer aplicação centralizada, incluindo a Vantage, a plataforma de segurança hospedada na nuvem da Nozomi Networks.

A solução oferece monitoramento contínuo altamente escalável e detecção de intrusão à Borda da rede por meio do Scalance LPE. Os dados são encaminhados da Borda para o Remote Collector hospedado no Scalance LPE para monitorar e analisar protocolos de redes industriais, como PROFINET, EtherNet/IP e EtherCat, e identificar comportamentos fora do padrão e potenciais ameaças. O diferencial nesta integração é que com as arquiteturas de rede de referência da Siemens, até mesmo o tráfego de células de produção paralelas PROFIsafe pode ser coletado.

A Nozomi Networks analisa os dados do processo industrial ou da empresa para fornecer insights e inteligência acionável necessárias para enfrentar as ameaças à segurança e acelerar os esforços efetivos de resposta e remediação. O Scalance LPE suporta automação de fábrica em larga escala com capacidade de processamento local distribuído na borda, tornando-o um complemento ideal para a Nozomi Networks, a solução de segurança cibernética para OT mais escalável da indústria.

“Este é o primeiro software distribuído de coleta e análise de dados de cibersegurança embutido na plataforma Scalance LPE e é uma parte vital de nosso conceito de defesa profunda para cibersegurança em OT”, diz Maximilian Korff, líder de Desenvolvimento de Negócios para o Scalance da Siemens. “Esta integração oferece aos nossos clientes uma solução não intrusiva e poderosa para detectar ameaças em tempo real e obter uma visibilidade mais profunda de sua rede OT”, observou.

“O apoio ao Scalance LPE com uma versão de container docker do nosso coletor remoto simplificará as opções de implementação para nossos clientes e reforça nosso suporte para a plataforma Siemens Ruggedcom APE”, diz Chet Namboodri, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da Nozomi Networks. “A Siemens ajuda os clientes a obter o máximo da nossa plataforma em qualquer escala para estes clientes críticos de manufatura e controle industrial”, finalizou.

Serviço
www.nozominetworks.com
www.siemens.com

Borda

Guardian Remote Collector

IoT

Nozomi Networks

Nuvem

OT

segurança

Siemens

Siemens Scalance LPE

TI

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.