book_icon

Capitais da região norte do País ganham Centrais de Logística Reversa de eletrônicos

O Ministério do Meio Ambiente junto com a ABREE inaugurou a Central de Logística Reversa em Rio Branco, última capital do norte do País

Capitais da região norte do País ganham Centrais de Logística Reversa de eletrônicos

Com o objetivo de aprimorar a logística reversa no Brasil, seguindo as metas estabelecidas no Decreto Federal 10.240/2020, a ABREE – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos, junto com o Ministério do Meio Ambiente, já inauguraram Centrais de Logística Reversa em todas as 7 capitais do norte do País, em parceria com os estados. A implementação e gestão do processo de logística reversa visa garantir a destinação final ambientalmente correta a 100% dos produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos descartados pela população.

Em sua maioria, as centrais têm capacidade de armazenar de 5 a 8 toneladas de resíduos eletroeletrônicos descartados, depois disso, os parceiros da ABREE retiram o material e encaminham para a fábrica de manufatura reversa, que realiza a desmontagem dos equipamentos para a reciclagem.

São alguns exemplos: batedeira, ferro elétrico, fone de ouvido, liquidificador, máquina de costura, micro-ondas, geladeira, purificador de água e televisão, entre outros

Além dos pontos de recebimento em parceria com o governo dos locais, a ABREE ainda conta com a parceria de 54 associados, que representam 186 marcas. Contando com o auxílio de todos os envolvidos no ecossistema, a associação disponibiliza mais de 3.400 pontos de recebimento em todo o país, sendo quase 190 somente na região norte.

As primeiras capitais a implementarem a central e começarem a fazer parte do sistema de logística reversa de eletroeletrônicos em 2021 foram Manaus em setembro e Porto Velho em dezembro. Logo no primeiro semestre de 2022, a ABREE inaugurou centrais de logística reversa em Macapá e Boa Vista, em abril e Palmas, Belém e Rio Branco, em maio.

Em 9 meses, a entidade atingiu todas as capitais da região, que possui mais de 17 milhões de habitantes, e a partir de agora podem fazer o descarte correto de todos os produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos pós-consumo respeitando o meio ambiente. Além disso, as parcerias locais são firmadas com cooperativas, gerando empregos verdes para a população.

No site da ABREE a população encontra os pontos de recebimento mais próximos, por meio de buscas com o CEP, além de uma lista completa de quais produtos podem ser descartados. São alguns exemplos: batedeira, ferro elétrico, fone de ouvido, liquidificador, máquina de costura, micro-ondas, geladeira, purificador de água e televisão, entre outros.

Serviço
abree.org.br/pontos-de-recebimento

ABREE – Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos

Centrais de Logística Reversa de eletrônicos

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.