book_icon

Odata inicia a operação de Data Center no México

Com investimento de mais de R$ 388 milhões, Data Center inicia operação em Querétaro para atender clientes hyperscale

Odata inicia a operação de Data Center no México

A Odata, provedora brasileira de Data Centers, inaugura seu primeiro data center no México. O prédio fica localizado no estado de Querétaro, na cidade de El Marqués, situada no centro do País e a 221 km da Cidade do México. O local foi escolhido por já ser um polo tecnológico de diversas indústrias e uma das regiões com maior desenvolvimento no País, sendo, também, um nó importante de conexão de Backbones de telecomunicações.

O Data Center atende a demandas de clientes hyperscale, sendo o primeiro Data Center no País a oferecer tal modalidade, com o suporte necessário para aplicações robustas e escaláveis. “Esta primeira fase é para atendimento de demanda de um cliente hyperscale e entendemos que esta seja a vocação de nosso site, mas, estamos trabalhando em novas etapas de expansão que darão oportunidade para explorarmos outras demandas da região”, explica Ricardo Alário, CEO da Odata.

O local foi escolhido por já ser um polo tecnológico de diversas indústrias e uma das regiões com maior desenvolvimento no País, sendo, também, um nó importante de conexão de Backbones de telecomunicações

Após pouco mais de 1 ano de obra e investimentos de US$79 milhões (aproximadamente R$ 388 milhões), o resultado é um prédio que reúne as mais modernas instalações, com destaque para a eficiência energética e segurança. Erguido em um terreno de 52.350 mil metros quadrados, o DC QR01 terá 30.400 m² de área construída. Além disso, a empresa conta com ampla disponibilidade de energia: atualmente, o prédio possui 8.4MW e em sua fase final atingirá capacidade de 32MW de TI.

Segundo pesquisa divulgada pelo International Data Corporation, o IDC México, o mercado de Tecnologia da Informação irá crescer 7% este ano, o dobro do esperado para a economia nacional mexicana. “Como pioneiros no mercado hyperscale local, conseguimos assegurar capacidade para o desenvolvimento de nossos projetos, estamos prontos para atender um mercado que vem passando por grandes mudanças e vislumbramos ótimas perspectivas para o México e América Latina. Além disso, estamos muito satisfeitos com a resposta dos clientes, com nosso posicionamento estratégico e com o desenvolvimento de nosso primeiro site. Temos planos ambiciosos e uma equipe preparada para abarcar o crescimento da demanda na região”, completa Alário.

Os desafios de operar um Data Center no México são muitos, sendo o principal deles o fator energia, já que o crescimento histórico da infraestrutura elétrica é muito menor do que a demanda atual, o que gera gaps de planejamento dos sistemas, problema presente em muitos países da América Latina. “Fomos capazes de mapear com antecedência as restrições presentes e futuras e assegurar a energia necessária para o desenvolvimento do nosso primeiro site em sua capacidade total, assim como a energia para o nosso segundo prédio de 30MW que inicia a construção no segundo semestre desse ano”, explica o CEO.

A Odata já conta com 28 funcionários no México e, dada a demanda de expansão no país, ainda está com vagas abertas nos mais distintos setores.

Data Center no México

hyperscale

Odata

Querétaro

Ricardo Alario

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.